A vidraria de laboratório deve ser perfeitamente limpa e

A vidraria de laboratório deve ser perfeitamente limpa e livre de substâncias estranhas, afim de não afetar os resultados de análises e preparações de soluções. No que se refere a lavagem e limpeza de vidraria, assinale a alternativa correta:
  • A. A vidraria de laboratório, após ter sido lavada com água e detergente, deve ser enxaguada apenas com água corrente
  • B. Para lavagem completa, o procedimento é colocar a vidraria de molho em água corrente
  • C. Ao lavar um recipiente pode-se usar sabão, detergente ou pó de limpeza e enxaguá-lo apenas com água corrente para retirar o excesso do produto
  • D. Durante o processo de limpeza, marcações com caneta, resíduos químicos, resíduos biológicos, sujidades, devem ser removidos da vidraria
  • E. O uso de detergentes na limpeza da vidraria é fundamental para desinfetar e esterilizar os materiais de vidro
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Questões extras

O diabetes mellitus é um grave problema de saúde pública mundial. A sociedade brasileira de diabetes (SBD) preconiza metas para o controle glicêmico de pacientes diabéticos. Em relação ao assunto, assinale a alternativa correta.

Resolva a questão aqui ›


Um paciente de 55 anos de idade deu entrada no pronto-socorro com queixa de hematêmese em grande volume há duas horas, associado a mal-estar e fraqueza. Negou episódios prévios de hematêmese, melena, doença dispéptica ou uso recente de anti-inflamatórios. Apresenta antecedentes de seguimento ambulatorial por doença hepática crônica, em uso de diuréticos. Relata ser ex-etilista por mais de 20 anos, quando consumia cerca de 1 litro de destilado por dia. Realizou transfusão de sangue na infância, secundária a cirurgia de urgência por trauma. Negou uso de drogas ilícitas ou histórico de hepatopatia na família. Ao exame físico, PA = 90 mmHg x 60 mmHg, FC = 120 bpm, FR =16 irpm, Sat O 2 = 98%, REG, descorado 3+/4+, ictérico 2+/4+, acianótico, AR e ACV sem alterações, abdome globoso, RHA presente e normoativos, fígado não palpável, Traube ocupado, piparote negativo, presença de macicez móvel. Sem edemas de MMII. Sem flapping. Exames laboratoriais: Hb = 8; HTO = 20; leucócitos = 3.500; plaquetas = 80.000; albumina = 3,0; TAP = 45%; INR = 1,2; BT = 5; BD = 3,5; TGO = 70; TGP = 50; FA = 80; GGT = 250.

Considerando o caso clínico descrito e os conhecimentos médicos correlatos, julgue os itens a seguir.

O diagnóstico desse paciente seria cirrose hepática descompensada por hemorragia digestiva, ascite e icterícia.

Resolva a questão aqui ›