Questões da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Após serem descartados fatores etiológicos conhecidos e detectáveis, a avaliação fonoaudiológica deste paciente identificou a presença de desvio fonológico. Assinale a alternativa que apresenta, respectivamente, os processos fonológicos presentes nesta amostra de fala e o princípio da intervenção fonoaudiológica com abordagem fonológica.
  • A. Ensurdecimento e substituição de nasais; promover a reorganização do sistema de sons da criança.
  • B. Ensurdecimento e substituição de líquida; promover a reorganização do sistema de sons da criança.
  • C. Metátese e substituição de líquida; promover a reorganização motora da criança.
  • D. Sonorização e substituição de plosiva; promover a reorganização motora da criança.
  • E. Semivocalização e substituição de líquida; promover a reorganização do sistema de sons da criança.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Assinale a alternativa que representa, respectivamente, a tipologia das disfluências deste paciente e as estratégias fundamentais no tratamento dos distúrbios de fluência.
  • A. Outras disfluências; diminuição da taxa de elocução, percepção e resistência à pressão de tempo, respeito aos turnos e suavização.
  • B. Disfluências típicas da gagueira; aumento da taxa de elocução, percepção e resistência à pressão do tempo, respeito aos turnos e flexibilização.
  • C. Outras disfluências; diminuição da taxa de elocução, percepção e valorização da pressão do tempo, respeito aos turnos e suavização.
  • D. Disfluências típicas da gagueira; diminuição da taxa de elocução, percepção e resistência à pressão de tempo, bloqueio dos turnos e suavização.
  • E. Disfluências típicas da gagueira; diminuição da taxa de elocução, percepção e resistência à pressão de tempo, respeito aos turnos e suavização.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
A avaliação da fala deve considerar o conjunto de todos os mecanismos necessários para a produção de um som. Este processo de fonoarticulação necessita da integridade e inter-relação de alguns sistemas. Assinale a alternativa que indica tais sistemas.
  • A. Sistema nervoso central; sistema nervoso periférico; sistema fonatório; sistema estomatognático.
  • B. Sistema nervoso central; sistema neuromuscular; sistema fonatório; sistema estomatognático.
  • C. Sistema nervoso central; sistema nervoso periférico; sistema respiratório; sistema estomatognático.
  • D. Sistema nervoso periférico; sistema neuromuscular; sistema respiratório; sistema estomatognático.
  • E. Sistema nervoso periférico; sistema neuromuscular; sistema fonatório; sistema estomatognático.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
A avaliação fonoaudiológica revelou a presença de um quadro de TEA sem comunicação verbal. Assinale a opção que aponta os objetivos da intervenção fonoaudiológica neste caso.
  • A. O estímulo ao contato interpessoal, a adequação das funções comunicativas, a adequação do contexto comunicativo e a ampliação das iniciativas de comunicação.
  • B. O estímulo ao contato visual, a adequação das funções comunicativas, a adequação do contexto comunicativo e a contenção das iniciativas de comunicação.
  • C. O estímulo ao contato interpessoal, a adequação dos padrões restritos, a adequação do contexto comunicativo e a restrição dos turnos dialógicos.
  • D. O estímulo ao contato interpessoal, a adequação da qualidade vocal, a adequação do contexto comunicativo e a ampliação das iniciativas de comunicação.
  • E. O estímulo ao contato visual, a adequação do nível fonético, a adequação do contexto comunicativo e a ampliação das estereotipias de comunicação.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Este paciente também iniciou terapia psicomotora após a identificação de um transtorno psicomotor. Assinale a opção que define a intervenção terapêutica essencial neste caso.
  • A. A qualidade do relacionamento corporal e da comunicação afetiva, valorizando o ritmo do terapeuta.
  • B. A qualidade dos movimentos corporais e da comunicação, valorizando o ritmo do terapeuta e não do paciente.
  • C. A qualidade da comunicação afetiva, respeitando o ritmo do paciente e do terapeuta.
  • D. A qualidade dos movimentos corporais, sem considerar o ritmo do paciente e do terapeuta.
  • E. A qualidade do relacionamento corporal e da comunicação afetiva, respeitando o ritmo do paciente, e não do terapeuta.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Considerando os subtipos do DEL propostos por Rapin e Allen, assinale a alternativa que indica, respectivamente, a subclassificação do DEL e o princípio da intervenção fonoaudiológica para o paciente A.
  • A. Distúrbio fonológico; possibilitar à criança descobrir as regras fonológicas, conceitos e contextos que ocorrem no ambiente.
  • B. Distúrbio léxico-sintático; possibilitar à criança descobrir as regras e regularidades das unidades linguísticas, conceitos e contextos que ocorrem no ambiente.
  • C. Distúrbio da programação fonológica; possibilitar à criança descobrir as regras fonológicas, fonéticas e semânticas que ocorrem no ambiente.
  • D. Distúrbio fonológico-sintático; possibilitar à criança descobrir as regras e regularidades das unidades linguísticas, conceitos e contextos que ocorrem no ambiente.
  • E. Distúrbio semântico-pragmático; possibilitar à criança descobrir as regras e regularidades das unidades linguísticas, conceitos e contextos que ocorrem no ambiente.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Ainda segundo a proposição de Rapin e Allen, assinale a alternativa que indica, respectivamente, a subclassificação do DEL e a tendência de abordagem terapêutica atual para o paciente B.
  • A. Agnosia auditivo-verbal; intervenção que contemple os aspectos representacionais fonológicos e os do nível de programação linguística e do sequenciamento da fala.
  • B. Desvio fonológico; intervenção que contemple os aspectos representacionais fonológicos e os do nível de programação motora e do sequenciamento da fala.
  • C. Distúrbio fonético-fonológico; intervenção que contemple os aspectos representacionais fonológicos e os do nível fonético da fala.
  • D. Dispraxia verbal; intervenção que contemple os aspectos representacionais fonológicos e os do nível da programação motora e do sequenciamento da fala.
  • E. Distúrbio fonético; intervenção que contemple os aspectos representacionais fonéticos e os do nível da programação motora e do sequenciamento da fala.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Assinale o item que especifica, respectivamente, o diagnóstico clínico sugerido pelos critérios citados e a intervenção terapêutica que beneficiaria este paciente.

  • A. Dislexia; programa de remediação auditivo-visual.
  • B. Distúrbio de aprendizagem; programa de remediação auditivo-visual.
  • C. Disortografia; programa de remediação fonética.
  • D. Disgrafia; programa de remediação auditivo-visual.
  • E. Distúrbio de aprendizagem; programa de remediação auditiva.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Paciente do sexo masculino, submetido à avaliação de Processamento Auditivo (PA) por apresentar dificuldades escolares caracterizadas pela dificuldade de prestar atenção na presença de ruído, trocas de letras na escrita e dificuldade na compreensão de leitura.

A avaliação do PA constatou alterações nas habilidades de fechamento auditivo e figura-fundo. Assinale a alternativa que configura o déficit apresentado neste caso.

  • A. Interação.
  • B. Integração.
  • C. Decodificação.
  • D. Organização.
  • E. Prosódia.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:

Paciente idoso, vítima de acidente vascular hemorrágico, diagnosticado através de Tomografia Computadorizada de crânio. Neuroimagem revelou lesões em região cingular e aérea motora suplementar. Avaliação fonoaudiológica quanto à linguagem constatou um quadro de afasia motora importante.

Baseando-se nas alterações mais encontradas nesses casos, a reabilitação fonoaudiológica atuará principalmente:

  • A. nos mecanismos atencionais, no processo léxico-semântico e na prosódia.
  • B. na memória de trabalho, no processo léxico-semântico e na leitura.
  • C. nos mecanismos atencionais, na complexidade sintática e na prosódia.
  • D. na memória de trabalho, no processo fonológico e na leitura.
  • E. na memória de trabalho, no processo fonológico e na complexidade sintática.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão: