Um Técnico de Tecnologia da Informação (TI) foi solicitad...

Um Técnico de Tecnologia da Informação (TI) foi solicitado a fornecer explicações sobre as diferenças entre as portas USB e firewire. Ele afirmou corretamente que as portas
  • A. USB 1.1 alcançavam velocidades de 1 até 10 Mbps e mesmo na época em que foram lançadas, traziam velocidades bem superiores em relação a outros dispositivos como portas firewire e barramento SCSI.
  • B. USB 2.0 utilizam um conector de 9 pinos em vez dos 4 pinos utilizados na versão 1.1, o que proporciona um melhor controle no fluxo de dados e no gerenciamento de energia.
  • C. firewire, além da sua alta velocidade, têm mais benefícios quanto ao seu modo de funcionamento. Enquanto uma conexão USB funciona em regime peer-to-peer, em que o computador rege o periférico conectado, o firewire trabalha em modo master/slave.
  • D. firewire são mais adequadas para câmeras fotográficas digitais, MP3 players, impressoras e todos os outros periféricos mais simples, que não exigem grande velocidade de transferência, e as portas USB 2.0 são uma melhor opção para câmeras de vídeo digital, DVD players e HDs externos, em que os dados transmitidos exigem maior velocidade.
  • E. USB 3.0 são compatíveis com a versão 2.0, que trabalha com 480 Mbps, mas trazem um canal full duplex de alta velocidade que transfere dados a até 5 Gbps. A versão 3.1, no entanto, pode alcançar velocidade de até 10 Gbps.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Questões extras

Julgue os itens subseqüentes, acerca de recursos no processo civil.

Quando o relator, no tribunal, monocraticamente, atribuir efeito suspensivo ao agravo de instrumento, caberá agravo ao órgão colegiado competente para conhecer do recurso.

Resolva a questão aqui ›