Questões de Administração Financeira e Orçamentária - AFO do ano 2017

As receitas de capital arrecadadas durante o exercício de 2016 apresentaram
  • A. insuficiência de arrecadação ..................................................................................................... R$ 170.000
  • B. insuficiência de arrecadação ..................................................................................................... R$ 120.000
  • C. excesso de arrecadação ........................................................................................................... R$ 220.000
  • D. superávit de arrecadação .......................................................................................................... R$ 150.000
  • E. excesso de arrecadação ........................................................................................................... R$ 40.000
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
O Valor das despesas correntes empenhadas no exercício de 2016 e não pagas inscrito em restos a pagar é, em R$, igual a
  • A. 25.000.
  • B. 90.000.
  • C. 35.000.
  • D. 65.000.
  • E. 210.000.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
As receitas correntes arrecadadas somam, em R$,
  • A. 555.000.
  • B. 510.000.
  • C. 540.000.
  • D. 530.000.
  • E. 480.000.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
A Lei Orçamentária Anual, para o exercício de 2017, de determinado ente público previu receitas e fixou despesas no valor de R$ 2.750.600.000. Não constou na Lei Orçamentária as despesas com pessoal a serem realizadas pelo respectivo Poder Legislativo, sob a alegação de que muitos servidores seriam demitidos a partir de janeiro de 2017, portanto, não seria possível fixar o montante exato de tais despesas. Nestas condições, a Lei Orçamentária NÃO atendeu ao princípio orçamentário da
  • A. universalidade.
  • B. moralidade.
  • C. transparência.
  • D. exclusividade.
  • E. unidade.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
As receitas públicas vêm das receitas correntes e das receitas de capital. Estas são aquelas que incluem empréstimos e vendas de bens. A receita de capital que provém de outras partes do direito privado ou público para suprir as despesas de capital denomina-se:
  • A. Alienação de bens
  • B. Operações de crédito
  • C. Amortização de empréstimos concedidos
  • D. Transferência de capital
  • E. Outras fontes de receita
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
As receitas públicas são todos os recursos obtidos pelo Estado para atender as despesas públicas. Para cumprir suas funções o governo precisa de recursos, os quais são captados através de um sistema de tributação. Há diferentes tipos de tributos. Aquele cujo fato gerador é o exercício regular do poder de polícia ou a utilização efetiva ou potencial de serviço público específico e divisível, prestado ao contribuinte ou posto à sua disposição denomina-se:
  • A. Imposto
  • B. Contribuição econômica
  • C. Contribuição de melhoria
  • D. Contribuição social
  • E. Taxa
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
O Orçamento Público funciona como um balizador da Economia. Se há elevados investimentos governamentais no Orçamento, provavelmente o número de empregos aumentará, assim como a renda agregada melhorará. E o inverso provoca desemprego, desaceleração da economia e decréscimo no produto interno bruto. O orçamento público tem funções. Assinale a alternativa que contém uma delas.
  • A. Função Aglomerativa
  • B. Função Sintética
  • C. Função Analítica
  • D. Função Alocativa
  • E. Função Estática
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Sobre Administração Financeira e Orçamentária é correto afirmar que:
  • A. a Lei Orçamentária Anual (LOA) é o elo entre o Plano Plurianual (PPA) e a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).
  • B. a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), segundo a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), deve dispor, entre outros fatores, sobre os critérios e formas de limitação de empenho.
  • C. a Lei Orçamentária Anual (LOA) deverá conter os Anexos de Metas e Riscos Fiscais.
  • D. o Orçamento Fiscal é composto pelas despesas com saúde, previdência social e assistência social vinculadas a entidades e órgãos da administração direta e indireta e a empresas públicas.
  • E. a abertura de créditos adicionais suplementares fere o princípio orçamentário da exclusividade.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Com base na administração financeira e orçamentaria governamental, assinale a alternativa que completa corretamente a lacuna. Entende-se por ________________ aquele que discrimina as despesas segundo sua natureza, dando ênfase aos fins (e não aos meios), de modo a demonstrar em que e para que o governo gastará, e também quem será responsável pela execução de seus programas. As grandes áreas de atuação são classificadas como funções, desdobradas em subfunções, programas, atividades, projetos e operações especiais, tudo de acordo com a classificação funcional e a estrutura programática estabelecida na legislação pertinente.
  • A. Plano Plurianual
  • B. Orçamento base zero
  • C. Custo corrente
  • D. Custo corrente
  • E. Orçamento-programa
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Desde o surgimento da prática orçamentária no setor público, muitas concepções e modelos surgiram influenciados pelas necessidades da própria Administração Pública. Considere os modelos orçamentários e as características apresentadas no quadro a seguir:

A associação correta entre os modelos orçamentários e as características é:

  • A. 2-3-4-5-1-3-2-1;
  • B. 2-4-2-5-4-1-5-3;
  • C. 3-1-4-5-2-5-2-3;
  • D. 4-3-1-4-5-2-5-2-3;
  • E. 3-1-4-5-2-5-2-3;
Clique em uma opção abaixo para responder a questão: