A respeito de elementos linguísticos do texto, assinale a...

A respeito de elementos linguísticos do texto, assinale a opção correta.
  • A. No trecho “dizia respeito a esse ramo de administração” (R.7-8), o substantivo “ramo” tem o sentido de parte, razão por que seria correta a seguinte reescrita desse trecho: dizia respeito à essa parte de administração.
  • B. Em “façamos-lhe” (l.15) e “o empregava” (l.17), os pronomes referem-se ao major Vidigal.
  • C. Em “era ela o anúncio de um grande aperto” (l.2-3), o pronome “ela” refere-se à palavra ‘porta’ (l.1).
  • D. Ao empregar a expressão “ou antes” (l.5), o autor anuncia que vai tratar do passado.
  • E. No terceiro período do texto, o segmento “estava-o” (l.5) equivale a estava organizada.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Questões extras

Com relação aos procedimentos adotados em primeiros socorros, julgue os itens subsequentes.

A vítima de parada cardiorrespiratória deve ser transportada para o pronto-socorro da forma mais rápida possível, independentemente da chegada do socorro especializado, pois, quanto mais rapidamente ela chegar ao pronto-socorro, maior será a possibilidade de se evitarem lesões cerebrais.

Resolva a questão aqui ›


Acerca dos conhecimentos relacionados ao desenvolvimento desigual e combinado, julgue os itens a seguir. A origem do desenvolvimento desigual e combinado está presente nas obras de Karl Marx.

Resolva a questão aqui ›


Assinale com V (verdadeiro) ou com F (falso) os enunciados abaixo.

( ) Ao ouvir intensos gritos de socorro vindos do apartamento de sua nova vizinha, Pedro Luís, querendo socorrê-la, sai correndo, rompe a fechadura da porta e invade o apartamento. Só que os gritos não eram da vizinha, mas de uma cena de filme que ela, um tanto surda, ouvia em altíssimo volume. Assustada pela inesperada invasão ao seu domicílio, a vizinha, em defesa da tranquilidade doméstica, jogou o controle remoto da televisão na cabeça de Pedro Luís, provocando-lhe lesões corporais leves. Diante disso, é correto dizer-se (1) de hipótese de legítima defesa putativa de terceiro, quanto a Pedro Luís, versus legítima defesa própria e real, em favor da vizinha; e que (2) Pedro não cometeu o crime de invasão de domicílio, por atipicidade do fato, e a vizinha não praticou o crime de lesões corporais, apesar da tipicidade do fato.

( ) As pessoas jurídicas podem ser responsabilizadas por crimes ambientais, sejam de direito público ou privado, inclusive fundações e organizações não governamentais, com penas de multa, restritivas de direitos e de prestação de serviços à comunidade, isolada ou conjuntamente, mesmo quando as pessoas físicas corresponsáveis não sejam identificadas e independentemente da responsabilização pessoal do proprietário, representante, acionista, conselheiro. Quando constituídas ou utilizadas, preponderantemente, com o fim de permitir, facilitar ou ocultar a prática de crime ambiental, terão decretada a liquidação forçada, seu patrimônio será considerado instrumento do crime e como tal perdido em favor do Fundo Penitenciário Nacional.

( ) A Polícia Civil de Encantado indiciou três médicos e dois administradores de uma clínica da cidade por crimes de lesão corporal culposa de natureza gravíssima, em face da realização negligente de cirurgias de catarata que causaram a perda total de visão em 23 (vinte e três) pacientes devido a uma infecção por bactérias. Análises técnicas concluíram que na clínica não havia higienização e esterilização adequadas, situação propícia à infecção e do amplo conhecimento dos cinco indiciados. Todavia, a perda total da visão culposamente causada aos 23 (vinte e três) pacientes não comporta a classificação penal dada pela polícia. Tratando-se de lesão corporal culposa, não há forma grave nem gravíssima para fins de adequação típica.

( ) Em Herval do Sul, Amarilho, conhecido pelo seu mal humor e personalidade briguenta, foi flagrado por policiais militares na posse de um revólver de uso permitido, em perfeito funcionamento e numeração raspada, noticiou o Diário Gaúcho. O porte de arma de fogo com sinal de identificação raspado, suprimido ou adulterado, seja de uso permitido ou restrito, é crime, diferenciando-se apenas a sanção carcerária cominada em abstrato, mais severa nesta do que naquela hipótese.

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é

Resolva a questão aqui ›