Questões sobre Intensiva da IADES

Assinale a alternativa que apresenta os critérios definidos, revisados recentemente, para o diagnóstico de síndrome hepatorrenal em pacientes com cirrose
  • A. Cirr ose sem ascite.
  • B. Presença de choque.
  • C. Creatinina sérica maior que 1,5 mg/dl.
  • D. Uso recente de droga nefrotóxica.
  • E. Presença de doença renal parenquimatosa, indicada por proteinúria > 500 mg/dia ou micro-hematúria (>50 hemácias/campo) ou ultrassonografia anormal.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Durante a ressuscitação de um paciente em choque hemorrágico grave, observa-se que a politransfusão é uma situação clínica frequente. Acerca das complicações relacionadas à politransfusão, assinale a alternativa correta.
  • A. O objetivo terapêutico deve ser focado em minimizar sua intensidade com o controle rápido do macrossangramento, com o combate à coagulopatia, hipotermia e acidose e com o resgate da descompensação metabólica.
  • B. Os efeitos imunológicos variam de hipotermia grave a hemólise aguda.
  • C. A lesão pulmonar aguda conhecida como TRALI não está relacionada à transfusão.
  • D. Os efeitos metabólicos são os mais tardios da politransfusão e incluem hipertermia, alcalose, hipocalemia, intoxicação por citrato e coagulopatia.
  • E. Inicialmente, na evolução clínica do paciente politransfundido, apresenta-se um estado de hipercoagulação e posteriormente passam para aumento do sangramento.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
São fatores de risco para colonização e (ou) infecção por organismos produtores de betalactamases de espectro expandido (ESBL) o (a)
  • A. m en or tempo de hospitalização e o menor tempo de estada na UTI.
  • B. presença de cateteres venosos ou arteriais e o uso de cateter urinário.
  • C. ausência de administração prévia de antibióticos.
  • D. cirurgia abdominal eletiva.
  • E. recém-nascido com peso adequado.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
O propósito da monitorização hemodinâmica à beira do leito é ajudar no estabelecimento de um diagnóstico, guiar e otimizar a terapia e promover informação diagnóstica. A respeito das principais síndromes hemodinâmicas relacionadas a seguir, assinale a alternativa correta.
  • A. Na insuficiência cardíaca esquerda, encontram-se a pressão arterial normal ou baixa, a pressão da artéria pulmonar baixa, pressão da artéria pulmonar ocluída baixa, o débito cardíaco reduzido e a resistência vascular sistêmica alta.
  • B. Na hipovolemia, encontram-se a pressão arterial normal ou baixa, a pressão da artéria pulmonar alta, a pressão da artéria pulmonar ocluída alta, o débito cardíaco reduzido e a resistência vascular sistêmica alta.
  • C. Na embolia pulmonar, encontram-se a pressão arterial alta, a pressão da artéria pulmonar baixa, a pressão da artéria pulmonar ocluída baixa, o débito cardíaco reduzido e a resistência vascular sistêmica alta.
  • D. Na sepse, encontram-se a pressão arterial normal ou baixa, a pressão da artéria pulmonar normal ou alta, a pressão da artéria pulmonar ocluída normal, o débito cardíaco aumentado e a resistência vascular sistêmica baixa.
  • E. Na hipervolemia, encontram-se a pressão arterial baixa, a pressão da artéria pulmonar alta, a pressão da artéria pulmonar ocluída normal, o débito cardíaco aumentado e a resistência vascular sistêmica alta.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Acerca da avaliação de pacientes com endocardite bacteriana, é correto afirmar que
  • A. os achados clínicos mais frequentes são artralgia e mialgias, no diagnóstico.
  • B. as alterações mais comuns são leucopenia e plaquetopenia, na avaliação laboratorial.
  • C. os pacientes usuários de drogas têm maior probabilidade de apresentar Endocardite por Staphylococcus aureus, também é possível a endocardite fúngica que apresenta pior evolução.
  • D. a endocardite bacteriana de prótese precoce, definida com até um ano após a cirurgia, tem como etiologia mais provável o bacilo gram-negativo.
  • E. existe alta prevalência de estafilococos e bacilos gram-negativos, na endocardite nosocomial que está associada a pacientes institucionalizados submetidos a procedimentos invasivos, com prognóstico muito bom.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Durante a avaliação do paciente com suspeita de infarto do ventrículo direito, o diagnóstico é feito pelos seguintes achados:
  • A. os achados clínicos encontrados são hipertensão, débito cardíaco diminuído sem causa aparente ou hipertensão acentuada em resposta a pequenas doses de nitroglicerina em pacientes com infarto inferior.
  • B. o achado eletrocardiográfico mais representativo é o infra ST V4r, V5r e (ou) V6r.
  • C. ao exame físico, o paciente apresenta o sinal de Kussmaul, que mostra diminuição na pressão jugular com a inspiração.
  • D. o paciente apresenta pulso paradoxal, com aumento na pressão sistólica > 10 mmHg com a inspiração.
  • E. observa-se que em geral o infarto do ventrículo direito ocorre associado ao IAM de parede inferior do ventrículo esquerdo, mas, raramente, pode ocorrer de forma isolada.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
A partir de 2012, a síndrome da angústia respiratória aguda (SARA) passou a ser classificada (definição de Berlim) como SARA leve, moderada e grave. De acordo com as Diretrizes de Ventilação Mecânica de 2013, assinale a alternativa correta.
  • A. Em todas as classificações, o tempo de in¨ªcio ¨¦ tardio, em semanas, ap¨®s exposição a fator de risco ou aparecimento ou piora de sintomas respirat¨®rios.
  • B. Na SARA moderada, a hipoxemia (PaO2/FIO2) est¨¢ entre 201 a 300 com PEEP/CPAP ¡Ý 5.
  • C. Na SARA grave, a hipoxemia (PaO2/FIO2) est¨¢ entre 101 a 200 com PEEP ¡Ý 5.
  • D. Na SARA leve, a hipoxemia (PaO2/FIO2) ¨¦ ¡Ü 100 com PEEP ¡Ý5.
  • E. As anormalidades radiol¨®gicas encontradas são opacidades bilaterais que não são explicadas por n¨®dulos, derrames, massas ou colapsos lobares/pulmonares.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
De acordo com as Diretrizes de Ventilação Mecânica de 2013, os pacientes considerados em risco de falha de extubação que poderão se beneficiar do uso de ventilação não invasiva (VNI), imediatamente após extubação (uso profilático), são pacientes
  • A. sem obstrução de vias aéreas e sem relato de fracasso no teste de respiração espontânea.
  • B. com tempo de ventilação mecânica menor que 72 horas.
  • C. avaliados por um APACHE menor que 12 no dia da extubação.
  • D. com insuficiência cardíaca congestiva, tosse ineficaz ou secreção retida em vias aéreas ou em idade maior que 65 anos.
  • E. com índice de massa corpórea 25, sem história clínica de doenças neuromusculares.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
A sedação e a analgesia são necessárias na maioria dos pacientes críticos, na prática diária de terapia intensiva. Acerca desse assunto, é correto afirmar que, nos pacientes com asma,
  • A. a sedação é necessária na maioria dos pacientes com uso de ventilação mecânica com o objetivo de instituir a hipercapnia permissiva, diminuir a assincronia com o ventilador e minimizar a produção de CO2 decorrente do aumento do trabalho respiratório.
  • B. os benzodiazepínicos não podem ser usados, deve ser dada preferência ao uso do propofol que, além dos efeitos sedativos, também age como broncodilatador.
  • C. o propofol permite rápida reversão da sedação, porém deve-se ter cuidado com seu efeito hipertensor.
  • D. a quetamina é um sedativo que não apresenta efeito broncodilatador e não pode ser usada em pacientes asmáticos graves.
  • E. o uso de morfina é preferível sobre o fentanil, visto que ela é associada à liberação de histamina e ao risco de indução de broncoespasmo e hipotensão.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão: