Questões sobre Estado, sociedade civil e proteção social da CESGRANRIO

O processo de modernização conservadora definiu as linhas mestras do modelo econômico voltado para os interesses dos monopólios e instaurou a estrutura econômico- social do Brasil, legados pela ditadura.

Uma das características dessa estrutura é a(o)

  • A.

    constituição de uma estrutura de classes sociais complexa, altamente estratificada e com baixa concentração de renda.

  • B.

    cristalização de uma estrutura estatal-burocrática e administrativa marcada pela inclusão das forças populares nos processos de decisão política.

  • C.

    equalização das desigualdades regionais pela acentuação da distribuição geopolítica das riquezas sociais.

  • D.

    industrialização na retaguarda tecnológica, voltada para atender às demandas elitizadas no mercado interno e direcionada para o exterior.

  • E.

    desenvolvimento capitalista que rompe com a concentração da propriedade e extingue estruturas econômico- sociais arcaicas.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

No contexto da última fase da dinâmica do capitalismo contemporâneo, observa-se que este passou a ser marcado pelo(a)

  • A.

    incremento da produção industrial, tanto no que se refere ao setor fabril, como ao setor de serviço.

  • B.

    investimento no plano financeiro e patrimonial numa aceleração da circulação mundial de capital especulativo.

  • C.

    retorno do princípio da livre concorrência na economia com restrições às fusões, aos trustes e cartéis.

  • D.

    manutenção das formas pretéritas de organização do trabalho sem mudanças nas suas formas de uso, consumo e gestão.

  • E.

    permanência dos velhos padrões de concorrência capitalista, de concentração e centralização do capital, de produtividade e competitividade.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Considere as afirmações abaixo sobre as alterações produtivas e organizacionais desencadeadas mundialmente a partir da reestruturação produtiva das últimas décadas.

I - A introdução de novas tecnologias microeletrônicas no âmbito do setor de serviços conformou um novo modo de produção.

II - A acumulação flexível é marcada por um confronto direto com a rigidez do fordismo e se apoia na flexibilidade dos processos de trabalho.

III - As alterações na organização industrial abriram oportunidade para a formação de pequenos negócios com o ressurgimento do trabalho doméstico e artesanal.

IV - A produção desenvolve-se através da fábrica “flexível” que tende à externalização de suas funções produtivas ou administrativas.

São corretas as afirmações

  • A.

    I e III, apenas.

  • B.

    II e IV, apenas.

  • C.

    I, II e III, apenas.

  • D.

    II, III e IV, apenas.

  • E.

    I, II, III e IV.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Dentre os problemas que o Estado brasileiro devia enfrentar para cumprir a meta da reconstrução do Estado, no âmbito da reforma do Estado implementada no final do século XX, destaca-se a questão da governança e governabilidade. Relacionando o conceito de governabilidade às condições sistêmicas e institucionais afirma-se que a governabilidade se refere à

  • A.

    dimensão das esferas estatais para o exercício do poder

  • B.

    dimensão política e corporativa das relações entre empresas

  • C.

    articulação e à cooperação entre os atores sociais e políticos

  • D.

    perfomance dos atores sociais no exercício da cidadania

  • E.

    ação da sociedade para o alcance dos objetivos coletivos

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Na análise crítica da reforma do Estado, entendida como uma “contrarreforma”, um dos objetivos das mudanças propostas, em especial, no núcleo de “serviços não exclusivos”, é

  • A.

    buscar transparência na prestação desses serviços de forma a evitar os seus altos custos.

  • B.

    incentivar a participação da sociedade, por meio de investimentos privados, com ênfase na figura do cidadão- cliente.

  • C.

    fortalecer o papel exclusivo do Estado no controle dos investimentos privados.

  • D.

    garantir total controle do Estado sobre os serviços não exclusivos a fim de evitar a abertura econômica.

  • E.

    consolidar mecanismos institucionais para valorização da esfera pública.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

A frágil intervenção do Estado na garantia dos direitos sociais, até o início do século XX, deveu-se à forte influência do pensamento neoliberal que define, como uma perspectiva central, a(o)

  • A.

    coletividade como sujeito de direito

  • B.

    diminuição do papel do Estado

  • C.

    desnaturalização da miséria

  • D.

    socialização da riqueza produzida

  • E.

    mercado regulável e institucionalizado

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

A reforma do Estado tornou-se, durante a década de 90 do século XX, a tônica nos discursos e práticas políticas na sociedade brasileira. Dentre o conjunto de suas proposições, o ideário da reforma buscava a tentativa de

  • A.

    superação da administração burocrática com a introdução da administração gerencial

  • B.

    aferição de resultados na gestão pública sob a ótica dos interesses sociais e coletivos

  • C.

    ampliação do gasto público em programas sociais e na remuneração da administração pública

  • D.

    abandono do controle social por onerar o sistema público com incentivo às práticas patrimonialistas

  • E.

    incentivo ao papel exclusivo do Estado na promoção do desenvolvimento social e econômico

Clique em uma opção abaixo para responder a questão: