O cubo de uma estrutura OLAP (Online Analytical Processin...

O cubo de uma estrutura OLAP (Online Analytical Processing) armazena diversas informações, permitindo várias combinações entre elas. Esse tipo de organização da informação permite ao usuário uma flexibilidade em observar os dados a partir de diferentes perspectivas e em diferentes níveis de detalhe, resultando na extração de várias formas de visões sobre o mesmo tema. Os dados são organizados em múltiplas dimensões e cada uma contém múltiplos níveis de abstração. Esses níveis são, ainda, definidos pelo conceito de hierarquia. As ferramentas OLAP podem ser implementadas de diversas formas, como em um Data Warehouse implementado com banco de dados relacional ou um banco de dados multidimensional especializado em Sistema de Informações Geográficas. Nessas abordagens nos referimos às arquiteturas:
  • A. HOLAP e DOLAP.
  • B. MOLAP e SOLAP.
  • C. HOLAP e WOLAP.
  • D. DOLAP e WOLAP.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Questões extras

Acerca das disposições relativas à contribuição social sobre o lucro líquido (CSLL), julgue os itens a seguir. É possível que uma empresa seja devedora da CSLL mesmo apurando prejuízo contábil e, igualmente, com a ocorrência de prejuízo fiscal para efeito do imposto de renda.

Resolva a questão aqui ›


Acerca do regime jurídico dos servidores públicos civis da União, julgue os itens a seguir.

Aplica-se suspensão em caso de reincidência de falta punida com advertência e de violação de proibição que não tipifique infração sujeita à penalidade de demissão, não podendo a suspensão exceder a noventa dias.

Resolva a questão aqui ›


Sobre recente alteração efetuada na legislação sobre tributação de lucros auferidos no exterior por empresas controladas por pessoa jurídica investidora domiciliada no Brasil, julgue as alternativas abaixo, para então assinalar a opção correta.

I. Os lucros auferidos por intermédio de controladas no exterior são tributados pelo regime de competência.

II. Permite-se a utilização de prejuízo da mesma empresa no exterior para compensar lucros nos exercícios subsequentes, limitados a cinco anos.

III. Permite-se crédito sobre tributos retidos no exterior sobre dividendos recebidos pela investidora no Brasil.

IV. Permite-se a consolidação de lucros com prejuízos no exterior, por um período experimental de quatro anos, desde que a investida esteja localizada em país que mantenha acordo para troca de informações tributárias e não seja paraíso fiscal.

Resolva a questão aqui ›