Questões sobre São Paulo - SP

De acordo com a Constituição Estadual de 1891, já sob o regime republicano, o poder legislativo paulista passou a ser exercido
  • A. pela Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, nome que se manteve até hoje.
  • B. pela Assembleia Constituinte Estadual, cujo mandato deveria durar no máximo três meses.
  • C. pela Câmara Legislativa, subdividida em distritos correspondentes às diversas regiões do Estado.
  • D. pelo Conselho de Magistrados, encarregados de promover a transição para o novo sistema de governo.
  • E. pelo Congresso, composto de duas Câmaras: a dos Deputados e a dos Senadores.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
A Divisão de Acervo Histórico da Assembleia Legislativa de São Paulo publica, desde 2000, a série “Parlamentares Paulistas”. Até agora foram editados três volumes, dedicados à atuação dos deputados
  • A. José Antônio Pimenta Bueno, João Teodoro Xavier de Matos e Jânio da Silva Quadros.
  • B. Eugênio Egas, Caio Prado Júnior e Prudente de Morais.
  • C. Martim Francisco Ribeiro de Andrada, Francisco Rangel Pestana e Mário Schenberg.
  • D. Carlos Carneiro de Campos, Américo Brasiliense de Almeida Melo e Jorge Tibiriçá.
  • E. Rafael Tobias de Aguiar, Manuel Ferraz de Campos Sales e Fernando Prestes de Albuquerque.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

O discurso com que José Carlos Pereira de Almeida Torres, presidente da Província, abriu os trabalhos da Assembleia Legislativa de São Paulo, em 7 de janeiro de 1843, registra:

Todos sabemos, Senhores (com indisivel magoa tenho de tocar em materia tão melancolica), todos sabemos que pela primeira vez o grito da rebellião se fez ouvir na Provincia de S. Paulo, e que sob os mais frivolos pretextos pegou-se em armas contra o Governo de S. M. O Imperador! No dia 17 de Maio de 1842 na Cidade de Sorocaba, e nos seguintes na Cidade de Ytú, e em algumas Villas circumvisinhas ao Sul d’esta Provincia, teve lugar o acto revolucionario.

O episódio ficou conhecido como

  • A. Bernarda de Francisco Inácio.
  • B. Revolução Liberal.
  • C. Levante de Bento Xavier.
  • D. Suplício do Chaguinhas.
  • E. Anselmada.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Na periodização adotada por Ernani Silva Bruno em História e tradições da cidade de São Paulo (1954), o lapso temporal que vai de 1828 a 1872 transforma a capital paulista em
  • A. seara de cafeicultores.
  • B. polo capitalista.
  • C. terra de imigrantes.
  • D. burgo de estudantes.
  • E. templo comercial.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
A identidade regional paulista é fenômeno multifacetado, cujas raízes, segundo alguns pesquisadores, já podem ser encontradas na Nobiliarquia paulistana, de Pedro Taques. Continuamente alimentada e adaptada a novos contextos sociais e políticos, foi associada, no início dos anos 1930, ao
  • A. autoritarismo.
  • B. nacionalismo.
  • C. separatismo.
  • D. bucolismo.
  • E. eurocentrismo.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão: