Questões sobre Manifestação da questão social e o surgimento das políticas sociais da FCC

  • A.

    nas franjas da sociedade capitalista, apesar de serem inseridas em programas sociais, as pessoas apresentam situações crônicas, e continuarão sempre desajustadas.

  • B.

    é a expressão da questão social na atualidade, onde há igualdade de oportunidades que não são utilizadas por todos os indivíduos.

  • C.

    na base da estrutura social em vigor, em que prevalece a competição, é natural que, existam as elites e a massa de miseráveis.

  • D.

    cabe ao mercado a regulamentação e a intervenção para que a situação acima descrita possa ser enfrentada e resolvida.

  • E.

    o cerne da questão social está no conflito entre capital e trabalho.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

A política social brasileira, envolvida pela perspectiva neoliberal, tem sua formulação pautada

  • A.

    pela acentuação da estratificação social, cujos elementos básicos são as desigualdades nas condições de vida e na qualidade do trabalho. No entanto, no que concerne ao sistema de proteção social, há firme tendência de ampliação de políticas sociais descentralizadas e participativas.

  • B.

    pela instauração do estado mínimo para o capital e máximo para o social, com regulação e normatização que reconheça a desigualdade social.

  • C.

    pela acentuação da estratificação social, cujos elementos básicos são as desigualdades, tanto nas condições e qualidade de trabalho quanto no consumo e na proteção social.

  • D.

    pela ampliação dos direitos sociais e pelo alargamento do sistema de proteção social com foco na seguridade social não contributiva.

  • E.

    pelo estabelecimento de um amplo pacto pela instauração do Estado Social com vistas a designar maior percentual do fundo público para programas de transferência de renda com características universalizantes.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

A questão social no cenário recente expressa

  • A.

    a politização das necessidades e das lutas sociais.

  • B.

    a busca de harmonia entre capital e trabalho.

  • C.

    o consenso de classe efetivado pelas políticas sociais.

  • D.

    a ampliação exponencial das desigualdades de classe.

  • E.

    a integralidade das políticas sociais na perspectiva da igualdade.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

A proposta do Sistema Único de Assistência Social − SUAS significa um avanço e é o resultado de mobilizações e lutas dos trabalhadores e da sociedade civil. O marco mais recente na história do processo de construção da política pública de Assistência Social no Brasil foi a

  • A.

    aprovação pelo CNAS da Tipificação Nacional de Serviços Socioassistenciais por intermédio da Resolução 109.

  • B.

    apresentação do Plano Decenal de Assistência Social validado na VI Conferência Nacional de Assistência Social.

  • C.

    criação das Comissões Intergestoras Bipartites e Tripartites.

  • D.

    instalação do Conselho Nacional de Assistência Social.

  • E.

    apresentação pelo MDS do Manual de Orientações Técnicas do Centro de Referência de Assistência Social-CRAS.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

O assistente social trabalha com a questão social e com suas expressões ou manifestações: o desemprego, o analfabetismo, a fome, a moradia na favela, a falta de leitos em hospitais, a violência e a inadimplência. Nessa direção, a questão social

I. apresenta-se nas objetivações concretas que sintetizam as determinações prioritárias do capital sobre o trabalho.

II. representa não só as desigualdades, mas, também, o processo de resistência e luta dos trabalhadores.

III. coloca-se em novos patamares frente o avanço das organizações dos trabalhadores e das populações subalternizadas.

Está correto o que se afirma em

  • A.

    I, apenas.

  • B.

    II, apenas.

  • C.

    III, apenas.

  • D.

    I e II apenas.

  • E.

    I, II e III.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Nesta linha pode-se dizer que a questão social:

I. Expressa um conjunto de problemas políticos, sociais e econômicos que a formação da classe operária e seu ingresso no cenário político desencadeiam, no curso da constituição e desenvolvimento da sociedade capitalista.

II. É a expressão da sociabilidade erguida sob o comando do capital, com todos os efeitos sociais que emergem da luta pela apropriação da riqueza social criada a partir do trabalho não pago.

III. Constitui-se sinônimo de pobreza sem, contudo, ter vinculação com o modo de produção capitalista.

É correto o que se afirma em

  • A.

    I, apenas.

  • B.

    I e II, apenas.

  • C.

    I e III, apenas.

  • D.

    II e III, apenas.

  • E.

    I, II e III.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

A questão social, enquanto campo de trabalho do Serviço Social, é resultante da divisão da sociedade em classes e da disputa pela riqueza socialmente gerada, cuja apropriação é extremamente desigual. Supõe, então, por parte dos que vivem do trabalho, a

  • A.

    adesão à regulação das relações econômicas e sociais.

  • B.

    insistência no estabelecimento de mínimos sociais, salvaguardada a responsabilidade governamental.

  • C.

    defesa na erradicação da pobreza e redução das desigualdades sociais.

  • D.

    indefinição de sua própria identidade de classe.

  • E.

    consciência da desigualdade entre as classes sociais e a resistência à opressão.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Historicamente, a "questão social" vincula-se estreitamente à questão da exploração do trabalho, à organização e à mobilização da classe trabalhadora na luta pela apropriação da riqueza social. Ela se expressa

  • A.

    pelo conjunto de desigualdades sociais engendradas pelas relações sociais constitutivas do capitalismo.

  • B.

    pelos mecanismos complementares ao mercado que configuram as políticas sociais.

  • C.

    pelo conjunto de programas de proteção contra a doença, o desemprego, a morte e a velhice, entre outros.

  • D.

    pela substituição de um perfil histórico de proteção social, que tinha como pilar o pleno emprego, pelo pilar do desemprego.

  • E.

    pela acomodação por parte dos que vivem do seu trabalho.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Em meados da década de 90, no Brasil, verificaram-se mudanças no mundo do trabalho, com a instauração de um novo patamar de desemprego estrutural e o aumento do trabalho precário. Nessa perspectiva, é correto afirmar que as políticas econômicas modernas, de estabilização da moeda,

  • a.

    aceleraram o processo de abertura de novas frentes de trabalho no mercado, reduzindo o desemprego.

  • b.

    geraram novas formas de exclusão social e de desigualdades.

  • c.

    estimularam a revolução tecnológica, o que contribuiu para o aumento de vagas no mercado de trabalho.

  • d.

    fortaleceram o sindicalismo, motivando novas adesões, em função da revisão do seu papel junto aos sindicalizados.

  • e.

    motivaram um movimento de Planejamento Estratégico, como alternativa para reintegração de grupos marginalizados.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

A experiência acumulada na área da Assistência, entendida como instância destinada a operar Benefícios, Programas e Projetos de enfrentamento à pobreza e, prioritariamente, à erradicação da fome, indica a necessidade de

  • a.

    articular distribuição de renda, com trabalho social e projetos de geração de renda com as famílias.

  • b.

    priorizar o atendimento assistencial às parcelas da população que se encontram abaixo da "linha da pobreza".

  • c.

    centralizar as ações de assistência social nos municípios, locus privilegiado das práticas sociais.

  • d.

    organizar as camadas populares, para a conquista dos seus direitos de cidadania, através de Programas de Combate à Fome.

  • e.

    mobilizar a população organizada, os sindicatos de classe, ONGs e sociedade civil a participar de Projetos Nacionais de Combate à Fome.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão: