Questões sobre Espírito Santo - ES

Entre as atividades exercidas por jesuítas e franciscanos no Espírito Santo, durante o período colonial, destaca-se
  • A. a organização e financiamento de entradas e bandeiras para avançar a colonização ao interior, território então dominado por índios hostis à instalação de povoados.
  • B. a regulamentação da capitania junto a Coroa Portuguesa, que recebe esse nome em razão do protagonismo da Igreja na região.
  • C. a ação pacificadora de tribos selvagens, catequizadas sem resistência por religiosos opositores à Guerra Justa, como José de Anchieta, recentemente canonizado.
  • D. o pioneirismo na execução de atividades mineradoras, por meio da ocupação das margens do Rio Doce em parceria com bandeirantes vindos de Minas Gerais.
  • E. a atividade agrícola e pecuária, desempenhada com mão de obra indígena, e a participação na fundação de aldeamentos, vilas e arraiais.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Os principais fortes existentes no litoral do Espírito S anto, erguidos durante o período colonial, testemunham
  • A. o alvo constante que essa faixa territorial representava pela proximidade com o Rio de Janeiro, primeira capital da colônia e palco de disputas sangrentas entre índios aliados a franceses e a portugueses, da qual é exemplo a Confederação dos Tamoios.
  • B. a ampla cobiça gerada pela descoberta de ouro no Rio Doce por Antonio Rodrigues Arzão, fato que atraiu milhares de aventureiros já estabelecidos na colônia ou vindos de Portugal, que desembarcaram no Espírito Santo sem autorização oficial.
  • C. o propósito de assegurar à população branca locais seguros para se refugiar de ataques indígenas, uma vez que os botocudos, antropófagos, se alimentavam de colonos apreendidos quando escasseavam outras fontes.
  • D. as constantes ameaças de invasão desse território e de outras extensões litorâneas por exploradores e corsários estrangeiros, exemplificadas pelas investidas de ingleses, como Thomas Cavendish, e holandeses, como Koin Handerson.
  • E. a necessidade de ostentação de sua capacidade bélica por parte da Coroa Portuguesa, que precisava demonstrar seu poderio na região, ainda que o Espírito Santo não oferecesse riquezas que pudessem despertar quaisquer anseios de ocupação.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
A fundação da Vila do Espírito Santo foi permeada por conflitos envolvendo
  • A. canavieiros da região da Bahia que pretendiam expandir seus domínios, de um lado, e os tupinambás aliados a Diogo Alvares Correia, o Caramuru, que intermediou o contato entre índios e portugueses no Espírito Santo, de outro.
  • B. os aldeamentos existentes, que estavam sob a proteção do jesuíta José de Anchieta, de um lado, e as tropas de Mem de Sá vindas da capitania da Bahia, a qual Espírito Santo estava subordinado, de outro.
  • C. os colonos capixabas que se rebelaram à política de distribuição de sesmarias, de um lado, e os degredados que haviam sido parte da tripulação de Duarte de Lemos e exigiam terras, de outro.
  • D. a ofensiva dos tamoios, após vitórias na atual região do Rio de Janeiro, de um lado, e a resistência portuguesa dos senhores de engenho estabelecidos há alguns anos na região de Vila Velha, de outro.
  • E. a combativa presença indígena na região, composta em parte por aimorés, de um lado, e os esforços portugueses em defesa do assentamento criado por Vasco Fernandes Coutinho, donatário da Capitania do Espírito Santo, de outro.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Considerando as informações do texto acima e a História Contemporânea mundial e brasileira, julgue os itens de 104 a 114.

A projeção do Espírito Santo no cenário econômico e político nacional, já nas primeiras décadas republicanas, deveu-se às correntes migratórias que, vindas do Oriente e da Europa Oriental, colonizaram boa parte do território estadual.

  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Acerca dos aspectos humanos, físicos e econômicos que fazem parte da geografia do estado do Espírito Santo, julgue os itens de 36 a 45.

Os povos indígenas que residiam na região interagiam bem com os portugueses, por isso, Vasco Fernandes Coutinho resolveu fundar outra vila, desta vez em uma ilha, de relevo irregular, a fim de promover a miscigenação.

  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Os primeiros colonizadores portugueses chegaram ao litoral do atual estado do Espírito Santo em 1635. O início do povoamento ocorreu em Vila Velha. Vitória foi fundada a seguir, após combates entre portugueses e indígenas da região. A presença de religiosos europeus, como jesuítas e franciscanos, foi marcante na colonização desse território.

 O povoamento do Espírito Santo ocorreu de forma gradual, no litoral sul. Por mais de três séculos, a cana-de-açúcar comandou a economia local, substituída pelo café em meados do século XIX, com o Brasil já independente. A atração exercida pelo café, especialmente junto a fluminenses e mineiros, possibilitou a ocupação do interior, do sul para o norte.

A partir dessas informações e considerando também aspectos marcantes da história do Espírito Santo, julgue os itens que se seguem.

Diferentemente de outras áreas do Brasil colonial, no Espírito Santo, não há monumento histórico de cunho religioso, como igrejas e conventos.

  • C. Certo
  • E. Errado
Clique em uma opção abaixo para responder a questão: