Questões de Contabilidade Privada de Custos de Transação e Prêmios na Emissão de Títulos e VM

 /   /   /  Custos de Transação e Prêmios na Emissão de Títulos e VM

Pesquise mais Questões de Contabilidade Privada de Custos de Transação e Prêmios na Emissão de Títulos e VM abaixo,

CESPE - TCE - ES - Ciências Contábeis - 2013
Contabilidade Privada / Custos de Transação e Prêmios na Emissão de Títulos e VM

Em 1.º/1/2010, uma empresa construtora iniciou um projeto avaliado em dez milhões de reais. Os recursos necessários foram captados na mesma data por meio de emissão de ações preferenciais - R$ 4 milhões - e de debêntures - R$ 6 milhões. Os custos associados à emissão das ações foram de R$ 300 mil e os custos para lançamento das debêntures foram de R$ 200 mil.
Estima-se em 10% ao ano o custo de oportunidade dos acionistas preferenciais, ao passo que os novos debenturistas têm direito apenas de resgatar os papéis em 31/12/2013 - mesma data prevista para a conclusão do projeto -, que serão remunerados à taxa de juros anual de 7%.

Considerando que a construção levará um período substancial de tempo para ser concluída e que, por isso, enquadra-se como ativo qualificado de acordo com os padrões do CPC, o valor dos custos de empréstimos que serão capitalizados durante o ano de 2013 será igual a

a) R$ 1.020 mil.
b) R$ 420 mil.
c) R$ 470 mil.
d) R$ 620 mil.
e) R$ 820 mil.

CFC - CFC - CNAI - Qualificação Técnica Geral - 2013
Contabilidade Privada / Custos de Transação e Prêmios na Emissão de Títulos e VM

As sociedades por ações podem, de acordo com a Lei n.º 6404/76, adquirir ações de sua própria emissão, registrando-as em Ações em Tesouraria. A NBC TG 08/10 trata do reconhecimento dos custos de transação e resultado na venda dessas ações. Com relação a esse assunto, assinale a opção INCORRETA.

a) Os custos de transação na aquisição de ações de emissão própria e o resultado na venda de ações mantidas anteriormente em Tesouraria devem ser reconhecidos no resultado do exercício pelo regime de competência.
b) A aquisição de ações de emissão própria e sua alienação são transações de capital da entidade com seus sócios.
c) Os custos de transação incorridos na aquisição de ações de emissão da própria entidade devem ser tratados como acréscimo do custo de aquisição de tais ações.
d) Os custos de transação incorridos na aquisição de ações em Tesouraria devem ser tratados como redução do lucro ou acréscimo do prejuízo dessa transação, resultados esses contabilizados diretamente no patrimônio líquido, na conta que houver sido utilizada como suporte a aquisição de tais ações, sem afetar o resultado do exercício.

FCC - TRE-CE - Analista Judiciario - Contabilidade - 2012
Contabilidade Privada / Custos de Transação e Prêmios na Emissão de Títulos e VM

A Empresa Aviamento S.A possui em seus passivos fornecedores que financiaram Bens de Capital à empresa em quatro anos. A empresa produz máquinas de costura e para viabilizar seus clientes tem como política de vendas, oferecer a seus clientes prazos de 360, 720 e 900 dias, com juros pré-fixados de 30% a.a.. Há em sua carteira de clientes operações com todos os prazos, dessa forma pode-se afirmar que de acordo com as leis e normas contábeis vigentes, que

a) as transações de curto prazo podem ser ajustadas se o ajuste a valor presente for relevante e as de longo prazo devem ser ajustados obrigatoriamente.
b) é opcional o reconhecimento do ajuste a valor presente, uma vez que as operações são de longo prazo afetando os resultados durante um longo tempo.
c) somente as operações com prazo de 360 dias devem ser ajustadas a valor presente, uma vez que geram maior volume de juros nas operações.
d) todas as operações devem obrigatoriamente ser ajustadas por conterem juros embutidos, independente da relevância do ajuste.
e) não há necessidade de efetuar o ajuste a valor presente, uma vez que os juros já foram reconhecidos e estão embutidos nas vendas efetuadas e nos financiamentos.

FCC - MPE - AP - Analista Ministerial - Ciências Contábeis - 2012
Contabilidade Privada / Custos de Transação e Prêmios na Emissão de Títulos e VM

Os custos de capitação de recursos (aumento de capital com emissão de ações) efetivamente realizada, como gastos com advogados, contratação de agente financeiro e outros, realizados para a captação de recursos por meio de emissão de títulos e valores mobiliários devem ser registrados na conta

a) de despesa do exercício em que ocorrer a capitalização.
b) redutora do capital social no patrimônio líquido.
c) de reserva de capital no patrimônio líquido.
d) redutora de investimento para o qual o recurso for capitado.
e) de despesa do ano em que o gasto for realizado.

COPS - UEL - SEAP - PR - Auditor Fiscal - Prova 2 - 2012
Contabilidade Privada / Custos de Transação e Prêmios na Emissão de Títulos e VM

Para contabilizar a aquisição de ações de emissão própria (ações em tesouraria ), os custos de transação incorridos na alienação de ações em tesouraria devem ser tratados como

a) acréscimo da conta ações em tesouraria do grupo de disponível pela transação e redução da conta caixa pelo pagamento das mencionadas ações, não afetando o resultado do grupo disponível.
b) acréscimo do capital social, valor esse contabilizado diretamente no patrimônio líquido, na conta que houver sido utilizada como suporte à transação da aquisição de tais ações, não afetando o resultado da entidade.
c) redução da conta caixa por pagamento da aquisição e consequente aumento da conta capital social, em razão da transação de aquisição de ações de emissão própria.
d) redução do capital social, valor esse contabilizado diretamente no patrimônio líquido, na conta que houver sido utilizada como suporte à transação da aquisição de tais ações, não afetando o resultado da entidade.
e) redução do lucro ou acréscimo do prejuízo dessa transação, resultados esses contabilizados diretamente no patrimônio líquido, na conta utilizada como suporte à aquisição de tais ações, não afetando o resultado da entidade.

COPS - UEL - SEAP - PR - Auditor Fiscal - Prova 2 - 2012
Contabilidade Privada / Custos de Transação e Prêmios na Emissão de Títulos e VM

A receita e as despesas relacionadas à mesma transação são reconhecidas simultaneamente. Esse processo está vinculado ao princípio da confrontação das despesas com as receitas ( regime de competência ). Porém, quando as despesas não podem ser mensuradas confiavelmente, a receita fica impossibilitada de ser reconhecida. Em tais circunstâncias, quaisquer valores já recebidos pela venda dos bens serão reconhecidos como

a) um ativo.
b) um custo.
c) um passivo.
d) uma perda.
e) uma receita.

FCC - TST - Analista Judiciário - Contabilidade - 2012
Contabilidade Privada / Custos de Transação e Prêmios na Emissão de Títulos e VM

Em 30/06/2012, determinada empresa incorreu em gastos com:
I. a aquisição de 30% das ações ordinárias da Cia. A, com o objetivo de assegurar fornecimento de matéria-prima.
II. o desenvolvimento de novos produtos, cujos benefícios econômicos futuros ainda não podiam ser demonstrados.
III. a contratação de uma apólice de seguro contra incêndio da fábrica ( com pagamento à vista ), cuja vigência é de 12 meses.
IV. os custos de transação, incorridos e pagos, referentes à captação de um empréstimo de longo prazo.

Com base nas informações apresentadas, os gastos incorridos nas operações I, II, III e IV foram reconhecidos, respectivamente, em 30/06/2012, como

a) Investimentos, Intangíveis, Despesas Pagas Antecipadamente e Encargos a Apropriar.
b) Aplicação Financeira, Intangíveis, Despesas Pagas Antecipadamente e Despesas Financeiras.
c) Aplicação Financeira, Despesas Operacionais, Despesas de Seguro e Despesas Financeiras.
d) Investimentos, Despesas Operacionais, Despesas de Seguro e Despesas Financeiras.
e) Investimentos, Despesas Operacionais, Despesas Pagas Antecipadamente e Encargos a Apropriar.

FEPESE - SEF - SC - Tributação e Fiscalização - 2010
Contabilidade Privada / Custos de Transação e Prêmios na Emissão de Títulos e VM

Quanto ao CPC-08 Custos de Transação e Prêmios na Emissão de Títulos e Valores Mobiliários, a entidade deve divulgar as seguintes informações, para cada natureza de captação de recursos ( títulos patrimoniais ou de dívida ):

a) a identificação de cada processo de captação de recursos, agrupando-os conforme sua natureza; o montante dos custos de transação incorridos em cada processo de captação; o montante de quaisquer prêmios obtidos no processo de captação de recursos, por inter­médio da emissão de títulos de dívida ou de valores mobiliários; a taxa de juros efetiva (tir) de cada operação; o montante dos custos de transação e prêmios (se for o caso) a serem apropriados ao resultado em cada período subsequente.
b) o montante dos custos de transação incorri­dos em cada processo de captação; o mon­tante de quaisquer prêmios obtidos no pro­cesso de captação de recursos, por intermédio da emissão de títulos de dívida ou de valores mobiliários; a taxa de juros nominal (tir) de cada operação; o montante dos custos de transação e prêmios a serem apropriados ao patrimônio líquido; os valores das emissões e os ganhos.
c) o montante dos custos de transação incorridos em cada processo de captação; a taxa de juros composto de cada operação; o montante dos custos de transação e prêmios (se for o caso) a serem apropriados ao patrimônio líquido.
d) o montante de quaisquer prêmios obtidos no processo de captação de recursos por inter­médio da emissão de títulos de dívida ou de valores mobiliários; a taxa de juros nominal de cada operação; e o montante dos custos de transação.
e) Os custos de transação; os juros compostos das operações; e o retorno sobre o investi­mento provável.

FCC - TCE - RO - Auditor Substituto de Conselheiro - 2010
Contabilidade Privada / Custos de Transação e Prêmios na Emissão de Títulos e VM

De acordo com o CPC 08 - Custos de Transação e Prêmios na Emissão de Títulos e Valores Mobiliários, os custos de transação na emissão de debêntures devem ser apropriados ao resultado em função da fluência do prazo, o que ilustra a aplicação do princípio

a) da competência.
b) do registro pelo valor original.
c) da entidade.
d) da oportunidade.
e) da prudência.



Seja aprovado em 1 ano Conheça o método para ser aprovado em Concurso Público

Estude Grátis é uma simples e poderosa ferramenta que lhe ajudará a passar nos melhores Concursos Públicos. São milhares de Questões de Concurso para você filtrar e estudar somente aqueles temas que estão especificados em seu Edital.