No texto, há palavra(s) empregada(s) em sentido figurado ...

No texto, há palavra(s) empregada(s) em sentido figurado na passagem:
  • A. De certa forma, porém, trata-se de uma ideia um tanto quanto antiga, encontrada em Platão, em Tomás de Aquino...
  • B. ... não precisamos criar estímulos excepcionais para que os filhos se desenvolvam...
  • C. ... bastando somente os elementos que um ambiente familiar normal já possui.
  • D. Sim, minha teoria se apoia em ideias centenárias. Gaudí dizia que ser original é voltar às origens.
  • E. ... quando não há espaços, tempos e silêncios que permitam saborear a lentidão da beleza da realidade.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Questões extras

Assinale a alternativa CORRETA quanto aos problemas atuais da administração de cargos e salários nas empresas brasileiras.

Resolva a questão aqui ›


Um casal procura atendimento para orientações quanto ao planejamento de gestação. Atualmente, estão utilizando preservativo masculino como método contraceptivo. A preocupação é com infecção pelo vírus Zika, pois, há cerca de 15 dias, o esposo apresentou febre, erupções cutâneas, conjuntivite e dores nos músculos e nas articulações. Houve resolução espontânea do quadro, porém foi aventada a hipótese de infecção pelo referido vírus.

Considerando esse caso clínico e os conhecimentos médicos correlatos, julgue os itens a seguir.

O teste por PCR deverá ser realizado a partir do sétimo dia do surgimento dos sintomas.

Resolva a questão aqui ›


Acerca do instituto da coisa julgada e da disciplina legal dos embargos do devedor e do pedido inicial, julgue os itens subsequentes.

Considere a seguinte situação hipotética. Pedro ajuizou ação, em face de João, objetivando a declaração de nulidade do negócio jurídico entre eles celebrado. A causa de pedir invocada é a preterição de solenidade que a lei considera essencial para a validade do ato. O pedido foi julgado improcedente e transitou em julgado. Meses depois, João ajuíza nova ação em face de Pedro objetivando a mesma declaração de nulidade. Dessa feita, alega que o objeto do negócio jurídico era impossível. Pedro argui, em contestação, a existência de coisa julgada material, decorrente da improcedência da primeira ação intentada. Nessa situação, o juiz deve rejeitar a alegação de coisa julgada, uma vez que a causa de pedir da primeira ação é substancialmente diversa da segunda ação proposta.

Resolva a questão aqui ›