Questões da Fundação Getúlio Vargas (FGV)

Observe a frase a seguir.
É importante aprender muitas coisas / É importante o aprendizado de muitas coisas.
O mesmo processo de substituição de um verbo por um substantivo correspondente foi feito de forma adequada em:
    A) É impossível ocultar a desonestidade / É impossível o ocultismo da desonestidade;
    B) Morrer é o ato final da existência humana / A mortandade é o ato final da existência humana;
    C) Enfrentar as dificuldades é o caminho da felicidade / O enfrentamento das dificuldades é o caminho da felicidade;
    D) Oferecer amizade é atitude rara / O ofertório de amizade é atitude rara;
    E) O mais difícil é viver / O mais difícil é a vivacidade.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Observe a frase a seguir.
O Brasil está tentando superar dificuldades; torçamos para que o maior país da América do Sul tenha sucesso.
Nesse caso substituiu-se o primeiro termo, para evitar-se a repetição de palavras, por uma qualificação; ocorre o mesmo processo na seguinte frase:
    A) Monet, criador do Impressionismo, vai ser o motivo de uma exposição em Porto Alegre;
    B) O Museu de Arte Moderna, localizado no centro de São Paulo, é destacado centro cultural;
    C) Fernando Henrique Cardoso governou o país por dois mandatos e FHC acaba de escrever mais um livro;
    D) Flamengo e River Plate vão decidir este mês a Taça Libertadores da América;
    E) Pelé já está idoso, mas o mais famoso jogador de futebol de todos os tempos continua sendo um papo interessante.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Observe as frases a seguir.
Comprei calças de lã na Europa.
O preço das calças foi baixo.
A forma adequada de juntar essas duas frases numa só, de modo a evitar a repetição da palavra calças, é:
    A) Comprei calças de lã na Europa, que o preço foi baixo;
    B) Comprei calças de lã na Europa, onde o preço foi baixo;
    C) Comprei calças de lã na Europa, cujo preço foi baixo;
    D) Comprei calças de lã na Europa em que o preço foi baixo;
    E) Comprei calças de lã na Europa em onde o preço foi baixo.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Também pode evitar-se a repetição de palavras idênticas, substituindo a segunda ocorrência do vocábulo por um pronome demonstrativo; a frase abaixo em que isso foi feito de forma adequada é:
    A) Amazonas e Sergipe são estados brasileiros; este tem enorme território e aquele, pequeno;
    B) Meu carro é mais elegante que esse que você está comprando;
    C) Teu jornal abordou o tema de forma interessante, mas aquele, em minhas mãos, é mais justo;
    D) Brasil e Rússia jogaram várias vezes, mas aqueles jogos nunca foram violentos;
    E) O terremoto de Lisboa foi violentíssimo, mas aquele de agora matou mais gente.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Uma outra estratégia para evitar-se a repetição de palavras consiste na substituição da segunda ocorrência da palavra por um pronome pessoal.
A frase em que isso foi feito de forma adequada é:
    A) Os meninos procederam mal, por isso lhes condenaram;
    B) Comprei o livro ontem, mas vou revendê-lo;
    C) Os chefes deram as ordens, por isso os obedeci;
    D) João estava na festa, mas não no viram sair;
    E) As meninas estavam no shopping, mas não encontrei-las.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
A frase a seguir em que os termos sublinhados podem ser considerados sinônimos é:
    A) A batata está custando caro, como, aliás, todo cereal;
    B) A educação é tarefa dos pais, e a cultura, do Estado;
    C) A maior greve ocorreu em 1950; a paralisação durou um mês;
    D) A operação e o tratamento foram demasiadamente caros;
    E) As crianças adoram doce, principalmente chocolate.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Ao escrever um texto, o autor enfrenta várias dificuldades. Uma delas é evitar a repetição de palavras e um dos meios para isso é substituir uma palavra de valor específico por outra de conteúdo geral, como no exemplo a seguir.
O sargento foi atropelado; depois de alguns minutos, chegou uma ambulância que levou o militar para o hospital.
Assinale os vocábulos abaixo que mostram, respectivamente, esse mesmo tipo de relação:
    A) selvagens / índios;
    B) músicos / sambistas;
    C) embalagens / caixas;
    D) bananeira / bananal;
    E) quarto / cômodo.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Um candidato a prefeito, questionado sobre a legalização do aborto, explicou: “Sou contra a legalização do aborto. A Constituição já prevê os casos de aborto permitido. Como vou defender essa legalização numa cidade em que as pessoas morrem de meningite, morrem de tuberculose? A cidade tem de tratar da vida primeiro, para depois tratar desse tipo de problema”.
Nesse caso, o candidato adotou a seguinte estratégia:
    A) generalização excessiva;
    B) argumento autoritário;
    C) círculo vicioso;
    D) fuga do assunto;
    E) relação equivocada entre causa e efeito.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Observe o texto argumentativo a seguir.
“O Brasil vem tentando de tudo. Toda vez que aparece uma potência emergente no mundo, tentamos nos repensar e refazer à sua imagem. Será a China do século XXI? Ou será que já não fomos longe demais nessa bizarra e infrutífera empreitada? Por que não fazer do Brasil o próprio Brasil?” (Eduardo Giannetti, O elogio do vira-lata)
Nesse texto, o argumentador:
    A) apresenta sua própria opinião;
    B) apresenta uma opinião como geral;
    C) apresenta uma opinião alheia;
    D) apresenta e comenta uma opinião;
    E) confronta diversas opiniões.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão:
Abaixo estão as duas primeiras frases de um silogismo.
Minha mãe vai à missa todos os dias úteis.
Hoje é segunda-feira.
A conclusão adequada a esse raciocínio é:
    A) Segunda-feira é um dia útil;
    B) Hoje minha mãe vai à missa;
    C) Segunda-feira minha mãe vai à missa;
    D) Hoje é um dia útil;
    E) Nos dias úteis minha mãe vai à missa.
Clique em uma opção abaixo para responder a questão: