Questões sobre Outros assuntos relacionados à Língua Portuguesa da FAPEC

Leia o trecho abaixo.

Deixemos de lado o argumento do respeito à lei e à razão que está meio fora de moda nesse clima de ânimos exaltados, para ficar com o da eficácia. A manifestação de leitores defendendo a violência policial e protestando contra a publicação da foto de um bandido com marcas de agressão contém, além de desejo de vingança, a crença de que essa pratica é a melhor maneira de combater o

crime. Não é. Trata-se de uma ilusão perversa que só se explica porque vivemos numa cidade dominada pelo medo e dividida entre os que já foram assaltados e os que provavelmente serão.

(Zuenir Ventura. O Globo – 20/11/04 )

 

 

Utilizando o texto como pretexto para explorar a Língua Portuguesa, assinale a alternativa correta.

  • A.

    o 1º verbo do texto apresenta caráter injuntivo. O que (1ª linha) funciona como um elemento coesivo com função explicativa e a última oração da 1ª frase é uma subordinada adverbial.

  • B.

    no 2º período, os verbos defendendo e protestando estão na forma nominal gerundiva. Os termos grifados, nas expressões "manifestação de leitores" e "publicação da foto" exercem a função passiva e ativa, respectivamente, sendo complemento nominal e adjunto adnominal.

  • C.

    a concisão da frase "Não é." foi intencional para dar maior efeito ao contexto, sendo uma oração coordenada assindética.

  • D.

    o 1º que, do último período do texto é uma conjunção, significando a qual. A palavra é um advérbio.

  • E.

    ainda no último período, o trecho "...se explica..." exerce uma função ativa. Os dois os são pronomes, significando aqueles.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão: