Assinale a alternativa correta acerca da recuperação judi...

Assinale a alternativa correta acerca da recuperação judicial do devedor.

  • A.

    O devedor que há menos de cinco anos tenha obtido recuperação judicial está legalmente apto a pleitear nova falência, desde que nos termos da LRE, mediante aprovação da assembleia de credores, sob pena de inviabilizar a recuperação da empresa.

  • B.

    Não estão sujeitos à recuperação judicial, os créditos vincendos existentes na data do pedido de recuperação.

  • C.

    Para que o plano de recuperação seja homologado, basta que o devedor pleiteie a exposição da situação patrimonial da empresa e o plano de recuperação devidamente aprovado pela assembleia de credores.

  • D.

    Após a distribuição do pedido de homologação, os credores signatários poderão, no prazo de 30 dias, desistir da adesão ao plano, independentemente da anuência expressa dos demais signatários.

  • E.

    A falta de inscrição no registro competente; falta de registro há mais de dois anos; falência sem extinção das obrigações; recuperação judicial anterior há menos de cinco anos e condenação por crimes previstos na LRE, impedem a recuperação judicial do devedor.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Questões extras

A fim de fortalecer a formação músico-educacional dos professores que atuarão na Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental, a Resolução CNE/CEB nº 2/2016 – Diretrizes Nacionais para a operacionalização do ensino de Música na Educação Básica – orienta

Resolva a questão aqui ›


A tarefa do cientista social, para Max Weber, é descobrir as conexões possíveis de sentido em relação ao aspecto da realidade social que lhe interessa investigar. É o indivíduo que, por meio dos valores sociais e de sua motivação, produz o sentido da ação social. Isso não significa que cada sujeito possa prever todas as conseqüências de determinada ação. Portanto o objeto de estudo da sociologia weberiana é a ação social. Assim, Weber estabelece quatro tipos de ação social:

Resolva a questão aqui ›


De acordo com o Decreto-lei nº 201, de 27 de fevereiro de 1967, a Câmara de Vereadores poderá cassar o mandato de Vereador quando:

I. Utilizar-se do mandato para a prática de atos de corrupção ou de improbidade administrativa.

II. Fixar residência fora do Município.

III. Ocorrer falecimento, renúncia por escrito, cassação dos direitos políticos ou condenação por crime funcional ou eleitoral.

IV. Proceder de modo incompatível com a dignidade, da Câmara ou faltar com o decoro na sua conduta pública.

NÃO complementa corretamente o enunciado a(s) afirmativa(s)

Resolva a questão aqui ›