Questões sobre Técnicas de apuração, redação, objetividade, edição e produção jornalística da NCE

A entrevista é considerada como uma importante forma de apuração e, de acordo com o meio em que será veiculada, deve ser conduzida e editada de modo específico. Quanto às técnicas de entrevista jornalística é correto afirmar:

  • A.

    as entrevistas para rádio devem ser cuidadosamente ensaiadas antes de entrar no ar. O entrevistador não precisa zelar pela qualidade do som, mas deve indicar para o entrevistado as respostas esperadas;

  • B.

    para apresentar os dados de uma entrevista em meio impresso, devemos manter a ordem na qual foram fornecidos e alternar discurso direto e indireto. No primeiro, é possível substituir palavras e expressões, mesmo que entre aspas, enquanto no segundo, não;

  • C.

    as entrevistas em rádio podem ser ocasionais ou produzidas, gravadas ou ao vivo, mas geralmente são marcadas pelo tom coloquial;

  • D.

    a entrevista para TV pode ser gravada ou ao vivo. Sua especificidade é o uso da imagem, que deve dar sempre mais destaque ao entrevistador do que à informação noticiosa;

  • E.

    no jornalismo impresso, especialmente nas revistas, a entrevista pingue-pongue é apresentada sempre sob forma de perguntas e respostas, que devem ser redigidas entre aspas e sem qualquer adaptação entre a fala e o texto escrito.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Sobre os diversos modos de se conduzir uma entrevista, que dependem fundamentalmente das circunstâncias em que elas são realizadas e com que objetivos, indique a opção correta:

  • A.

    as entrevistas coletivas, normalmente convocadas pelas assessorias de imprensa, são sempre marcadas por acusações e atitudes de confronto entre repórter e entrevistado;

  • B.

    a entrevista ocasional, embora não combinada previamente, é sempre roteirizada no sentido de não surpreender o entrevistado;

  • C.

    a entrevista dialogal é marcada com antecedência e permite aprofundar e detalhar a apuração e, em alguns casos, geralmente por questões mercadológicas, pode ser publicada como "entrevista exclusiva";

  • D.

    as entrevistas rituais têm como objetivo aumentar a distância entre o entrevistador e o entrevistado e passar o discurso oficial de uma empresa, inibindo o trabalho de reportagem;

  • E.

    a entrevista testemunhal parte das observações do repórter sobre o comportamento do entrevistado e as informações fornecidas pelo entrevistado estarão sempre em segundo plano.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Ao construir um texto jornalístico, não é indicado:

  • A.

    eliminar os adjetivos e advérbios que expressem juízo de valor, salvo em citações;

  • B.

    o uso de linguagem coloquial. Deve-se preferir sempre o uso da norma culta e da lingagem técnica, como forma de garantir a precisão das informações;

  • C.

    o uso de frases na ordem direta. As sentenças devem ser construídas em primeira pessoa a partir da informação mais importante;

  • D.

    o uso de estrangeirismos, gíria local e jargão profissional, assim como o uso de termos técnicos, quando não puder ser evitado, deve vir acompanhado da explicação necessária ao entendimento imediato;

  • E.

    eliminar expressões que possam ser entendidas como manifestação de preconceito.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Ao preparar uma legenda ou texto-legenda, o editor deve estar consciente das funções do texto e da imagem nos meios jornalísticos impressos. Sobre essa relação, indique a afirmativa errada:

  • A.

    para Roland Barthes, como a imagem pode suscitar uma multiplicidade de sentidos cabe à legenda funcionar como "âncora", restringindo as possibilidades de "leitura" de uma fotografia;

  • B.

    a legenda deve ajudar o leitor a compreender a foto, esclarecendo dúvidas e chamando sua atenção para pequenos detalhes interessantes que lhe possam ter escapado;

  • C.

    a legenda deve funcionar como uma etiqueta de identificação, descrevendo o que é mostrado na fotografia, pois só através da redundância o leitor será capaz de apreender a mensagem jornalística;

  • D.

    para Octávio Paz, a legenda deve funcionar como um "gatilho mental", capaz de ativar os conhecimentos correlatos à cena mostrada na imagem e de fornecer informações circunstanciais, como nomes e locais;

  • E.

    a legenda costuma ser um texto curto, que pode estabelecer diversas relações com a imagem. O texto pode ser explicativo, informativo, interpretativo, ou mesmo irônico em relação à fotografia.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Com relação às características do texto jornalístico para os diferentes meios de comunicação, é correto afirmar que:

  • A.

    o texto noticioso para rádio deve ser composto por frases curtas e concisas, evitando expressões abstratas e confusas, e usando a repetição sempre que necessário;

  • B.

    na mídia impressa, o lide narrativo começa com uma frase curta e se caracteriza por ordenar os elementos a partir do fato mais importante;

  • C.

    nas notícias escritas para Internet, a estrutura do texto jornalístico deve ser linear, obrigando o leitor ou internauta a receber todos os conteúdos numa ordem pré-determinada;

  • D.

    na TV, a imagem não deve ser o ponto de partida para o texto noticioso cuja função é identificar e descrever o que está sendo visto pelo telespectador;

  • E.

    nas revistas, o texto noticioso deve usar a linguagem científica e o nariz de cera, privilegiando a estrutura narrativa a fim de construir reportagens densas.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Na construção de um texto jornalístico é indicado:

  • A.

    eliminar as expressões que possam ser entendidas como manifestação de preconceito;

  • B.

    priorizar os termos técnicos, as palavras estrangeiras, a gíria local e o jargão profissional, como forma de estimular o leitor a pesquisar fora do veículo noticioso os seus significados;

  • C.

    construir frases na ordem inversa (predicado + verbo + sujeito) para deixar a informação clara e a leitura do texto mais agradável;

  • D.

    priorizar a linguagem formal e técnica, a fim de estimular a pesquisa, educar o leitor e garantir a precisão das informações;

  • E.

    destacar os adjetivos e advérbios no texto noticioso, retirandoos das citações entre aspas.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Para atender à precisão no texto jornalístico, os termos de uma notícia devem ser corretamente escolhidos. Nesse sentido, podemos afirmar que:

  • A.

    a princípio e em princípio são sinônimos e podem ser usados no sentido de no início de alguma ação;

  • B.

    balanço de pagamento é o mesmo que balança comercial, ou seja, a relação entre países vendedores e compradores;

  • C.

    são formas igualmente corretas: beneficente e beneficiente, assim como elucubração e elocubração;

  • D.

    seção, secção, cessão e sessão são formas corretas e possuem o mesmo significado;

  • E.

    estão escritas erradamente: encapuçado, metereologia e iqualitário.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

A entrevista é uma das principais formas de apuração jornalística e deve ser conduzida e editada de acordo com o meio em que será veiculada.

Nesse contexto, é correto dizer que:

  • A.

    no rádio, as entrevistas podem ser ocasionais ou produzidas, gravadas ou ao vivo, mas geralmente são marcadas pelo tom coloquial;

  • B.

    na TV, a entrevista, gravada ou ao vivo, deve usar a imagem para dar sempre mais destaque ao entrevistador do que à informação noticiosa;

  • C.

    nas revistas, ao optar por uma entrevista em formato pinguepongue, as perguntas e respostas devem ser obrigatoriamente redigidas entre aspas e sem qualquer adaptação entre a fala e o texto escrito;

  • D.

    no rádio, as entrevistas devem ser cuidadosamente ensaiadas antes de ir ao ar, para que o entrevistador treine o entrevistado para fornecer as respostas esperadas pela emissora;

  • E.

    na mídia impressa, os dados obtidos nas entrevistas devem ser apresentados através do discurso indireto, no qual não é possível substituir palavras ou expressões do entrevistado devido ao uso das aspas.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Com relação à rotina de apuração jornalística NÃO é correto afirmar que pauta é:

  • A.

    agenda ou roteiro dos principais assuntos a serem noticiados em uma edição de jornal ou revista, programa de rádio ou TV;

  • B.

    roteiro normativo que visa dirigir metodicamente o trabalho do repórter de acordo com parâmetros previstos e que não podem ser alterados;

  • C.

    planejamento esquematizado dos ângulos a serem focalizados numa reportagem, podendo conter o resumo do assunto, o tratamento a ser dado à matéria, além de nomes, e contatos de possíveis fontes de informação;

  • D.

    anotação de temas que poderão ser desenvolvidos oportunamente, para aproveitamento em futuras edições;

  • E.

    planejamento de elaboração de uma reportagem com indicações logísticas e técnicas que, além de orientar o repórter, podem indicar a linha editorial do veículo noticioso.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Com relação às expressões mais adequadas a um texto jornalístico, podemos afirmar que:

  • A.

    castelhano é uma mistura de espanhol e português falada na fronteira e, por isso, deve ser usado no lugar de portunhol;

  • B.

    o uso do termo causa mortis em latim dá prestigio ao texto e, por isso, é mais indicado que causa da morte em português;

  • C.

    eminente e iminente têm significados diferentes: o primeiro é aquele que se destaca; o segundo, é o que está para acontecer a qualquer momento;

  • D.

    evangélicos e evangelistas podem ser usados como sinônimos, pois designam os adeptos da Igreja Evangélica;

  • E.

    retificar e ratificar são antônimos; o primeiro é confirmar, o segundo, consertar, emendar.

Clique em uma opção abaixo para responder a questão: