Assinale a opção correta, no tocante ao auxílio-doença....

Assinale a opção correta, no tocante ao auxílio-doença.

  • A.

    Será concedido ao segurado, independentemente de carência.

  • B.

    Será concedido ao segurado quando ficar constatada a sua incapacidade para o seu trabalho ou para sua atividade habitual por período de até 15 (quinze) dias consecutivos.

  • C.

    Será concedido ao segurado quando ficar constatada a sua incapacidade para o seu trabalho ou para a sua atividade habitual por mais de 15 (quinze) dias consecutivos.

  • D.

    Será concedido ao segurado quando ficar constatada a sua incapacidade para o seu trabalho ou para sua atividade habitual por período inferior a 15 (quinze) dias consecutivos.

  • E.

    Será concedido ao segurado quando ficar constatada a sua incapacidade parcial para o trabalho ou para sua atividade habitual por período de até 15 (quinze) dias consecutivos.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Questões extras

Acerca das malformações fetais e dos diversos aspectos relacionados a essas condições clínicas, julgue os itens a seguir. A meningocele é uma lesão menos frequente e de melhor prognóstico em relação à mielomeningocele.

Resolva a questão aqui ›


Questão de Criminologia

A moderna teoria do domínio do fato de Claus Roxin procura solucionar alguns problemas de autoria e, expressamente, já foi adotada em nossos tribunais. Além das previsões legais sobre autoria mediata, existe a possibilidade de autoria no âmbito de uma organização. Para que esta seja configurada devem estar presentes alguns requisitos, EXCETO

Resolva a questão aqui ›


Uma paciente com 65 anos de idade chega a sua primeira consulta psicológica motivada pelo seu médico, que a considera deprimida desde o diagnóstico e o início do tratamento de um câncer de intestino. Para ela, o mais difícil não foi tomar as providências necessárias nesse início e sim sua dificuldade de aceitar os olhares de piedade voltados para si. Ao saber que teria que fazer a quimioterapia ficou apreensiva por temer os efeitos secundários. A paciente atribui a causa de seu câncer a sua relação conjugal, segundo ela, muito ruim durante os 45 anos de convivência, se queixa de ter se sentindo excluída pelo marido e pela família dele, que a tratavam com indiferença apesar do esforço que sempre fez para recebê-los bem em casa. Nas consultas subsequentes, ela associa em sua fala outra situação de exclusão, ocorrida em sua infância, por ser filha de mãe solteira, por nunca ter conhecido a identidade do pai, e por ser discriminada pelo avô em relação aos primos, o qual explicitava uma predileção por uma prima mais nova. Ao terminar seu tratamento médico, a paciente relata a dificuldade de voltar ao hospital, experimentando náuseas só de pensar em se aproximar do local.

A partir desse caso clínico e considerando as teoria e técnicas psicoterápicas aplicadas à paciente em tratamento de câncer, julgue os itens de 71 a 83.

As intervenções comportamentais, cada vez mais frequentes nos tratamentos oncológicos, se concentram nas crenças e na subjetividade do paciente, as quais são resultados de repostas inadequadas e condicionamentos operantes que atrapalham o tratamento, como pode ser o caso dessa paciente.

Resolva a questão aqui ›