Questões sobre Projeto

O projeto do Museu do Amanhã foi norteado pelos critérios de sustentabilidade ambiental, econômica e social. Uma medida sustentável adotada no Museu do Amanhã que não se aplica às condições atuais brasileiras, sejam elas climáticas, ambientais, arquitetônicas, técnicas, estruturais e/ou sociais, é
  • A. captar a água da chuva pela cobertura e utilizá-la como complemento para a irrigação dos jardins, as descargas dos vasos sanitários e a lavagem dos pisos das áreas molhadas.
  • B. captar energia solar por meio de cobertura móvel que possui grandes estruturas de aço e serve de base para as placas de captação de energia, que se movimentam como asas, ao longo do dia, para acompanhar o posicionamento do sol.
  • C. reduzir o uso de água potável através da captação da água da Baía de Guanabara, com a finalidade de abastecer o sistema de refrigeração do condicionamento de ar que, depois, é reutilizado no espelho d’água.
  • D. captar energia solar por meio dos painéis fotovoltaicos que a transformam em energia elétrica; grande parte dessa energia elétrica é utilizada no Museu e o restante é devolvido à concessionária e convertido em bônus para o consumo elétrico no mês seguinte.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

No reconhecimento da beleza no objeto arquitetônico, muitas pesquisas apontam para o significativo valor de relações formais harmônicas. Entre estas, destaca-se o estudo do segmento resultante da divisão de outro segmento dado, em média e extrema razão, construído geometricamente conforme figura abaixo.

Este estudo representa a

  • A. sequência de Platão, base para a configuração do plano-piloto de Brasília.
  • B. proporção áurea, fundamento significativo à criação do Modulor.
  • C. modulação sagrada, referência-chave para as principais obras de Aleijadinho.
  • D. escala logarítmica, derivação lógica dos estudos do triângulo retângulo.
  • E. equivalência de Kepler, teorema de apoio à criação da geometria fractal.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
A obra da primeira fase de reforma e restauração da Catedral de Campinas foi finalizada em 2015, sob a supervisão do arquiteto Ricardo, e com base no projeto de restauro coordenado pelo arquiteto Samuel. A respeito deste trabalho,
  • A. embora nem todos os azulejos estivessem fortemente danificados, houve a necessidade de troca de todo o conjunto deste revestimento na fachada principal.
  • B. apesar da criação de um piso técnico de apoio, o uso do corpo principal do templo foi interrompido durante as obras de restauro do forro.
  • C. a obra trouxe de volta as principais características originais da catedral quando inaugurada em 1883, destacando-se a cúpula e as paredes do presbitério.
  • D. a referência aos preceitos da Carta de Atenas foi essencial para a mudança na legislação municipal, sendo proposta a criação de uma área envoltória a ser preservada.
  • E. revisões do projeto possibilitaram atualizações do levantamento das patologias existentes, sejam elas na estrutura ou nos revestimentos.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Com base na organização espacial em planta, Francis Ching divide as tipologias de edificações conforme mostrado nas figuras precedentes. Considerando essas tipologias, julgue os itens subsecutivos.

Uma das vantagens da planta centralizada (figura I) é a pequena distância entre os ambientes, pois a quantidade de circulações é menor que nos demais partidos.
  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Com base na organização espacial em planta, Francis Ching divide as tipologias de edificações conforme mostrado nas figuras precedentes. Considerando essas tipologias, julgue os itens subsecutivos.

No desenho da planta de tipologia linear (figura II), fica evidente que esse partido arquitetônico leva à existência de uma grande quantidade de circulações, aumentando as distâncias.
  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Com base na organização espacial em planta, Francis Ching divide as tipologias de edificações conforme mostrado nas figuras precedentes. Considerando essas tipologias, julgue os itens subsecutivos.

Além de bonito, o partido arquitetônico radial (figura III) é racional, facilitando a implantação e o conforto térmico dos ambientes.
  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Com base na organização espacial em planta, Francis Ching divide as tipologias de edificações conforme mostrado nas figuras precedentes. Considerando essas tipologias, julgue os itens subsecutivos.

A tipologia em malha (figura IV) não é racional devido à grande quantidade de pilares, que aumentam os custos da construção e dificultam a flexibilidade dos espaços internos.
  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Considerando que, em projetos hospitalares, o equacionamento claro dos fluxos e circulações é fundamental para o bom desempenho funcional das edificações, julgue os itens a seguir. A organização dos espaços hospitalares leva em consideração a necessidade de níveis de circulação diferenciados, assim resumidos: de serviços e transporte de materiais; de médicos e funcionários; e de público (visitantes e pacientes). Com esses cuidados, consegue-se organizar os fluxos sem a necessidade de criação de circulações restritas.
  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Considerando que, em projetos hospitalares, o equacionamento claro dos fluxos e circulações é fundamental para o bom desempenho funcional das edificações, julgue os itens a seguir. A função da central de materiais de um hospital está primordialmente associada aos laboratórios, onde há maior utilização de material esterilizado.
  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Julgue os próximos itens, relativos a atividades técnicas de projeto de arquitetura e engenharia exigíveis para a construção de edificações. O estudo preliminar de um projeto antecede o programa de necessidades e constitui a análise de risco, na qual são considerados os elementos técnicos, como os estudos de viabilidade econômico-financeira, viabilidade comercial e viabilidade ambiental.
  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão: