Questões sobre Planejamento, Relevância, Risco de Auditoria e Controles Internos

Risco de auditoria é a possibilidade de o auditor vir a emitir uma opinião tecnicamente inadequada sobre demonstrações contábeis significativamente incorretas. Quanto aos Riscos de Auditoria, assinale a alternativa correta:
  • A. A análise dos riscos de auditoria deve ser feita na fase de planejamento dos trabalhos, considerando a relevância em dois níveis: Geral e Específicos.
  • B. As políticas de pessoal e segregação de funções são fatores irrelevantes quanto à avaliação do ambiente do controle da entidade.
  • C. A função e o envolvimento dos administradores nas atividades da entidade são insignificantes em relação aos riscos de auditoria.
  • D. O saldo das Contas ou natureza e volume de transações são considerados relevantes em nível geral.
  • E. O auditor deve determinar o tamanho de amostra suficiente para reduzir o risco de amostragem a um nível máximo aceitável.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
A emissão de opinião inadequada do auditor sobre demonstrações contábeis finais que contenham distorção relevante caracteriza o risco
  • A. de auditoria.
  • B. de controle.
  • C. de detecção.
  • D. de distorção relevante.
  • E. inerente.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Há maior risco de ocorrerem distorções em valores, na classificação, na apresentação ou divulgação de informações contábeis quando
  • A. os cálculos ou princípios contábeis são muito simples.
  • B. verificados altos índices de transações rotineiras na entidade.
  • C. a obtenção e o processamento de dados exigem significativo volume de transações manuais.
  • D. as avaliações contábeis se baseiam em metodologias diferenciadas.
  • E. realizada pouca ou nenhuma intervenção da alta administração na determinação do tratamento contábil.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Com relação a riscos, julgue os itens a seguir.

I Risco do negócio ocorre quando o auditor independente necessita de laudos externos para a avaliação de alguma informação.

II Se identificar risco significativo, a equipe de auditoria deverá solicitar interrupção do contrato com o cliente até que a questão seja sanada.

III A avaliação do risco de distorção relevante pode mudar durante o curso da auditoria.

IV Observação e inspeção são procedimentos utilizados para a avaliação de riscos.

Estão certos apenas os itens

  • A. I e II.
  • B. II e III.
  • C. III e IV.
  • D. I, II e IV.
  • E. I, III e IV.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Considere a seguinte afirmação: “Um aspecto importante no tocante à confiabilidade da informação contábil é o da qualidade dos controles internos da entidade”. Nesse contexto, assinale a alternativa correta.
  • A. A relação entre controles internos e confiabilidade das informações contábeis é frágil, uma vez que bons controles internos podem assegurar proteção contra fraudes, mas não lidam com a possibilidade de decisões ruins por incompetência.
  • B. Informação contábil e controles internos não se relacionam, pois controles internos são procedimentos administrativos e não contábeis.
  • C. Um bom sistema de controles internos é um elemento importante para a qualidade da informação contábil. Essa qualidade depende de aspectos técnicos e também do ambiente ético da alta administração da entidade.
  • D. Mais fundamental para a confiabilidade da informação contábil do que o sistema de controles internos é o parecer modificado da auditoria externa que, ao examinar registro a registro os lançamentos contábeis, assegura a sua qualidade.
  • E. Um bom sistema de controles internos, ao assegurar a ausência de riscos no controle do negócio e, assim, na informação contábil, torna irrelevante o trabalho de asseguração do auditor externo.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
A natureza dos relacionamentos e das transações com partes relacionadas pode, em alguns casos, gerar mais riscos de distorções relevantes nas demonstrações contábeis do que em transações com partes não relacionadas. Nesse sentido, partes relacionadas incluem
  • A. aquelas assim definidas na adequada estrutura de relatório financeiro.
  • B. os fornecedores de matérias-primas sem valor estratégico em relação ao comprador.
  • C. os acionistas minoritários, mesmo os sem influência significativa na empresa da qual participam.
  • D. as entidades com participação direta ou indireta na entidade auditada, mesmo que sem influência significativa ou controle sobre esta.
  • E. as entidades sob controle comum de algum estado, mesmo que não realizem transações significativas entre si nem compartilhem recursos em quantidade significativa.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Na avaliação inicial de uma empresa auditada, o auditor independente detectou a possibilidade de a entidade não vir a concretizar um importante contrato de financiamento, por não atender aos pré-requisitos estabelecidos pela instituição financeira.

Nessa situação hipotética, de acordo com as normas de auditoria vigentes, identifica-se um exemplo de risco

  • A. de negócio.
  • B. inerente.
  • C. de controle.
  • D. significativo.
  • E. de fraude.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
A probabilidade de distorção relevante devido às características particulares da classe de transações, saldo de contas ou divulgação relevantes também pode ser chamada de:
  • A. Teste de controle.
  • B. Teste de confiabilidade.
  • C. Risco substantivo.
  • D. Risco de controle.
  • E. Risco inerente.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
O planejamento do trabalho da Auditoria Interna compreende os exames preliminares das áreas, atividades, produtos e processos, visando definir a amplitude e a época do trabalho a ser realizado, em consonância com as diretrizes estabelecidas
  • A. pelo comitê de auditoria.
  • B. pelo órgão consultivo.
  • C. pela administração da entidade.
  • D. pela controladoria da empresa.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Analise as afirmativas a seguir relativas à materialidade e ao risco de auditoria.

I. Risco de auditoria é o risco de o auditor expressar uma opinião de auditoria inadequada quando as demonstrações contábeis apresentam distorções relevantes. Esse risco é derivado da combinação entre os riscos de distorção relevante e de detecção.

II. A materialidade e os riscos de auditoria devem ser levados em consideração durante a auditoria, exceto na avaliação do efeito de distorções não corrigidas, se houver, sobre as demonstrações contábeis e na formação da opinião no relatório do auditor independente.

III. Ao estabelecer a estratégia de auditoria, o auditor deve determinar a materialidade para as demonstrações contábeis. Ele deve obter segurança razoável mediante a obtenção de evidências suficientes e apropriadas para reduzir o risco de auditoria a um nível aceitavelmente baixo.

Estão corretas as afirmativas:

  • A. I e II, apenas.
  • B. I e III, apenas.
  • C. II e III, apenas.
  • D. I, II e III.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão: