Questões de Cirurgia Buco-Maxilo Facial

Pesquise mais Questões de Cirurgia Buco-Maxilo Facial abaixo,

Questões de Medicina Cirurgia Buco-Maxilo Facial
Ano: 2013, Banca: CESPE, Concurso: SESA/ES, Cargo: Médico

Assinale a opção correta a respeito das indicações para a cirurgia ortognática.

  • A.

    Pacientes com lábio fino e pouco espesso são menos susceptíveis às repercussões estéticas do reposicionamento esquelético.

  • B.

    Em pacientes com excesso da exposição de vermelhão do lábio superior, um fechamento da incisão com sutura em V-Y é indicado.

  • C.

    A osteotomia do tipo Le Fort III não é aplicada para o tratamento de deformidades dentofaciais.

  • D.

    A disjunção de maxila cirurgicamente assistida é indicada para pacientes adultos com deficiência de maxila no plano transversal.

  • E.

    Pacientes com excesso de exposição gengival durante o sorriso devem ser submetidos à cirurgia de reposicionamento inferior de maxila por meio da osteotomia do tipo Le Fort I.

Sua resposta é:
Questões de Medicina Cirurgia Buco-Maxilo Facial
Ano: 2013, Banca: CESPE, Concurso: SESA/ES, Cargo: Médico

Em relação às osteotomias mandibulares, assinale a opção correta.

  • A.

    A osteotomia em L invertido é indicada para casos de avanços de grande magnitude.

  • B.

    A osteotomia segmentar não pode ser realizada na mandíbula.

  • C.

    A osteotomia vertical do ramo pode ser utilizada tanto para casos de avanço quanto para casos de recuo.

  • D.

    A osteotomia vertical do ramo é indicada para os casos de avanço.

  • E.

    A osteotomia sagital não pode ser utilizada em casos de recuo.

Sua resposta é:
Questões de Medicina Cirurgia Buco-Maxilo Facial
Ano: 2013, Banca: CESPE, Concurso: SESA/ES, Cargo: Médico

A manipulação ou alteração do plano oclusal, denominada rotação do complexo maxilomandibular, deve ser considerada nos casos em que o tratamento convencional não permite obtenção de resultados funcionais e estéticos satisfatórios. Com relação à técnica de manipulação do plano oclusal, assinale a opção correta.

  • A.

    A rotação do complexo maxilomandibular no sentido horário é indicada para indivíduos que apresentam plano oclusal hipodivergente.

  • B.

    O ponto selecionado como ponto de fulcro na rotação do complexo maxilomandibular é o ponto que sofre as maiores alterações de posição e inclinação.

  • C.

    Para os indivíduos com plano oclusal baixo (dolicocefálicos) e para aqueles com plano oclusal alto (branquicefálicos) as ostrotomias estão indicadas para alteração do plano oclusal.

  • D.

    Os indivíduos com plano oclusal baixo apresentam plano mandibular baixo, ângulos mandibulares bem definidos e mento proeminente. Eles podem se beneficiar de maneira funcional e estética da rotação do complexo maxilomandibular no sentido anti-horário.

  • E.

    Pacientes com apneia obstrutiva do sono beneficiam-se da rotação horária do complexo maxilomandibular.

Sua resposta é:
Questões de Medicina Cirurgia Buco-Maxilo Facial
Ano: 2013, Banca: CESPE, Concurso: SESA/ES, Cargo: Médico

Assinale a opção correta com relação à osteotomia sagital dos ramos mandibulares.

  • A.

    A presença de terceiros molares inclusos contraindica a realização da ostrotomia sagital dos ramos mandibulares.

  • B.

    Na técnica da osteotomia sagital, a osteotomia horizontal no ramo da mandíbula deve ser realizada de forma que termine anteriormente à língua.

  • C.

    Durante o descolamento da porção medial do ramo, o estiramento excessivo do feixe vasculonervoso pode provocar parestesia prolongada do lábio superior.

  • D.

    Após a separação da osteotomia sagital, é recomendado que o feixe vasculonervoso alveolar inferior permaneça aderido ao segmento proximal.

  • E.

    A osteotomia horizontal no ramo mandibular deve ser realizada paralelamente ao plano oclusal.

Sua resposta é:
Questões de Medicina Cirurgia Buco-Maxilo Facial
Ano: 2013, Banca: CESPE, Concurso: SESA/ES, Cargo: Médico

A correção cirúrgica das deformidades dentofaciais (cirurgia ortognática) é um conjunto de procedimentos que permitem reposicionar a maxila, a mandíbula ou ambos em relação à base do crânio. Com relação à cirurgia ortognática, assinale a opção correta.

  • A.

    A combinação dos tratamentos ortodôntico e cirúrgico tornou possível o manejo de deformidades faciais que não podiam ser tratadas com sucesso apenas ortodonticamente.

  • B.

    A análise facial não é importante no planejamento cirúrgico, pois é um procedimento de caráter estritamente funcional.

  • C.

    A cirurgia ortognática é um procedimento que permite o movimento das bases ósseas apenas no sentido anteroposterior, não possibilitando alterações no sentido transversal.

  • D.

    O paciente com doença periodontal avançada e mobilidade dentária pode ser submetido à cirurgia ortognática normalmente, sem contraindicações.

  • E.

    A avaliação psicológica e as expectativas do paciente com relação à cirurgia ortognática não são importantes.

Sua resposta é:
Questões de Medicina Cirurgia Buco-Maxilo Facial
Ano: 2013, Banca: CESPE, Concurso: SESA/ES, Cargo: Médico

A respeito da técnica da osteotomia do tipo Le Fort I, assinale a opção correta.

  • A.

    Durante a separação das placas pterigoides, o cinzel curvo deve ser posicionado na posição mais medial possível para evitar danos à artéria palatina descendente.

  • B.

    A osteotomia do tipo Le Fort I não pode ser associada à segmentação da maxila por promover necrose dos segmentos ósseos.

  • C.

    A manipulação da região posterior da maxila deve ser realizada de forma criteriosa, uma vez que a artéria palatina descendente pode ser observada nessa região.

  • D.

    A osteotomia da parede anterior da maxila deve ser realizada 5 mm acima da coroa dos primeiros molares superiores.

  • E.

    A utilização de referência interna é a técnica mais eficaz para a mensuração de alterações verticais da maxila.

Sua resposta é:
Questões de Medicina Cirurgia Buco-Maxilo Facial
Ano: 2013, Banca: CESPE, Concurso: SESA/ES, Cargo: Médico

A causa mais comum de insuficiência velofaríngea é

  • A.

    polimiosite.

  • B.

    distrofia miotônica.

  • C.

    fissura palatina.

  • D.

    paralisia cerebral.

  • E.

    difteria.

Sua resposta é:
Questões de Medicina Cirurgia Buco-Maxilo Facial
Ano: 2013, Banca: CESPE, Concurso: SESA/ES, Cargo: Médico

Assinale a opção em que é apresentada a anomalia craniofacial mais frequente.

  • A.

    síndrome de Goldenhar

  • B.

    síndrome de Nagar

  • C.

    microssomia craniofacial bilateral

  • D.

    síndrome de Treacher-Collins

  • E.

    microssomia hemifacial

Sua resposta é:
Questões de Medicina Cirurgia Buco-Maxilo Facial
Ano: 2013, Banca: CESPE, Concurso: SESA/ES, Cargo: Médico

Acerca das craniossinostoses, assinale a opção correta.

  • A.

    A sindactilia simétrica é achado menos frequente na síndrome de Apert que na síndrome de Crouzon.

  • B.

    A pressão intracraniana não tem relação com o número de suturas envolvidas.

  • C.

    O retardo mental é mais frequente na síndrome de Crouzon que na síndrome de Apert.

  • D.

    As anomalias visuais, como hipertelorismo, exorbitismo e exoftalmia, são raras.

  • E.

    A hidrocefalia pode contribuir para o desenvolvimento do retardo mental.

Sua resposta é:
Questões de Medicina Cirurgia Buco-Maxilo Facial
Ano: 2013, Banca: CESPE, Concurso: SESA/ES, Cargo: Médico

Assinale a opção correta acerca das fraturas mandibulares.

  • A.

    A prevenção e o controle de infecção tem pouca importância nas fraturas mandibulares.

  • B.

    O objetivo principal do tratamento é restabelecer a oclusão normal e restaurar a função da mandíbula.

  • C.

    A fixação instável da fratura não favorece a infecção.

  • D.

    As fraturas do processo coronoide são mais comuns que as fraturas subcondilares.

  • E.

    As fraturas raramente ocorrem adjacentes ao forame mentual ou no ângulo da mandíbula.

Sua resposta é: