"O analfabeto do século 21 não será aquele que não conseg...

"O analfabeto do século 21 não será aquele que não conseguir ler ou escrever, mas aquele que não puder aprender, desaprender e, por fim, aprender de novo". (Alvin Toffler)

Com essa frase, o autor fala de uma característica de nosso mundo atual, que é a:

  • A.

    expansão do analfabetismo;

  • B.

    dificuldade econômica das classes mais pobres;

  • C.

    falta de escolas públicas;

  • D.

    mudança dos critérios antigos;

  • E.

    transformação das escolas públicas em particulares.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Questões extras

Um dos critérios para a avaliação da qualidade da água para o consumo humano é a detecção de coliformes fecais na água distribuída à população. A tabela acima apresenta os resultados das análises de 5.600 amostras de água coletadas, entre os anos de 1995 a 2000, em uma grande cidade, conforme as estações do ano.

Considerando as informações da tabela acima, julgue os itens a seguir.

O valor da estatística quiquadrado com respeito à hipótese de independência entre os resultados e as estações do ano é superior a 15.

Resolva a questão aqui ›


Considere o título e o subtítulo de uma notícia publicada no jornal O Estado de S. Paulo em 02 de abril de 2011 e analise as afirmações que seguem.

I. O título é totalmente objetivo e imparcial, como convém ao jornalismo, que deve refletir o fato sem emitir opinião e sem influenciar o ponto de vista do leitor.

II. Se a palavra “já” fosse retirada, o efeito de sentido seria o mesmo, uma vez que se trata de um simples advérbio de tempo.

III. A informação da distância entre Fortaleza e a base eleitoral do deputado é relevante para o fato, por isso foi destacada no subtítulo, e não há crítica implícita nela.

Está correto o que se afirma em

Resolva a questão aqui ›


Julgue os itens seguintes, relativos à regulação no setor energético.

Considere a seguinte situação hipotética.

O governador do estado do Espírito Santo encaminhou projeto de lei para a Auditoria do estado, visando colher informações para eventual sanção ou veto do referido projeto, que dispensava do pagamento das contas de luz as pessoas desempregadas.

 Nessa situação, considerando a jurisprudência do STF aplicável à espécie, a Auditoria deverá emitir parecer favorável ao veto, por inconstitucionalidade, sob o fundamento de que o estado do Espírito Santo não tem competência para intervir no contrato administrativo em apreço, de forma a afetar o seu equilíbrio econômicofinanceiro, bem como as relações estabelecidas entre

Resolva a questão aqui ›