Em suas origens, as respostas do Estado brasileiro ao pro...

Em suas origens, as respostas do Estado brasileiro ao problema da epidemia de AIDS foram marcadas:

  • A.

    Pela absorção de idéias e estratégias do Banco Mundial enquanto organismo financeiro para o controle dessa epidemia.

  • B.

    Pela contribuição exclusiva de técnicos comprometidos com a efetivação do Sistema Único de Saúde.

  • C.

    Pelas demandas e participação de movimentos sociais organizados em torno da AIDS, bem como a contribuição de profissionais comprometidos com a efetivação de um sistema de saúde que assegurasse o direito universal à saúde

  • D.

    Por médicos empenhados na identificação de determinações amplas da AIDS.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Questões extras

Atenção: As questões de números 44 a 49 referem-se ao caso abaixo.

Paciente com 15 anos de idade, sexo masculino, apresenta lesões de cárie nas superfícies distal e oclusal dos dentes 37 e 47.

Quando se observa que a cristalização do amálgama ocorre muito rapidamente, o procedimento para corrigir este problema é

Resolva a questão aqui ›


Segundo João Santucci, todo processo de planejamento tem por objetivo alterar uma dada realidade, ou seja, espera-se com a implementação do planejamento que ocorram mudanças políticas, pedagógicas e administrativas na realidade escolar. Apesar de parecer óbvia, essa afirmativa torna-se necessária, pois ainda está muito presente entre os agentes educacionais a visão de que o planejamento e, principalmente, o plano escolar não passam de mera formalidade legal.

Tendo como referência inicial as idéias constantes do texto acima, julgue os próximos itens.

No projeto pedagógico da escola, a dimensão pedagógica se sobrepõe às demais dimensões.

Resolva a questão aqui ›


Julgue os itens que se seguem, considerando a prática de direção defensiva.

Quando a suspensão está desalinhada ou sua estrutura está empenada, o volante do veículo fica pesado e puxa para um dos lados, em qualquer velocidade.

Resolva a questão aqui ›