Questões de Medicina do ano 2016

O conhecimento correto e atualizado sobre a alimentação da criança sadia é essencial para avaliação e orientação adequadas sobre sua nutrição. A maioria das vitaminas não são sintetizadas pelo organismo e necessitam ser ingeridas por meio da alimentação. Nos casos de alimentação deficiente com riscos de carência, a vitamina deve ser utilizada sob a forma medicamentosa, principalmente nos primeiros anos de vida. Correlacione adequadamente as seguintes vitaminas à sua indicação de uso nos primeiros anos de vida.

A sequência está correta em

  • A. 2, 3, 4, 1.
  • B. 2, 4, 3, 1.
  • C. 3, 4, 1, 2.
  • D. 3, 4, 2, 1.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Os problemas ortopédicos na infância e na adolescência constituem-se numa frequente queixa nos consultórios de pediatria. As escolioses primárias adquiridas, idiopáticas, que acometem crianças e adolescentes, provocam deformidades que serão detectadas, reconhecidas e referidas pelo pediatra para acompanhamento especializado. Acerca do exposto, assinale a afirmativa INCORRETA.
  • A. Trata-se de condição altamente prevalente e de bom prognóstico na maioria dos casos. Podem ser divididas em infantis ou de início precoce; ocorrem em crianças menores que 3 anos de idade e juvenis entre 3 anos e a adolescência.
  • B. Existe uma estreita relação de gravidade de prognóstico das escolioses com a capacidade de crescimento do indivíduo. As escolioses que se iniciam dos 5 anos até a maturidade são mais prevalentes e tão mais benignas quanto mais tarde ocorrerem.
  • C. As curvas de escoliose entre 5° e 20° graus merecem investigação e seguimento radiográfico, que deve ser trimestral e, em caso de progressão nesse intervalo, deve ser aplicada terapia física através de exercícios posturais e de estimulação corretiva.
  • D. Um sinal clássico de escoliose ao exame físico é o sinal de Risser, que pode ser observado quando se solicita que o paciente se curve para a frente, com os membros superiores estendidos e as mãos juntas, espalmadas, sem flexionar os membros inferiores. O sinal consiste em um desalinhamento da coluna vertebral e possíveis assimetrias das regiões paravertebrais.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Na patogenia da asma, está envolvida uma variedade de células e mediadores inflamatórios que atuam sobre a via aérea e levam ao desenvolvimento e manutenção dos sintomas. É INCORRETO no tratamento da crise de asma:
  • A. Na vigência de hipoxemia: Oxigênio a 6 L/min para manter a SaO2 > 90%, utilizando máscara facial.
  • B. O Ministério da Saúde dá preferência ao salbutamol em aerossol e em solução para nebulização ao fenoterol.
  • C. O sulfato de magnésio deve ser usado profilaticamente em todos os casos de exacerbações, devido ao seu uso evitar a necessidade de intubação.
  • D. Não há diferença na eficácia terapêutica quando os broncodilatadores de ação rápida são administrados por meio de aerossol (bombinha) ou nebulização.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

A cefaleia é uma queixa bastante frequente na adolescência, tanto no atendimento ambulatorial quanto nos serviços de emergência. Algumas características especiais da adolescência, como variações psicológicas e hormonais, influem no aparecimento e intensificação de determinadas cefaleias. O estresse emocional do amadurecimento psíquico, das modificações do corpo, da luta por tornar-se independente, do estilo de vida irregular (horas sem se alimentar, falta de sono, sono em excesso etc.), do uso de álcool, entre outros, podem favorecer o desencadeamento ou a piora de uma cefaleia. Neste contexto, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas.

( ) A grande maioria das cefaleias na adolescência é primária e, entre elas, a migrânea (enxaqueca) e a cefaleia do tipo tensional são as mais comuns.

( ) A cefaleia tipo tensional consiste em dor em aperto ou pressão, geralmente na região frontal ou occipital, nunca latejante, que dura de 30 minutos a 7 dias, agravada por esforços ou atividades físicas, presença de náuseas ou vômitos.

( ) Deve ser feito exame físico geral do paciente, exame neurológico e fundo de olho. Essencial, também, é a avaliação dos diferentes aparelhos, pois pode indicar certas alterações que podem levar à dor de cabeça, como alterações pressóricas, sopros cardíacos secundários a lesões valvares, alterações pulmonares que podem levar à hipóxia.

( ) Crises fortes podem ser tratadas com: corticoterapia, diazepam, clorpromazina (disponíveis na rede pública), sumatriptano nasal (intranasal com spray na dose de 5-20 mg/dose), derivados do ergot e tartarato de ergotamina na dose de 1-2 mg VO.

A sequência está correta em

  • A. V, V, F, F.
  • B. F, V, V, F.
  • C. V, F, V, V.
  • D. F, F, V, V.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

A escabiose ou sarna é uma dermatose infeciosa ainda muito frequente na população pediátrica provocada pelo Sarcoptes scabiei var. hominis. Apresenta uma distribuição mundial, com prevalência e incidência muito variáveis sendo endêmicas nos países subdesenvolvidos. Os surtos epidêmicos realizam-se ciclicamente a cada 15-30 anos e dependem de fatores diversos como a imunidade individual, condições de vida, hábitos higiênicos, migrações e aglomerados habitacionais. De acordo com o exposto, analise as afirmativas a seguir.

I. O início dos sintomas clínicos coincide com o desenvolvimento de uma resposta imune à presença do parasito. A amplitude da resposta imune parece diminuir com o tempo, mas, normalmente, não elimina a doença e não confere imunidade contra reinfestação.

II. Em climas temperados, a escabiose é mais comum no inverno, provavelmente devido a um maior aglomerado populacional que ocorre nestes meses e a uma maior sobrevida dos parasitas nas superfícies com temperaturas mais baixas.

III. Essa dermatose nas crianças distribui-se abaixo do pescoço com predomínio no bordo anterior das axilas, região umbilical, cintura, região glútea, face interna das coxas, face anterior dos punhos, eminência tenar, e não acomete regiões palmares e plantares.

IV. Como consequência do prurido causado pela escabiose pode ocorrer impetiginização secundária com infeção por Staphylococcus aureus e/ou Streptococcus pyogenes.

Estão corretas apenas as afirmativas

  • A. I e II.
  • B. I, II e III.
  • C. I, II e IV.
  • D. II, III e IV.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
As infecções que envolvem a via aérea superior em crianças podem levar a obstrução com risco de vida. A epiglotite bacteriana, também denominada supraglotite, apresenta pico de incidência dos 2 aos 6 anos, com predominância no sexo masculino. Mais frequente no final do inverno e no início da primavera, sua incidência tem sofrido profundas modificações com a recomendação rotineira da vacina conjugada. Diante do exposto, assinale a alternativa INCORRETA.
  • A. Na epiglotite, dependendo da faixa etária do paciente acometido, este costuma assumir uma posição sentada com hiperextensão cervical e protusão do mento, para tentar manter a via aérea permeável.
  • B. A profilaxia com rifampicina para eliminação de portador é indicada em todas as crianças com epiglotite. Os contatos domiciliares devem receber profilaxia se houver contato com menores de 4 anos de idade não imunizados, ou com imunização incompleta.
  • C. Quadros de envolvimento preferencial de áreas ariepiglóticas podem manifestar-se de maneira indistinguível da epiglotite clássica pelo Haemophilus influenza e tipo b (Hib) e estão relacionados à infecção causada pelo Streptococcus do grupo A.
  • D. Nos pacientes com epiglotite bacteriana, a investigação radiológica deve ser complementada com estudo do tórax para determinar a presença de edema pulmonar, que pode ocorrer pela exagerada pressão negativa intratorácica, ou focos de consolidação broncopneumônicos associados.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
A Infecção do Trato Urinário (ITU) prevalece na infância, atingindo pico de incidência por volta do terceiro ao quarto ano de idade, sendo particularmente grave quando acomete lactentes e, em especial, os neonatos. Sua prevalência eleva-se novamente por volta da adolescência, quando as alterações hormonais favorecem a colonização vaginal por bactérias nefritogênicas. Sobre o tema, assinale a afirmativa INCORRETA.
  • A. A urocultura é um exame de confirmação da ITU; porém, salienta-se que sua confiabilidade depende da coleta adequada de urina. Em caso de suspeita clínica de ITU na vigência de leucorreia, em meninas de qualquer faixa etária, deve sempre ser feita a coleta de urina por jato médio.
  • B. O Staphylococcus saprophyticus é um estafilococo coagulase-negativo, com capacidade de aderência às células do uroepitélio, causando processo inflamatório local, com repercussão sistêmica. Essa bactéria é considerada um dos agentes mais comuns de ITU sintomática em mulheres jovens (13 a 40 anos), principalmente nas sexualmente ativas.
  • C. Durante a gestação, também se pode observar aumento da ocorrência de ITU; a maioria dessas gestantes apresenta surtos assintomáticos. Nesses casos, existe maior risco de Doença Hipertensiva Específica da Gestação (DHGE) e de nascimento de recém-nascidos prematuros ou de baixo peso, os quais apresentarão risco até quatro vezes maior que o habitual de ITU, no período neonatal.
  • D. Durante a gestação, também se pode observar aumento da ocorrência de ITU; a maioria dessas gestantes apresenta surtos assintomáticos. Nesses casos, existe maior risco de Doença Hipertensiva Específica da Gestação (DHGE) e de nascimento de recém-nascidos prematuros ou de baixo peso, os quais apresentarão risco até quatro vezes maior que o habitual de ITU, no período neonatal.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Entre 4 a 6 meses o bebê apresenta o reflexo tônico cervical: onde faz a rotação da cabeça para um lado, com consequente extensão do membro superior e inferior do lado facial e flexão dos membros contralaterais.
  • A. A resistência insulínica tem natureza poligênica, mas a sua expressão fenotípica depende de fatores como um estilo de vida relacionado ao consumo excessivo de gorduras e carboidratos aliado à inatividade física.
  • B. A hipertensão arterial sistêmica pode determinar consequências importantes em órgãos-alvo. A hipertrofia ventricular esquerda é a lesão de órgão-alvo mais proeminentemente encontrada. A presença dessa é um indicador para iniciar ou intensificar a terapia anti-hipertensiva farmacológica.
  • C. O Departamento de Nutrologia da Sociedade Brasileira de Pediatria adota a definição de síndrome metabólica em adolescentes entre 10 e abaixo de 16 anos, como: aumento da circunferência abdominal > p90 (segundo sexo e idade) e glicemia de jejum > 100 mg/dL ou presença de diabetes mellitus tipo 2.
  • D. Nas crianças com história familiar de diabetes mellitus 2 (DM2), a avaliação dos fatores de risco metabólico deve ser realizada periodicamente com o objetivo de detectar alterações no decorrer do crescimento da criança. Nas crianças com excesso de peso que apresentam hipertensão, deve-se obter também a história do padrão do sono, devido à frequente ocorrência de associação com distúrbios, como a apneia obstrutiva do sono.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
O acompanhamento do desenvolvimento da criança na atenção básica objetiva sua promoção, proteção e detecção precoce de alterações passíveis de modificação que possam repercutir em sua vida futura. A identificação de problemas é fundamental para o desenvolvimento e a intervenção precoce para o prognóstico dessas crianças. Diante do exposto, assinale a afirmativa INCORRETA.
  • A. Em torno de 2 meses inicia-se a ampliação do campo de visão do bebê; ele visualiza e segue objetos com o olhar. Entre 2 e 4 meses o bebê fica de bruços, levanta a cabeça e os ombros.
  • B. Entre 1 e 2 meses de idade existe um predomínio do tônus flexor, assimetria postural e preensão reflexa. O apoio plantar, a sucção e a preensão palmar irão desaparecer até o sexto mês.
  • C. O reflexo cutâneo plantar é obtido pelo estímulo da porção lateral do pé. No recém-nascido, desencadeia a extensão do hálux. A partir do 13º mês ocorre flexão do hálux e, a partir dessa idade, sua extensão é patológica.
  • D. Entre 4 a 6 meses o bebê apresenta o reflexo tônico cervical: onde faz a rotação da cabeça para um lado, com consequente extensão do membro superior e inferior do lado facial e flexão dos membros contralaterais.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

A doença meningocócica pode variar desde um quadro de febre transitória até doença fulminante, que pode levar à morte em poucas horas. Meningite é a principal manifestação, ocorrendo em 70% dos casos; bacteremia isolada em 27%; e, doença fulminante em 4%. Sobre o tema, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas.

( ) No tratamento empírico da meningococcemia deve se iniciar uma cefalosporina de terceira geração como: ceftriaxona (100 mg/Kg/dia a cada 12 ou 24 h, dose máxima 2 g 12/12 h) ou cefotaxima (200-300 mg/kg/dia a cada 4 a 6 h, máximo 12 g/dia).

( ) Na doença invasiva está indicada a coleta de culturas de sangue e líquor e de nasofaringe. A realização do exame de Gram nas lesões cutâneas pode identificar a bactéria.

( ) Em pacientes com alergia grave a penicilina (anafilaxia), cloranfenicol é a droga de escolha. Caso este não esteja disponível, usa-se meropenem.

( ) A mortalidade chega a 10%, e é significativamente maior em crianças menores de 11 anos quando comparadas às maiores de 11 anos. Os fatores importantes associados com morte são: coma ou hipotensão, leucopenia ou plaquetopenia e ausência de meningite.

A sequência está correta em

  • A. V, F, V, F.
  • B. V, V, V, F.
  • C. F, V, V, V.
  • D. V, F, F, V.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão: