Curso de Receitas para Páscoa

A época da Páscoa

O nome Páscoa surgiu da palavra hebraica “pessach” (passagem) que é a saída dos judeus do Egito. É a passagem pelo Mar Vermelho, no qual Moisés conduz o povo da escravidão à liberdade.

A Páscoa também significa a esperança de uma vida melhor. O Domingo de Páscoa é a “passagem” da morte para a vida, das trevas para a luz. Foi um ato de Amor de Jesus pelos seus filhos.

A Páscoa é uma data repleta de simbolismos, tais como:

Os Ramos:

simboliza a entrada de Jesus em Jerusalém. O povo o recebia agitando ramos de palmeiras e colocando-os no caminho para ele passar

Cordeiro:

é o símbolo mais antigo da Páscoa, simboliza a aliança feita entre Deus e os homens. Um cordeiro foi sacrificado para que com o sangue do cordeiro fossem marcadas as portas evitando as mortes dos primogênitos.

Círio Pascal:

é uma vela com as letras gregas ‘alfa’ e ‘ômega’ ( início e fim) que representa a ressurreição de Cristo.

Colomba pascal:

criada na Itália em forma de pomba simboliza a Paz de Cristo e a presença do Espírito Santo.

Pão e vinho:

simboliza o corpo e o sangue de Cristo, que repartiu o pão e o vinho na Última Ceia.

Coelho:

símbolo da fertilidade, devido à sua reprodução rápida e em grande quantidade. Era sinônimo de preservação da espécie, principalmente porque naquela época o índice de mortalidade era muito grande. Também simbolizava a missão da Igreja de propagar a palavra de Deus a todos os povos, conseguindo novos discípulos.

O Ovo de Páscoa:

símbolo da renovação, do renascimento, e o começo de uma nova vida. Antigamente na quaresma eram proibidos os ovos, mas como sobravam muitos, eles eram cozidos, bentos na igreja e dados como presentes. Mais tarde começaram a ser ornados com pinturas.

Alguns reis mandavam benzer cestas de ovos e distribuíam na corte. Nessa época começaram a esvaziar os ovos e recheá-los com perfumes, pequenos objetos de decoração e joias. Até que um francês resolveu substituir essas prendas por chocolate, iniciando assim essa tradição. Somente no final do século XIX os ovos foram totalmente feitos de chocolate.

Agora, embora com tantos símbolos tão marcantes da Páscoa, ainda poderíamos acrescentar mais alguns como os maravilhosos peixes como o bacalhau, tão esperado nesta época, os pães (Folar de páscoa) tão apreciados juntamente com as Colombas, e os biscoitos com motivos tão bem aceitos por todos e que sempre fazem a alegria da criançada, como estes aqui que ficaram tão bons, mas tão bons mesmo que sumiram em poucos minutos.

A festa mais importante do calendário cristão é a páscoa e, com ela, algumas tradições e costumes, como o almoço de domingo. Então, com este curso sugerimos algumas dicas para ajudá-la na escolha do cardápio do almoço de Páscoa.

No domingo de Páscoa, as famílias se reúnem, num grande almoço, que se assemelha aos banquetes, como os que são organizados na ceia de Natal e de Ano Novo. O peru, o cordeiro e até o bacalhau costumam estar presentes.

Todas essas datas especiais têm um ponto muito positivo. Transmitir as crianças valores religiosos, morais e culturais importantes para sua formação. Invente brincadeiras e esconda os ovos. Faça pegadas com farinha, para sinalizar o caminho que o coelho fez para escondê-los.

Explique o porquê do coelho, dos ovos e qual o significado desse feriado. Mesmo que não seja cristão. Esse é um evento que faz parte das comemorações realizadas no país que ela vive. Ela precisa compreendê-lo.

Guia do bacalhau

Apesar de estar intimamente ligado à culinária portuguesa, o prato principal da Páscoa vem da Noruega. E mais, ele é o resultado do processamento e salga e secagem que pode ser feito em até cinco variedades do peixe da família Gadidae.

Os tipos

Com formatos e sabores variados, cada espécie é mais indicada para um tipo de preparo. Independentemente do tipo escolhido, calcule entre 120 g a 250 g por pessoa.

Bacalhau cod gadus morhua

codgadus

É um dos mais nobres. Seu lombo é espesso, as postas largas e a cauda cinza na forma de triângulo. Enquanto salgado, tem a coloração palha. Depois de cozido, sua carne se desfaz em lascas claras e tenras. É ideal para preparar pratos servidos em postas.

Calhau cod gadus macrocephalus

macro

Ele é vendido no Brasil há cerca de dez anos e também é conhecido como bacalhau do Pacífico. Em comparação ao morhua, a coloração é levemente mais branca e sua carne não desmancha em lascas, mas pode ser facilmente desfiada. Boa opção para recheios.

Bacalhau saithe

saithe

Seu sabor forte, o rendimento alto e o preço em conta fizeram esse peixe cai no gosto popular. Sua coloração é menos clara que os outros e tem a cauda em forma de V. Quando cozido, sua carne macia se desmancha com facilidade, por isso, é perfeito para fazer bolinhos e ensopados.

Peixe tipo bacalhau ling

ling

É fácil de reconhecê-lo, pois seu corpo é estreito, comprido e tem duas barbatanas laterais. Sua carne branca é apetitosa, firme e não desmancha com facilidade. É ideal para assados, cozidos e grelhados.

Peixe tipo bacalhau zarbo

zarbo

É o menor entre os cinco peixes tipo bacalhau. Seu corpo é mais roliço e possui barbatana dorsal contínua. Sua carne não se desmancha em lascas. Firme, é bom para cozidos e caldos.

Como comprar

O que observar para levar para casa um produto saboroso.

O legítimo bacalhau é largo e permite o corte em lombos. Observe o rabo do peixe, que deve ser reto ou ligeiramente curvado para dentro. A cor deve ser uniforme e se tiver uma espécie de “bordado” branco na extremidade não é o legítimo.

A pele deve soltar com facilidade

O ideal é que o peixe esteja bem escovado e com aparência limpa. Manchas pretas ou marrons indicam que pode haver resíduos de sangue ou bílis.

Umidade estraga o produto. Verifique se ele está bem sequinho: segure o peixe firmemente pelo alto. Se ele ficar reto ou quase, significa que está bem curado. Mas, se o peixe dobrar, significa umidade.

Sal é importante na conservação do produto, mas em excesso altera o sabor e o valor nutritivo.

Dessalgue

Um dos momentos mais importantes do preparo do bacalhau. Se errar aqui, é bem possível que a receita não dê certo. Giselle Martins, consultora técnica do Conselho Norueguês da Pesca, dá as dicas para deixar o peixe pronto para o preparo. “O tempo de molho e a frequência da troca de água dependem da altura das postas do peixe”, explica.

O bacalhau deve ser dessalgado imediatamente após a sua compra. O melhor momento para retirar a pele do peixe é quando ele ainda estiver salgado. Corte-o em postas e coloque-o em um vasilhame sob um fio de água por cerca de 10 minutos.

Depois acrescente algumas pedras de gelo e leve a vasilha à geladeira com bastante água. Dessa maneira, a carne ficará tenra e consistente. É importante manter o peixe refrigerado para que o processo de cozimento não comece durante o dessalgue.

Troque a água a cada seis horas.

O tempo de molho depende da altura das postas:

Postas muito grossas: 48 horas
Postas grossas: 40 horas
Postas normais: 24 horas
Bacalhau desfiado: 6 horas

Para saber se o peixe realmente dessalgou, prove um pedaço da parte central da peça. Se dessalgou, o restante também estará sem sal.

Congelamento

Para aqueles dias em que bater vontade de comer bacalhau, vale a pena ter ao menos uma porção do peixe congelado. Mas observe os cuidados necessários. Jamais congele o bacalhau ainda salgado.

Depois de fazer a dessalga, enxugue o peixe com um papel absorvente. Pincele a superfície com azeite. Isso vai evitar o ressecamento provocado pelo gelo. Coloque-o em um saco plástico ou em uma vasilha de vidro. Retire todo o ar e leve ao freezer.

Para descongelar, o ideal é retirar do freezer para a geladeira, e esperar o descongelamento. Mas não há inconveniente em descongelar o bacalhau na temperatura ambiente.

Receitas de bacalhau para a Páscoa

Bacalhau com pimenta ancho coberto com ervas aromáticas

Ingredientes
400 g de lombo de bacalhau dessalgado
3 pimentões amarelos
150 g de batata
50 g de cebola roxa
3 unidades de pimenta de cheiro
75 g de azeitonas verdes
75 ml de azeite de oliva
30 ml de vinho do porto
20 g de alho
15 g de manjericão
10 g de tomilho
5 g de ciboulette
50 ml creme de leite
75 g manteiga

Modo de Preparo
Aqueça a frigideira. Coloque o azeite de oliva e refogue o pimentão, junto com a cebola e o alho e, logo em seguida, acrescente a azeitona, a batata, o creme de leite, o tomilho, o manjericão e o ciboulette.

Acrescente 500 ml de água e deixe cozinhar por 20 minutos. Retire e, depois de esfriar, bata no liquidificador ou no processador. Retorne ao fogo baixo e deixe mais 10 minutos, para reduzir. Para montagem do prato, aqueça a frigideira e depois acrescente 20 ml de azeite de oliva, grelhando o bacalhau por 6 minutos em fogo baixo.

Vire o bacalhau e deixe por mais 4 minutos, adicionando a mistura. Coloque sal e pimenta a gosto. Sirva em seguida.

Farofa de bacalhau da Noruega à baiana

Ingredientes
1,6 kg de bacalhau saithe desfiado
4 tomates
1 cebola branca, cortada em rodelas finas
1 cebola roxa, cortada em rodelas finas
2 bananas da terra
1 pimentão amarelo
1 pimentão vermelho
1 pimentão verde
6 colheres (sopa) de salsa picada
10 colheres (sopa) de coentro picado
6 colheres (sopa) de cebolinha picada
2 colheres (sopa) de pimenta de cheiro picada
1 xícara (chá) de azeite de dendê
1 kg de farinha de mandioca
½ xícara de azeite de oliva
Sal a gosto

Modo de Preparo
Colocar todos os temperos, já cortados, em uma vasilha funda. Dividir as ervas em duas partes. Despejar na panela o azeite de dendê, o azeite de oliva, pimenta, sal a gosto, metade das ervas e misturar levemente. Acrescentar o bacalhau, e, aos poucos, juntar a farinha de mandioca, misturando com muito cuidado. Provar o sabor. Dividir a farofa em duas partes. Em um refratário, arrumar a primeira camada da farofa e acrescentar um pouco das ervas. Depois, acrescentar a segunda parte da farofa, o restante das ervas e decorar com fatias de banana da terra frita.

Escondidinho de bacalhau da Noruega com mandioquinha

Ingredientes
1,5 kg de bacalhau saithe, ling ou zarbo, dessalgado, em pedaços
2 pimentas dedo-de-moça picadas
1 pimentão verde picado
1 pimentão vermelho picado
2 cebolas médias picadas
4 dentes de alho amassados e picados
6 colheres (sopa) de coentro picado
1,5 l de leite de coco
sal a gosto

Para a mousselina de mandioquinha
2 kg de mandioquinha
4 colheres (sopa) de manteiga
500g de queijo coalho ralado
Sal, a gosto

Modo de Preparo
Desfiar o bacalhau e levar ao fogo uma panela com o azeite e a cebola picada. Acrescente o alho e deixe dourar. Junte os pimentões e a pimenta dedo-de-moça. Adicione o bacalhau desfiado e mexa delicadamente, misturando bem. Acrescente o leite de coco e cozinhe por 15 minutos.

Salpique o coentro picado e sal a gosto, tire do fogo e reserve. Cozinhe a mandioquinha em água e sal. Passe pelo processador até que forme um purê bem homogêneo. Voltar ao fogo, adicionando manteiga e sal.

Em uma vasilha de porcelana refratária, ou de barro, arrume uma camada de bacalhau, cubra com a mousseline de mandioquinha e polvilhar com o queijo coalho ralado. Levar ao forno até derreter.

Legumes recheados com bacalhau da Noruega

Ingredientes
400 g de bacalahu desfiado e dessalgado
4 abobrinhas ou miniabóboras, ou tomates, ou pimentão ou berinjela para rechear
1/2 xícara de (cha) de manteiga
1 cebola picada
1 dente de alho picado
1/2 xícara (cha) de farinha de trigo
1/2 litro de leite frio
1/2 xícara (cha) de salsa e cebolinha picadas
1/2 xícara (cha) de requeijão cremoso
Queijo parmesão ralado e farinha de rosca para gratinar
Sal e pimenta-do-reino, a gosto

Modo de Preparo
Doure a cebola e o alho na manteiga. Junte a farinha e deixe corar ligeiramente. Sempre mexendo, adicione o leite e deixe cozinhar até obter um creme espesso. Acrescente o bacalhau desfiado e aferventado previamente, misturando bem. Coloque o requeijão, a salsa e a cebolinha. Acerte o sal, a pimenta e retire do fogo. Corte os legumes ao meio, retirando suas polpas. Recheie com a massa, polvilhe queijo ralado, farinha de rosca e leve ao forno alto para gratinar. Retire do forno quando estiver bem dourado. Sirva em seguida.

Bacalhau ao forno à portuguesa

Ingredientes
1 posta média de bacalhau desalgada;
1l de água;
1 cebola média;
3 batatas médias cozidas;
2 talos de brócolis cozido;
1 ovo cozido;
3 colheres (sopa) de azeite;
3 dentes de alho laminado;
cebolinha para decorar.

Modo de Preparo
Coloque em uma panela a posta do bacalhau e a água. Ferva por 10 minutos em fogo alto. Escorra a água, coloque o bacalhau, uma colher de azeite, a cebola picada e as batatas cortadas em rodelas em uma forma e leve ao forno médio com por cerca de 15 minutos.  Na hora de servir, acrescente o brócolis e o ovo cozido e coloque um pouco de azeite, a cebola e alho laminado sobre bacalhau. Decore com cebolinha. As batatas e o brócolis cozinhe como de costume.

Bacalhau Thai

Ingredientes
2 lombos de bacalhau dessalgado (250 g cada)
100 ml azeite extra virgem
10 tomates cereja cortados ao meio
4 dentes de alho fatiado
1 pimenta dedo-de-moça em rodelas
¼ de xícara de folhas de manjericão thai ou alfavaca
½ xícara de vagem em lâminas finas
1 colher de sopa de manteiga

Para o molho:
2 colheres (sopa) azeite
300 g de abóbora japonesa em pedaços
1 cebola
1 alho-poró
1 dente de alho
1 xícara de leite de coco
½ xícara de água
2 colheres (sopa) de molho de peixe (nampla)
1 colher de sopa de pimenta em pasta

Modo de Preparo
Em uma panela, aqueça o azeite e refogue a cebola e o alho-poró até amaciar. Adicione a abóbora e o alho e refogue por mais 3 minutos. Adicione água, leite de coco, o nampla e a pimenta, e cozinhe em fogo baixo até amaciar a abóbora. Bata no liquidificador e coe com uma peneira.

Em uma frigideira com azeite, doure apenas um lado de cada lombo e reserve. Coloque azeite no fundo de um refratário, arrume os tomates virados para baixo, cubra com as lâminas de alho, pimenta e manjericão, tempere com sal e pimenta e coloque o bacalhau por cima. Asse em forno médio por 12 minutos.

Em outra frigideira derreta a manteiga e refogue rapidamente as lâminas de vagem, temperando-as com sal e pimenta. Para a montagem, coloque a vagem no fundo do prato, os tomates e o bacalhau por cima de tudo e regue com o molho em volta.

Entradas e saladas

Brie en croute

Ingredientes
Queijo Brie de 1kg
Massa folhada comprada pronta
1 ovo
2 colheres de sopa de água

Modo de Preparo
Corte a massa folhada em dois círculos com diâmetro 5 cm maior que o brie. Pincele o queijo com a clara para que ele possa aderir à massa e coloque a massa folhada sobre ele. Vire ao contrário e cubra o outro lado com o segundo disco de massa. Passe a clara na parte de dentro das bordas para fechar os dois discos. Use a clara para grudar tirinhas de massa folhada na parte de cima, para decorar. Antes de assar, deixe o brie já coberto por 4 horas da geladeira, para que ele não estoure no forno. Misture a gema com a água e pincele sobre o brie. Asse em forno a 200 graus até que fique bem dourado.

Salada de Camambert quente em crosta de mel trufado

Ingredientes
100 g de folhas verdes variadas
30 ml de azeite extra virgem
10 ml de aceto balsâmico
30 g de amêndoas em lascas torradas
1 figo fresco maduro
200 g de queijo camambert de boa qualidade
40 g de amêndoas torradas e finamente picadas
30 g de farinha de pão fresco
50 g de mel trufado (pode ser usado mel comum ou com outros aromas)
1 gema de ovo pequena

Modo de Preparo
Em um prato arrume as folhas deixando espaço para colocar o queijo. Tempere as folhas com o azeite e o aceto balsâmico e espalhe as lâminas de amêndoas por cima. Corte o figo em pedaços pequenos e guarneça a salada. Por último, coloque o queijo ainda quente e sirva imediatamente.

Para o queijo:
Misture a gema com o mel trufado coma a ajuda de um garfo e reserve. Em uma tigela misture as amêndoas e a farinha de pão fresco. Tempere com sal e pimenta e reserve. Preaqueça o forno a 190ºC (temperatura média). Divida o queijo em duas partes iguais. Pincele a mistura de mel e gema por todo o queijo e, em seguida, passe na farinha de amêndoas temperada. Coloque no forno por cerca de 5 minutos ou até que a crosta esteja dourada e o queijo macio (sem se desmanchar). Coloque no pato com a salada.

Salada Rica

Ingredientes
1 pé de alface americana
1 maço de agrião
1 ramo de tomilho
1 maço de rúcula
1 pacotinho de tomate sweet grape
1 dente de allho
2 beterrabas
1 vidro de palmito em conserva
2 cenouras
1 limão
5 colheres de aceto balsâmico
2 colheres de vinagre branco
azeite, sal e pimenta a gosto

Modo de Preparo
Higienize todas as folhas e reserve. Corte os palmitos em forma diagonal. Corte os tomates ao meio. Rale a cenoura bem fininha. Descasque as beterrabas e corte-as em meia-lua. Em uma frigideira, coloque uma colher de sopa de azeite e doure as beterrabas juntamente com o dente de alho e o tomilho até caramelizar. Adicione meio copo de aceto balsâmico e deixe reduzir. Asse as beterrabas envoltas em papel alumínio no forno a 100 graus por 35 minutos. Em uma saladeira, coloque todas as folhas, os palmitos, as beterrabas assadas, a cenoura e o tomate. Adicione o vinagrete a gosto.

Para o vinagrete de limão:
Em um bowl, coloque 5 colheres de sopa de azeite, 2 colheres de sopa de vinagre, sal, pimenta e meio limão espremido.

CAMARÃO COM CATUPIRY

2 kg de camarão
1 vidro de palmito
1 bisnaga de queijo Catupiry ou requeijão cremoso
1/2 xícara (chá) de leite
1 colher (sopa), de margarina
4 tomates grandes batidos no liquidificador
1 colher (sopa) de óleo
1 colher (sopa) de cebola picadinha
Salsa e cebolinha
Pimenta vermelha e pimenta-do-reino
Sal
Limão
Amido de Milho

Modo de Preparo
Limpe os camarões, lave com água e limão. Tempere com sal e pimenta do reino. Refogue a cebola picada no óleo e a margarina misturados. Junte os camarões, os temperos e abafe. Quando ferver, acrescente o suco de tomate e deixe no fogo uns quinze minutos. Acrescente o palmito cozido. Engrosse com uma colher (chá) de amido de milho dissolvida no leite. Forre um pirex com o queijo Catupiry, espalhando-o bem, como se estivesse forrando uma fôrma com massa. Sobre o Catupiry, coloque o recheio de palmito e camarão. Polvilhe com bastante parmesão ralado e leve ao forno quente.

SUFLÊ DE MILHO

Ingredientes:
2 ovos
5 cenouras cozidas
1 xícara de queijo parmesão
1 colher de farinha de trigo
1 colher de manteiga
1 e 1/2 xícara de leite
1 dente de alho
1 pitada de sal
1 pitada de fermento em pó
1 pitada de noz-moscada
1 xícara de milho verde

Modo de Preparo
Bater as claras dos ovos até ficar em neve. Pegar todos os outros ingredientes, inclusive as gemas dos ovos, e bater no liquidificador. Colocar tudo dentro de um pirex untado e por cima às claras em neve. Levar ao forno por 30 minutos.

CANELONI DE ESPINAFRE

Ingredientes:
500g de ricota fresca
500g de massa de caneloni
1 maço de espinafre
500gr de molho branco
1/2 xícara (café) de azeite
2 dentes de alho
Sal e pimenta-do-reino a gosto.

Modo de Preparo
Cozinhe o espinafre em água e sal. Pique-o, juntando a ricota. Tempere com sal, pimenta-do-reino e alho. Junte o azeite e 1 xícara (café) de Molho Branco Parmalat. Misture bem até obter uma massa homogênea. Recheie o caneloni, já cozido em água, sal e óleo. Cubra com o restante do Molho Branco, levando ao forno médio para gratinar.

Salada Maravilha

Ingredientes
1/2 pé(s) de alface crespa roxa
1/2 maço(s) de rúcula
1/2 maço(s) de agrião
10 folha(s) de endivias
6 tomate(s)-cereja(s)
6 aspargos
4 fatia(s) de abacaxi em calda
1/2 xícara(s) de chá de pistache(s)
2 xícara(s) de chá de vinho do porto
1 xícara(s) de chá de azeite de oliva
3 colher(es) de sopa de vinagre balsâmico

Modo de Preparo

Higienizar as saladas
você já deve ter guardado suas verduras muito bem lavadas, quando às comprou. se isto não foi feito:

lavar uma a uma das folhas de 1/2 pé(s) alface crespa roxa, 1/2 maço(s) de rúcula, 1/2 maço(s) de agrião e 10 folha(s) de endivias em água corrente. Colocar as folhas em uma bacia, cobrir com água, adicionando 1 colher de sopa de água sanitária para cada litro de água. deixar de molho por 30 minutos. escorrer bem a água, não enxaguar, levar ao secador de salada. lavar 6 de tomate(s)-cereja(s) cortar no meio e reservar.

Montar a salada
Em uma travessa grande picar a alface roxa e colocar no fundo da travessa, espalhar a rúcula e o agrião de maneira uniforme, colocar as folhas de endívias alternadamente para que sua salada fique bem colorida. Espalhar os tomates cerejas cortados, 6 aspargos em conserva cortados em pedaços não muito grandes, 4 fatia(s) de abacaxi em calda picado e 1/2 xícara(s) de chá de pistache(s) sem casca. Em uma panela colocar 2 xícara(s) de chá de vinho do porto e deixar ferver por 15 minutos em fogo baixo, depois disso ir despejando 1 xícara(s) de chá de azeite de oliva e bater com batedor para ficar homogêneo, misturar 3 colher(es) de sopa colher(es) de sopa de vinagre balsâmico colocar em uma molheira e servir com a salada.

Sugestão para almoço de Páscoa

Linguado Recheado com Camarão e Molho Picante

Ingredientes
400 grama(s) de filé(s) de linguado
1/2 limão(es)
1 folha(s) de louro
1 pimenta(s) vermelha(s) dedo-de-moça
1/2 colher(es) de chá de sal
150 grama(s) de camarão(es) médio(s) limpo(s)
1/2 limão(es)
1/2 cebola(s) pequena(s)
1/2 colher(es) de chá de sal
1 colher(es) de sopa de azeite de oliva
1/2 cebola(s) pequena(s)
1 dente(s) de alho
1 ½ xícara(s) de chá de molho básico de tomate
1/2 colher(es) de chá de ervas finas
1 ½ colher(es) de chá de molho de tabasco
rolo(s) de papel alumínio
1 colher(es) de sopa de azeite de oliva
1 dente(s) de alho
1 colher(es) de sopa de salsinha

Modo de Preparo

Iniciar Preparo
Temperar 400 grama(s) de filé(s) de linguado cortado fino, com 1/2 limão(es) espremido(s), 1 folha(s) de louro, 1 pimenta(s) vermelha(s) dedo-de-moça e 1/2 colher(es) de chá de sal. Deixar neste tempero por 30 minutos.

Temperar os Camarões
Temperar 150 grama(s) de camarão(es) médio(s) limpo(s), com 1/2 limão(es) espremido(s), 1/2 cebola(s) pequena(s) ralada(s) passada na peneira e 1/2 colher(es) de chá de sal. Deixar neste tempero por 30 minutos.

Preparar o Molho
Em uma panela colocar 1 colher(es) de sopa de azeite de oliva, refogar 1/2 cebola(s) pequena(s) ralada(s) e 1 dente(s) de alho espremido(s), acrescentar 1 ½ xícara(s) de chá de molho básico de tomate, 1/2 colher(es) de chá de ervas finas e 1 ½ colher(es) de chá de molho de tabasco , deixar levantar fervura e reservar. Pré-aquecer o forno em temperatura forte 10 minutos antes de assar o linguado.

Em um pirex colocar um pouco do molho. Retirar os filés e os camarões do tempero e escorrer, em seguida rechear os filés com 2 camarões, enrolar e colocar no pirex com a parte da dobra para baixo, arrumando um ao lado do outro. Enfeitar colocando um camarão em cima de cada enroladinho de filé, caso sobre mais algum, espalhar dentro do pirex e distribuir o restante do molho. Levar em forno médio, coberto com 0 rolo(s) de papel alúminio por 15 minutos aproximadamente.

Montar o Prato
Dourar em uma frigideira 1 colher(es) de sopa de azeite de oliva, e 1 dente(s) de alho espremido(s). Retirar os filés do forno e despejar o alho dourado por cima e salpicar 1 colher(es) de sopa de salsinha picada. Servir em seguida.

Arroz Colorido

Ingredientes
1/2 tablete(s) de caldo de galinha
2 xícara(s) de chá de água
1 xícara(s) de chá de arroz
1/2 colher(es) de sopa de óleo
1/2 cenoura(s) pequena(s)
1/2 alho(s)-poró(s)
1/2 xícara(s) de chá de repolho(s) roxo(s)
1/2 pimentão(ões) amarelo(s)
1/2 pimentão(ões) vermelho(s)
1/2 xícara(s) de chá de ervilha fresca

Modo de Preparo

Iniciar o Preparo
Dissolver 1/2 tablete(s) de caldo de galinha em 2 xícara(s) de chá de água fervente e reservar. Lavar e escorrer 1 xícara(s) de chá de arroz. Refogar o arroz em 1/2 colher(es) de sopa de óleo ao fogo forte. Juntar ao arroz 1/2 cenoura(s) pequena(s) cortada em cubinhos, 1/2 alho(s) poró(s) cortado(s) em fatias finas, 1/2 xícara(s) de chá de repolho(s) roxo(s) cortado em tirinhas, 1/2 pimentão(ões) amarelo(s) picado(s) em tirinhas, 1/2 pimentão(ões) vermelho(s) picado(s) em tirinhas e 1/2 xícara(s) de chá de ervilha fresca. misturar bem.

Acrescentar o caldo de galinha reservado. Deixar cozinhar em fogo baixo, em uma panela meio tampada, por 15 minutos aproximadamente, ou até o arroz secar. Colocar em uma travessa redonda pré-aquecida no bafo de uma panela (ver dica) e servir em seguida.

Dica: Esquentar travessas no bafo: qualquer panela que esteja no fogo, quando destapada, solta um bafo quente. coloque as travessas nas quais servirá a comida pronta em cima destas panelas, para esquentá-las.
Prato único: se for usar como prato único simples, faça também uma salada.

Almoço de Páscoa – Mesa temática passo a passo

1/3 maço de margaridas limone
½ maço de flores de erva-doce
1/3 maço de folhas de camélia
01 disco floral de 23 cm de diâmetro
01 guirlanda de ovos (artificial)

Técnica:
Arranjo maciço com uso de guirlanda de ovos. Com uma faca acertar o disco floral (que já deve estar umedecido) de maneira que este se encaixe no meio da guirlanda de ovos. Essa guirlanda é feita com imitação de ovos comuns, feitos em resina. É um material que pode ser guardado para outra Páscoa. Já vem montada e é encontrada em casas especializadas em materiais para arranjos.

Com as folhas de camélia fazer um fundo verde, por todo o floral, dando estrutura ao arranjo a ser forrado. Corte vários cabinhos, com diferentes tamanhos e vá colocando. Deixe espaços para serem colocadas as flores. Umedeça essas folhas com um borrifador. Elas ficarão mais brilhantes e aumentarão o aspecto de frescor.
As margaridas são agrupadas de três em três ou de cinco em cinco flores (sempre em números ímpares) pelo disco floral. Não muito perto uma das outras. Da mesma maneira, corte vários cabinhos, com tamanhos diferentes e vá encaixando. As flores de erva-doce complementam o arranjo. Devem ser posicionadas, entre as margaridas, um pouco acima destas dando leveza e luminosidade ao arranjo.

DECORAÇÃO COM OVOS COZIDOS COLORIDOS

PREPARAÇÃO DOS OVOS COZIDOS

Para que fiquem bem duros: Deixe cozinhando por uns 8 a 10 minutos depois que a água levantar fervura.

Tire da água fervendo e coloque em água fria corrente até que estejam, ao menos, mornos. Você pode usar água gelada, também. Daí o tempo de imersão é de mais ou menos 3 a 5 minutos.

MATERIAL:

15 a 20 gotas de CORANTE DE COMIDA em várias cores.

1 colher de sopa de VINAGRE.

Mais ou menos menos MEIO COPO DE ÁGUA em temperatura ambiente

VASILHAS. De preferência PRATOS DE PLÁSTICOS descartáveis porque esse corante tinge tudo o que vê pela frente – rsrs.

COLHERES DE PLÁSTICO – porque são descartáveis. Mas, pode usar palito de sorvete ou então uma luva descartável.

OVOS COZIDOS – BEM DUROS.

MODO DE FAZER:
Misture o corante + o vinagre + a água e mexa bem. Coloque o ovo dentro da vasilha e vá girando dentro do corante.  QUANTO MAIS TEMPO FICAR NO CORANTE, MAIS FORTE FICA A COR. E vice versa. Deixe os ovos secando encima de um jornal velho. Só esse processo, já deixa os ovos muito bacanas e festivos para se colocar como decoração na mesa do domingo de Páscoa.

Receitas Doces

Bolo de Mel com Frutas

Para a primeira parte da receita separe:
6 gemas
1/2 Kg de açúcar
1 copo americano de mel
1 copo americano de óleo
1 copo americano de café bem forte
Suco e raspas de 1 limão

Modo de preparo:
Coloque na batedeira primeiro o mel, o óleo, o açúcar e as gemas. Tudo de uma vez. Bata muito bem até obter um creme liso. Com a batedeira funcionando, adicione o copo de café. Adicione em seguida as raspas e o suco de limão. Preste atenção para os próximos ingredientes. Aos poucos adicione 600 gramas de farinha de trigo, sempre com a batedeira em movimento. Adicione uma colher de sopa de canela em pó.

Adicione em seguida 1 colher de sopa de cravo moído e 1 colher de sopa de noz moscada em pó. Agora adicione 1 colher de sobremesa de bicarbonato de sódio e 1 colher de sobremesa de fermento em pó. Junte ao seu gosto 300 gramas de frutas cristalizadas variadas, passas e inclua nozes moídas. Termine juntando uma maçã grande ralada Bata muito bem pela segunda vez.

Bata as claras em neve e misture com a massa delicadamente. Despeje nas formas untadas e enfarinhadas com farinha de rosca. Como dissemos essa é uma receita que rende até 10 bolos pequenos. Leve para assar por 40 minutos até dourar. Espere esfriar e desenforme. Pra facilitar sua vida com a cobertura, derreta no microondas chocolate fracionado. O chocolate fracionado tem uma parte de gordura vegetal e é usado para coberturas de bombons, bolos e ovos de chocolate.

Mergulhe o bolo, somente a parte de cima, e reserve até endurecer. Isso é bem rápido. Deixe seu bolo para embalar mais próximo da data de presentear. Você ainda pode polvilhar frutas cristalizadas sobre esse chocolate e deixar o seu bolo ainda mais bonito.

BISCOITOS PASQUALINOS

INGREDIENTES
1 1/3 xícaras (185g) de farinha de trigo
¼ xícara (50g) de açúcar cristal usei o refinado
1 gema
½ colher de chá de extrato de baunilha
1 colher de chá de raspas de limão, usei o siciliano
½ xícara + 1 colher de sopa (127g) de manteiga sem sal gelada e em pedaços, usei 130grs.

Cobertura
1 clara
¾ xícara (105g) de açúcar de confeiteiro, peneirado
2 colheres de chá de suco de limão
1 colher de chá de extrato de baunilha
Opcional: corantes alimentícios em gel.

MODO DE PREPARO
No processador colocar a farinha, o açúcar e as raspas de limão e pulsar para misturá-los. Acrescentar a manteiga e pulse até obter a textura de uma farofa grossa. Em seguida com o processador ligado juntar a gema e a baunilha e bater apenas até a massa se formar. Embrulhe a massa em um filme plástico e leve à geladeira por 1 hora ou até firmar, eu só deixei ½ hora. Pré-aquecer o forno a 180° e forrar as assadeiras com papel manteiga.

Abrir a massa com um rolo na espessura de 5mm e cortar com um cortador do modelo que desejar, as aparas podem ser usadas de novo. Transferir para as assadeiras e levar à geladeira por 10 minutos antes de assar ( eu pulei esta etapa). Assar por cerca de 12 minutos ou até que dourem nas extremidades. Deixar esfriar sobre uma grade. Assim que os biscoitos estiverem frios espalhar a cobertura sobre eles e leve-os de novo ao forno por 4 a 5 minutos até que a cobertura seque. Deixar esfriar completamente.

Cobertura
Bata a clara em neve até obter picos firmes. Juntar o açúcar, o suco de limão e a baunilha e bata mais até obter uma mistura brilhante e espessa. Se quiser podem usar corantes alimenticios de preferência em gel (como eu fiz em alguns) misturando na cobertura algumas gotas até obter a cor desejada.

Colomba Pascal

Ingredientes Massa
4 tabletes de fermento biológico fresco
6 1/2 xícaras de chá de farinha de trigo especial
1 1/2 xícara de chá de açúcar refinado
1 1/2 xícara de chá de leite integral – morno (35° C)
1 1/2 xícara de chá de margarina sem sal
2 colheres de sopa de sal refinado
4 unidades de gemas de ovos
1 xícara de chá de água – morna (35° C)
2 xícaras de chá de frutas cristalizadas
1 1/2 xícara de chá de uva passa sem semente

Cobertura Ingredientes
2 xícaras de chá de farinha de trigo especial
1 xícara de chá de açúcar refinado
1 xícara de chá de açúcar de confeiteiro
4 unidades de claras de ovos

Decoração Ingredientes
1 xícara de chá de castanha de caju torrada sem sal – triturada

Modo de preparo
Misture o fermento no leite morno. À parte, bater o açúcar, as gemas, a margarina até formar um creme. Reserve. Misture a farinha, o leite, a água, o creme e misture até obter uma massa macia. Acrescente as frutas cristalizadas e as uvas passas, misture novamente. Divida a massa em duas partes, colocando cada parte em formas para colomba com capacidade para 750 grs. Deixe descansar por duas horas até que a massa atinja a borda da forma.

Deixe um comentário

Estude Grátis é uma simples e poderosa ferramenta que lhe ajudará a passar nos melhores Concursos Públicos. São milhares de Questões de Concurso para você filtrar e estudar somente aqueles temas que estão especificados em seu Edital.

Estude Grátis © 2017 - Desde 2011