Em regra, no seguro de dano, a transferência do contrato...

Em regra, no seguro de dano, a transferência do contrato a terceiro com a alienação ou cessão do interesse segurado é
  • A. vedada pelo Código Civil brasileiro em atenção aos princípios da transparência e da boa-fé objetiva.
  • B. admitida, sendo que, se o instrumento contratual é nominativo, a transferência produz efeitos em relação ao segurador imediatamente, sendo desnecessário aviso escrito.
  • C. admitida, sendo que a apólice ou o bilhete à ordem se transfere por endosso em branco.
  • D. admitida, sendo que a apólice ou o bilhete à ordem só se transfere por endosso em preto, datado e assinado pelo endossante e pelo endossatário.
  • E. admitida, sendo que se o instrumento contratual é nominativo, a transferência produz efeitos em relação ao segurador após dez dias úteis da efetivação da transferência, sendo desnecessário aviso escrito.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Questões extras

Um paciente procurou o Conselho Regional de Odontologia de Roraima (CRO-RR) para denunciar um profissional e, paralelamente, moveu uma ação de indenização e representou criminalmente.

Com base nessa situação hipotética, julgue os itens subseqüentes.

Mesmo ocorrendo absolvição no processo penal, o paciente poderá receber sentença favorável no processo civil correspondente.

Resolva a questão aqui ›


Julgue os itens a seguir, relativos ao comportamento organizacional e à organização da função de gestão de pessoas.

O gestor de pessoas que atua com base na teoria de Maslow, que propõe a hierarquia das necessidades, busca motivar sua equipe a realizar suas atividades considerando, primeiramente, as necessidades de realização pessoal.

Resolva a questão aqui ›


Quais propriedades mecânicas podem ser obtidas de um ensaio de tração?

Resolva a questão aqui ›