Questões de Língua Portuguesa da IBADE

Em “A resposta de muitos governos é carregada de racismo e XENOFOBIA.”, a palavra que melhor substitui a destacada, de acordo com o contexto, é:
  • A. indiferença.
  • B. tolerância.
  • C. perseguição.
  • D. preconceito.
  • E. temor.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
No trecho: “Depois dos sírios, os maiores grupos de MIGRANTES, por nacionalidade, [...]”, o termo destacado refere-se a:
  • A. refugiados políticos que são perseguidos.
  • B. qualquer pessoa que muda de região ou país.
  • C. pessoas que pedem asilo político internacional.
  • D. todos os indivíduos fugitivos de seus países.
  • E. seres humanos que precisam se esconder.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
A oração reduzida em: “É tudo de plástico, PARA EU NÃO PRECISAR LAVAR!” está corretamente desenvolvida em:
  • A. para que eu não precisaria lavar!
  • B. assim que eu não precisasse lavar!
  • C. para que eu não precise lavar!
  • D. quando eu não preciso lavar!
  • E. porque eu não precise lavar!
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
A oração reduzida destacada em: “AO CONSUMIR MAIS, produzimos mais lixo. Fato!” pode ser desenvolvida como:
  • A. Apesar de consumirmos mais.
  • B. Embora consumíssemos mais.
  • C. Já que consumiríamos mais.
  • D. Para que consumíssemos mais.
  • E. Quando consumimos mais.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
No texto de Galeano, o diabo cospe no olho do apagador de fogo. Uma ação de Deus, também, é lembrada, em:
  • A. “... e cura a úlcera com plantas e ovo de pombo...”
  • B. “... e faz isso de tal maneira que depois a gente escuta...”
  • C. “... da gente recém-criada, que ainda tem cheiro de barro...”
  • D. “... e pode transformar em outra gente ou em bicho voador...”
  • E. “... tão sombreada e fresca que a gente sentia vontade de ter...”
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Galeano termina seu texto destacando outro sentido para o verbo tocar.

“Econtando, que é outra maneira de tocar.”

O mesmo valor está presente em:

  • A. Fernando toca sua plateia com histórias de encantamento.
  • B. O médico Fernando fazia mágicas ao tocar os enfermos.
  • C. Em suas contações, Fernando tocava flauta e dançava.
  • D. Os dedos delicados de Fernando, às vezes, quase tocavam o céu.
  • E. Todos tocavam suas carroças para ouvir as histórias de Fernando.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Assinale a opção em que a classe gramatical da palavra destacada foi corretamente indicada entre parênteses.
  • A. “que vivem em uma CORRERIA louca” (substantivo)
  • B. “lixo QUE produzimos dizem muito sobre nós.” (conjunção subordinativa)
  • C. “Quando fui à casa dela, LOGO me alertou” (conjunção coordenativa)
  • D. “a comida rápida e pronta é PRATICAMENTE essencial” (adjetivo)
  • E. “na lojinha passouAser evento mais raro.” (artigo definido)
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Aoração subordinada adjetiva pode ter valor restritivo ou explicativo.

No trecho, a seguir, ela tem valor explicativo.

“... a casa de Ticuantepe, que era tão sombreada e fresca”

O mesmo acontece em:

  • A. “Fernando quando imita o sabiá.”
  • B. “... o hotel que abria só para fantasmas ...”
  • C. “... como aquele espelheiro que fazia espelhos ...”
  • D. “... alguns tipos extravagantes que ele conheceu ...”
  • E. “... da gente recém-criada, que ainda tem cheiro de barro...”
Clique em uma opção abaixo para responder a questão: