Questões de Medicina de Epidemiologia

 /   /   /  Epidemiologia

Pesquise mais Questões de Medicina de Epidemiologia abaixo,

FCC - ALE - PE - Consultoria Legislativa - Administração e Política - 2014
Medicina / Epidemiologia

O êxito na operacionalização do Sistema de Vigilância Epidemiológica está associado a

I. intervenções focadas nos indivíduos (doente, comunicante, suscetível), na fonte de comunicação e nos determinantes da doença.
II. utilização das informações produzidas para subsidiar o planejamento de intervenções, desenvolvidas de forma integrada.
III. rotatividade da equipe de trabalho para promover a qualificação contínua e diversificada dos trabalhadores.
IV. fluxo adequado de informações epidemiológicas e devolução dos dados gerados aos informantes.

Está correto o que se afirma APENAS em

a) I, II e III.
b) II e III.
c) II, III e IV.
d) I, II e IV.
e) III e IV.

FCC - ALE - PE - Consultoria Legislativa - Administração e Política - 2014
Medicina / Epidemiologia

Uma das aplicações da epidemiologia nos serviços de saúde é a vigilância epidemiológica, definida como um conjunto de ações que proporciona o conhecimento, a detecção ou a prevenção de qualquer mudança nos fatores determinantes e condicionantes da saúde individual ou coletiva, com vistas a recomendar e adotar as medidas de prevenção e controle de doenças e agravos. Assim sendo, considera-se que

a) a partir de um caso suspeito de uma determinada doença/agravo, constante da Lista de Notificação Compulsória Imediata - LNCI, as ações de vigilância epidemiológica devem ser iniciadas apenas após a confirmação do caso.
b) a notificação compulsória aplica-se somente às doenças transmissíveis e crônicas degenerativas.
c) a divulgação da notificação, em quaisquer circunstâncias, é proibida fora do âmbito sanitário.
d) apenas os profissionais da área da saúde de serviços públicos podem realizar a notificação de doenças.
e) a notificação compulsória de doenças é uma das principais fontes de dados para a vigilância epidemiológica.

FCC - ALE - PE - Consultoria Legislativa - Administração e Política - 2014
Medicina / Epidemiologia

O risco de infecção pelo vírus da hepatite B em profissionais de saúde é de duas a dez vezes maior que na população geral. Em relação a essa doença, considere:

I. O uso das precauções padrão é indicado para a prevenção da transmissão ocupacional.
II. A transmissão ocorre pela via oral-fecal, exposição ao sangue ou por contatos sexuais com pessoas infectadas.
III. O profissional da saúde deve ser revacinado contra a hepatite B a cada dois anos.
IV. O vírus da hepatite B constitui um fator etiológico importante ao desenvolvimento do câncer de fígado.

Está correto o que se afirma APENAS em

a) I e II.
b) I e IV.
c) I, II e III.
d) I, III e IV.
e) II e IV.

FCC - ALE - PE - Consultoria Legislativa - Administração e Política - 2014
Medicina / Epidemiologia

A situação epidemiológica da dengue no Brasil é preocupante, sendo que em cada ano parcelas cada vez maiores da população são atingidas. Para diminuir o número de municípios em situação de risco é necessária a

a) implantação de ações contínuas de educação em saúde junto à comunidade.
b) implantação de terapêutica medicamentosa profilática para moradores de áreas endêmicas.
c) vacinação de pessoas suscetíveis com a vacina específica.
d) realização mensal da desinfecção de criadouros potenciais do vetor.
e) manutenção das pessoas com dengue, em isolamento no hospital.

FCC - ALE - PE - Consultoria Legislativa - Administração e Política - 2014
Medicina / Epidemiologia

Nos municípios em que não há fornecimento de água tratada, a implantação de uma rede pública de abastecimento de água e coleta de esgoto poderá produzir impacto relevante no indicador de saúde denominado taxa de

a) incidência de hepatite C.
b) mortalidade materna.
c) mortalidade infantil.
d) incidência de doenças priônicas.
e) letalidade por toxoplasmose.

FCC - FHEMIG - Epidemiologia - 2013
Medicina / Epidemiologia

Na análise descritiva de um conjunto de dados,

a) a média corresponde sempre ao valor que divide os dados ordenados ao meio.
b) o desvio padrão representa uma medida de tendência central.
c) se existem valores diferentes uns dos outros em um conjunto de dados, sempre teremos valores abaixo e acima da média.
d) a mediana é sempre diferente da média.
e) o desvio padrão corresponde ao quadrado da variância.

FCC - FHEMIG - Epidemiologia - 2013
Medicina / Epidemiologia

Do ponto de vista estatístico, dois eventos independentes A e B são aqueles que

a) a probabilidade de ocorrer o evento A, dado que o evento B ocorreu, é igual à soma das probabilidades de A e de B.
b) a ocorrência de B gera uma informação sobre a ocorrência de A.
c) o fato de um deles ter ocorrido não interfere na probabilidade de ocorrência do outro.
d) se A ocorre, a probabilidade de B ocorrer é igual à probabilidade da intersecção de A e de B.
e) a probabilidade de ocorrência de A e B são iguais.

FCC - FHEMIG - Epidemiologia - 2013
Medicina / Epidemiologia

Sobre o modelo de distribuição gaussiano, é correto afirmar que

a) se os dados seguem uma distribuição gaussiana, aproximadamente 95% dos dados estão entre a média ± desvio padrão.
b) o gráfico de quantis pode ser utilizado para se verificar visualmente se a distribuição dos dados se aproxima a de uma distribuição gaussiana.
c) toda variável contínua apresenta distribuição aproximadamente gaussiana.
d) o histograma permite testar se uma distribuição é gaussiana.
e) esse modelo também é conhecido como de distribuição binomial.

FCC - FHEMIG - Epidemiologia - 2013
Medicina / Epidemiologia

Em um estudo realizado com um grupo de pacientes diabéticos, cada indivíduo teve a quantidade de glicose no sangue (mg/dL) avaliada em dois momentos: antes e depois de um tratamento. A respeito do teste estatístico para averiguar se existe diferença estatística entre as médias de glicose no sangue antes e depois do tratamento, é correto afirmar que

a) o teste de qui-quadrado com correção de continuidade pode ser aplicado para avaliar se existe diferença entre as médias nos dois tempos.
b) se as amostras forem pequenas (n < 30), o teste t para amostras independentes pode ser aplicado.
c) o teste não-paramétrico de Wilcoxon sempre deve ser aplicado para se verificar a hipótese de igualdade de médias entre os dois momentos do tempo.
d) o teste t pareado considera as diferenças entre os tratamentos nos dois momentos do tempo.
e) o teste t não-pareado pode ser utilizado caso as variâncias sejam iguais.

FCC - FHEMIG - Epidemiologia - 2013
Medicina / Epidemiologia

Sobre o conceito de risco,

a) envolve apenas o número de casos prevalentes.
b) envolve a probabilidade de incidência.
c) não envolve a taxa de incidência acumulada.
d) a taxa de incidência é uma medida de risco que envolve casos prevalentes e incidentes.
e) não envolve cálculos de probabilidade.



Seja aprovado em 1 ano Conheça o método para ser aprovado em Concurso Público

Estude Grátis é uma simples e poderosa ferramenta que lhe ajudará a passar nos melhores Concursos Públicos. São milhares de Questões de Concurso para você filtrar e estudar somente aqueles temas que estão especificados em seu Edital.