Contabilidade Pública Prefeitura de Triunfo - PE

Pesquise mais Questões Contabilidade Pública Prefeitura de Triunfo - PE Utilizando o Filtro abaixo,

Supõe-se que, existindo um processo de planejamento e orçamento integrado, em que se utilizem técnicas que concretizem objetivos e metas, devidamente formulados num sistema denominado orçamentoprograma. A existência de créditos adicionais tendem:

  • A.

    Reduzir-se ao mínimo e talvez venha a ser de uso excepcional;

  • B.

    A aumentar a medida que a receita for prevista;

  • C.

    A reduzir a receita extra orçamentária;

  • D.

    Aumentar a despesa extra orçamentária;

  • E.

    Todas estão corretas.

Sua resposta é:

Consideram-se recursos para abertura de créditos suplementares e especiais, EXCETO:

  • A.

    O superávit financeiro apurado em balanço patrimonial do exercício anterior;

  • B.

    O excesso de arrecadação;

  • C.

    Anulação total ou parcial de dotação orçamentária , cujos créditos foram autorizados em lei;

  • D.

    Produtos de operações de créditos autorizados, em forma que, juridicamente possibilite o poder executivo realizá-la;

  • E.

    Dotação da receita extra orçamentária.

Sua resposta é:

Em relação a dívida fundada, que constitui o montante total das obrigações financeiras do Ente da Federação, quando amortizado num prazo superior a 12 meses, será dividido em.

  • A.

    Dívida interna, externa e jurídica;

  • B.

    Dívida processada e não- processada;

  • C.

    Dívida Paraestatal e local;

  • D.

    Dívida Parafiscal e Estatal;

  • E.

    N.D.A.

Sua resposta é:

Concessão feita para as instituições públicas ou privadas de caráter assistencial ou cultural, sem finalidade lucrativa. Denomina-se:

  • A.

    Subvenções especiais;

  • B.

    Subvenções sociais;

  • C.

    Subvenções econômicas;

  • D.

    Subvenções patrimoniais;

  • E.

    Fundos especiais.

Sua resposta é:

Respeitando o princípio da competência, os restos a pagar são despesas empenhadas e não pagas ate o final do exercício, cujo objeto de empenho já foi recebido. São classificados como:

  • A.

    Empenho;

  • B.

    Despesas futuras;

  • C.

    Restos a pagar processados;

  • D.

    Restos a pagar não-processados;

  • E.

    Contas a pagar.

Sua resposta é:

Sobre Restos a pagar marque V para verdadeiro ou F para falso:

( ) As despesas contraídas que foram empenhadas em dotações próprias, que não possam ser cumpridas integralmente no exercício serão inscritas em restos a pagar.

( ) Nos dois últimos quadrimestres do mandato do titular é permitida a autorização de empenho, que tenha parcelas a serem pagas no exercício seguinte, sem suficiente disponibilidade de caixa.

( ) A despesa empenhada, mas não liquidada não pode ser considerada como restos a pagar.

( ) Apenas as parcelas de despesas não empenhadas e que serão pagas no exercício seguinte, sem suficiente disponibilidade de caixa serão considerados restos a pagar.

( ) Respeitando o principio de competência imposto para a escrituração contábil, os restos a pagar são resíduos passivos, oriundos da despesa orçamentária, empenhados mas não pagos até 31 de dezembro.

  • A.

    V, F, F, F, F;

  • B.

    V, F, F, F, V;

  • C.

    F, V, V, V, V;

  • D.

    V, F, V, F, V;

  • E.

    V, F, F, V, V.

Sua resposta é:

Com relação ao balanço orçamentário é correto afirmar, EXCETO:

  • A.

    O balanço orçamentário deve ser elaborado obedecendo ao modelo agregado pela lei 4.320/64 no seu anexo 12;

  • B.

    No balanço orçamentário é feita a distribuição das receitas previstas e realizadas no orçamento;

  • C.

    No balanço orçamentário é distribuído as despesas fixadas e realizadas;

  • D.

    No balanço orçamentário não serão igualadas as somas opostas com os resultados, o previsto com o realizado e o déficit ou superávit, necessário se faz apenas de uma demostração;

  • E.

    No balanço orçamentário é feito um resumo da receita a nível de fonte, e a despesa a nível de créditos orçamentários e suplementares.

Sua resposta é:

São autorizados para reforço da dotação orçamentária que, por qualquer motivo tornaram-se insuficientes:

  • A.

    Créditos especiais;

  • B.

    Créditos extraordinários;

  • C.

    Despesas correntes;

  • D.

    Receitas correntes;

  • E.

    N.D.R.

Sua resposta é: