Psicologia Prefeitura de Triunfo - PE

Pesquise mais Questões Psicologia Prefeitura de Triunfo - PE Utilizando o Filtro abaixo,

“A metáfora paterna é uma escrita pela qual Lacan, em seus primeiros anos de ensino, propôs uma concepção da função do pai no complexo de Édipo que permitisse evitar certo número de dificuldades que o próprio Freud e seus seguidores não tinham deixado de encontrar.” (KAUFMANN, 1996, p. 334). Sobre a metáfora paterna, é CORRETO afirmar que Lacan:

  • A.

    Propõe a explicação da função paterna como instauradora da lei imaginária, por uma escrita significante fundada na escrita da metáfora;

  • B.

    Propõe a explicação da função paterna como instauradora da lei real, por uma escrita significante fundada na escrita da metáfora;

  • C.

    Propõe a explicação da função paterna como instauradora da lei simbólica, por uma escrita significante fundada na escrita da metáfora;

  • D.

    Propõe a explicação da função paterna como instauradora das leis simbólica, imaginária e real, por uma escrita significante fundada na escrita da metáfora;

  • E.

    N.D.A.

Sua resposta é:

“Pode-se começar dizendo que as estruturas caracteriológicas, os sintomas, as inibições e os estereótipos que configuram as diversas síndromes psicopatológicas resultam de um jogo dialético entre as relações objetais, as ansiedades e, para contra-arrestá-las, os tipos de mecanismos que são utilizados pelo ego. Pode-se dizer, psicanaliticamente falando, que fazer um diagnóstico clínico implica fazer uma análise sintática de como se articulam entre si as diferentes partes e níveis das várias subestruturas psíquicas (...).” (ZIMERMAN, 1999, p. 197). A partir disso, responda as questões 31, 32 e 33.

Sobre a perversão é CORRETO afirmar:

  • A.

    Designa-se por perversão o conjunto de comportamento psicossexual que não acompanha atipias na obtenção do prazer sexual;

  • B.

    Pode-se dizer que existe perversão quando o orgasmo é obtido com outros objetos sexuais ou por outras zonas corporais e quando o orgasmo é subordinado de forma imperiosa a certas condições extrínsecas;

  • C.

    Chama-se perversão quando o orgasmo é obtido com objetos sexuais não usuais, desde que com uma pessoa do sexo oposto;

  • D.

    A neurose é uma perversão negativa, é o negativo da pulsão, ou seja, a perversão é a manifestação lapidada, não recalcada, da sexualidade infantil;

  • E.

    N.D.A.

Sua resposta é:

“Pode-se começar dizendo que as estruturas caracteriológicas, os sintomas, as inibições e os estereótipos que configuram as diversas síndromes psicopatológicas resultam de um jogo dialético entre as relações objetais, as ansiedades e, para contra-arrestá-las, os tipos de mecanismos que são utilizados pelo ego. Pode-se dizer, psicanaliticamente falando, que fazer um diagnóstico clínico implica fazer uma análise sintática de como se articulam entre si as diferentes partes e níveis das várias subestruturas psíquicas (...).” (ZIMERMAN, 1999, p. 197). A partir disso, responda as questões 31, 32 e 33.

Sobre a psicose é CORRETO afirmar:

  • A.

    O denominador comum das psicoses está, fundamentalmente, numa perturbação primária da relação libidinal com a realidade, onde a maioria dos sintomas manifestos são tentativas secundárias de restauração do laço objetal;

  • B.

    O denominador comum das psicoses está, fundamentalmente, numa perturbação secundária da relação de objeto com as fantasias, onde a maior parte dos sintomas manifestos são tentativas primárias de restauração do laço objetal;

  • C.

    O denominador comum das psicoses está, fundamentalmente, numa perturbação secundária da relação libidinal com a realidade, onde a maior parte dos sintomas manifestos são tentativas primárias de resparação do laço libidinal;

  • D.

    Na psicose o ego obedece as exigências da realidade recalcando as reivindicações pulsionais, enquanto o ego reconstrói uma nova realidade;

  • E.

    N.D.A.

Sua resposta é:

“Pode-se começar dizendo que as estruturas caracteriológicas, os sintomas, as inibições e os estereótipos que configuram as diversas síndromes psicopatológicas resultam de um jogo dialético entre as relações objetais, as ansiedades e, para contra-arrestá-las, os tipos de mecanismos que são utilizados pelo ego. Pode-se dizer, psicanaliticamente falando, que fazer um diagnóstico clínico implica fazer uma análise sintática de como se articulam entre si as diferentes partes e níveis das várias subestruturas psíquicas (...).” (ZIMERMAN, 1999, p. 197). A partir disso, responda as questões 31, 32 e 33.

Sobre a neurose, analise as proposições abaixo:

I. Afecção psicogênica em que os sintomas são a expressão simbólica de um conflito psíquico que tem raízes na história infantil do sujeito e constitui compromissos entre o desejo e a defesa.

II. Pode-se dizer que a fisionomia clínica das neuroses é caracterizada: por sintomas neuróticos (que relaciona-se a impossibilidade do ego encontrar na identificação do seu próprio personagem boas relações com os outros e um equilíbrio interior satisfatório) e por caráter neurótico do ego (que relaciona-se as perturbações dos comportamentos, sentimentos ou ideias que manifestam uma defesa contra a angústia).

III. A nosografia distingue neuroses, psicoses, perversões e afecções psicossomáticas, enquanto o estatuto nosográfico daquilo a que se chama neuroses atuais, neuroses traumáticas ou neuroses de caráter continua a ser discutido.

São CORRETAS:

  • A.

    I, II e III;

  • B.

    I e II;

  • C.

    II e III;

  • D.

    I e III;

  • E.

    N.D.A.

Sua resposta é:

Os transtornos de hábitos e impulsos são caracterizados por atos repetidos que não tem nenhuma motivação racional clara e que geralmente prejudicam os interesses do próprio paciente e aqueles de outras pessoas. São transtornos classificados como de hábitos e impulsos:

  • A.

    Pedofilia, exibicionismo, voyeurismo;

  • B.

    Histeria, fetichismo, pedofilia;

  • C.

    Tricotilomania, piromania, pedofilia;

  • D.

    Jogo patológico, tricotilomania, piromania;

  • E.

    Pedofilia, jogo patológico, histeria.

Sua resposta é:

Sobre a Síndrome de Asperger, examine as proposições abaixo e assinale a alternativa CORRETA:

  • A.

    Trata-se de um transtorno mal definido de validade nosológica incerta. Caracterizado por um período de desenvolvimento normal antes do início e por uma perda definitiva, no curso de poucos meses, de habilidades previamente adquiridas em pelo menos várias áreas do desenvolvimento;

  • B.

    Trata-se de um transtorno de validade nosológica incerta, caracterizado pelo mesmo tipo de anormalidades qualitativas de interação social recíproca que tipifica o autismo, junto com um repertório de interesses e atividades restrito, estereotipado e repetitivo;

  • C.

    Trata-se de um transtorno de validade nosológica incerta, caracterizado pelo mesmo tipo de anormalidades qualitativas de interação social recíproca que tipifica o autismo, junto com um repertório de interesses e atividades restrito, estereotipado e repetitivo;

  • D.

    Trata-se de um transtorno mal definido de validade nosológica incerta, com um desenvolvimento inicial aparentemente normal ou quase normal é seguido por perda total ou parcial das habilidades manuais adquiridas e da fala;

  • E.

    N.D.A.

Sua resposta é:

Os transtornos esquizofrênicos são caracterizados, em geral, por:

  • A.

    Distorções fundamentais e características do pensamento e da percepção e por afeto inadequado ou embotado;

  • B.

    Distorções de humor, sempre com a presença de alucinações;

  • C.

    Distorções de afetos, ora embotados, ora expressivos, contudo sempre com a presença de alucinações;

  • D.

    Flutuações de humor, pensamento, memória e afeto;

  • E.

    Flutuações de humor, pensamento, memória e afeto, sempre com a presença de ilusões.

Sua resposta é:

“A atenção pode ser definida como a concentração eletiva da atividade mental, que mantém todo o funcionamento psíquico num campo central de integração. A atenção é consciência clara dentro do estado da consciência global.” (ARAÚJO, s.d., p. 34). Sobre os distúrbios da atenção, avalie as seguintes proposições:

I. A distração, um distúrbio qualitativo da atenção, diz respeito a tendência à diminuição da atenção com o componente de instabilidade, labilidade e flutuação.

II. A hiperprosexia, um distúrbio quantitativo da atenção, diz da tendência a obstinar-se, perseverar indefinidamente, com excesso de interesse, instabilidade e dispersão sem mostras de fadigabilidade, acompanhada frequentemente da correspondente agitação motora.

III. A aprosexia, um distúrbio quantitativo da atenção, diz da abolição total, desde o início do processo, de toda a capacidade de atenção. Há um embotamento da consciência, uma falta de interesse, qualquer que seja a estimulação.

Estão CORRETAS:

  • A.

    I e II;

  • B.

    I e III;

  • C.

    II e III;

  • D.

    I, II e III;

  • E.

    N.D.A.

Sua resposta é:

“O psiquismo é um todo unitário, em que a consciência é dentro dele uma síntese integral. De interesse didático, não obstante artificial, é a estruturação do campo da consciência em três planos de atividades funcionais, ou seja, o plano intelectivo, o afetivo e o volitivo.” (ARAÚJO, s.d., p. 24). Sobre o campo da consciência e sua estruturação, analise as preposi- ções abaixo e assinale a alternativa VERDADEIRA:

I. Lucidez e claridade de consciência são expressões antônomas. Ter-se-á consciência lúcida quando o indivíduo tem uma percepção e valorização nítida de si mesmo, dos demais e das coisas que o rodeiam. E, ao contrário, ter-se-á consciência clara quando o indivíduo reconhecer de modo incipiente – portanto, ininteligível - a percepção e valorização de si mesmo, dos demais e das coisas que o rodeiam

II. No plano intelectivo podemos considerar duas classes de atividades: atividades intelectuais elementares ou básicas (imaginação, pensamento, associação, ideação dentre outras) e atividades intelectuais superiores (percepção e memória).

III. No plano volitivo, inscreve-se toda uma série de fenômenos que começam na intenção e terminam na ação explicitada, integrando assim o conceito de vontade, atividade consciente e deliberada.

IV. No plano afetivo, temos os afetos que se distribuem sob a forma de emoções, sentimentos, inclinações e paixões e assim, toda a gama de nuances e variações, passíveis de identificação. S

ão VERDADEIRAS:

  • A.

    I, II e IV;

  • B.

    I, III e IV;

  • C.

    II, III e IV;

  • D.

    II e IV;

  • E.

    III e IV.

Sua resposta é:

“Dentre as diversas modalidades de psicoterapia, é imprescindível incluir aquela que tem uma dimensão grupalística, a qual, comprovadamente, tem revelado-se eficaz e de grande abrangência, porém que, no nosso meio brasileiro, ainda não encontrou um campo de aplicação clínico mais sistemático e consistente. (...) Uma importante recomendação de técnica grupalística consiste no estabelecimento de um enquadre e a necessidade de sua preserva- ção” (ZIMERMAN, 1999, p. 437;444). Sobre o enquadre (setting) na psicoterapia de grupo, analise as proposições abaixo e assinale a alternativa CORRETA:

I. O enquadre pode ser conceituado como a soma de todos os procedimentos que organizam, normatizam e possibilitam o funcionamento grupal, resultando de uma conjunção de regras, atitudes e combinações.

II. O enquadre, uma vez estabelecido, não sofre ameaça de vir a ser desvirtuado.

III. A atmosfera grupal diz respeito ao enquadre e ela depende basicamente da atitude afetiva interna do grupoterapeuta, do seu estilo pessoal de trabalhar, dos seus referenciais teórico-técnicos etc.

IV. O enquadre tem também a função de estabelecer uma necessária ampliação de papéis e de posições, de direitos e deveres, entre o que é desejável e o que é possível, o que permite o paciente ampliar também o equilíbrio entre a satisfação pessoal e as restrições sociais.

Assinale a alternativa CORRETA:

  • A.

    I e II;

  • B.

    II e III

  • C.

    IV e I;

  • D.

    I e III;

  • E.

    III e IV

Sua resposta é: