Questões de Medicina de Neurocirurgia

 /   /   /  Neurocirurgia

Pesquise mais Questões de Medicina de Neurocirurgia abaixo,

CESPE - SESA - ES - Médico Neurocirurgião - 2013
Medicina / Neurocirurgia

Em relação aos exames complementares no diagnóstico diferencial dos tumores cerebrais, assinale a opção correta.

a) A ressonância com espectrofotometria é o exame de neuroimagem com maior sensibilidade e especificidade para neoplasias cerebrais.
b) O spect cerebral é um exame muito sensível e específico e sempre deve ser utilizado no diagnóstico diferencial de neoplasias cerebrais.
c) O PET (tomografia por emissão de pósitrons) deve ser utilizado no diagnóstico diferencial entre neoplasias e doença desmielinizante.
d) As neuroinfecções são um diagnóstico diferencial de importância secundária.
e) A tomografia não tem validade para determinação do local da biópsia esterotáxica.

CESPE - SESA - ES - Médico Neurocirurgião - 2013
Medicina / Neurocirurgia

Com relação às neuroinfecções, assinale a opção correta.

a) Em caso de suspeita de infecção por herpes vírus, pode ser utilizado o aciclovir, com a seguinte posologia: 10 mg/kg/dose a cada oito horas, pelo período de catorze a vinte e um dias, associado a corticoesteróides como a dexametasona, que diminuem a morbi-mortalidade.
b) No tratamento da neurocisticercose, durante todo o curso da doença, o corticóide é associado ao albendazol, que é utilizado profilaticamente para prevenção de crises convulsivas e minimização das reações meníngeas.
c) A malária cerebral apresenta-se como uma cefaleia severa, progressiva, em que manifestam-se confusões, crises convulsivas, febres altas, coma e morte de 10% dos pacientes.
d) Meningites são processos agudos que comprometem as leptomeninges (pia-aracnoide ), ocasionando reação inflamatória do espaço subdural e das membranas que envolvem o encéfalo e a medula espinhal. Essa reação é detectada no líquido cefalorraqueano.
e) Sintomas como febre, cefaleia, vômito, rigidez de nuca, outros sinais de irritação meníngea (Kernig e Brudzinski), convulsão, sufusões hemorrágicas (petéquias) e torpor podem evidenciar suspeita de encefalite sem meningite.

CESPE - SESA - ES - Médico Neurocirurgião - 2013
Medicina / Neurocirurgia

Assinale a opção que indica as características que um caso suspeito de mielopatia associada ao HTLV-1 pode apresentar.

a) atrofia da medula lombossacra, revelada por ressonância magnética; imagens hiperintensas em substância branca cerebral; urodinâmica com bexiga neurogênica
b) sorologia positiva no sangue e não no LCR; LCR apresentando leve pleocitose mononuclear, hiperproteinorraquia, bandas oligoclonais de IgG e aumento da síntese intratecal de anticorpos específicos
c) disfunção autonômica caracterizada por distúrbio miccional (aumento da frequência urinária, urgência, incontinência, disúria, jato fraco ou intermitente e sensação de esvaziamento incompleto da bexiga ); distúrbio intestinal (constipação ou incontinência ) e disfunção erétil
d) dormências ou formigamentos intensos de predomínio distal nos membros superiores e inferiores - neuropatia em bota e luva
e) fraqueza muscular predominantemente nos membros superiores, com reflexos profundos aumentados, com ou sem clono e sinal de Babinski; fraqueza muscular generalizada, com ou sem mialgias, associada, ou não, à diminuição de reflexos profundos

CESPE - SESA - ES - Médico Neurocirurgião - 2013
Medicina / Neurocirurgia

Com relação à dor neuropática, assinale a opção correta.

a) O tratamento farmacológico, atualmente, é o mais eficiente para dor neuropática.
b) A cirurgia funcional com colocação de marcapasso apresenta baixa evidência clínica no tratamento da dor neuropática.
c) A dor crônica pós-operatória e a síndrome do túnel do carpo são situações clínicas relacionadas à dor neuropática.
d) A principal modalidade de diagnóstico da dor neuropática é a eletroneuromiografia.
e) O diagnóstico da dor do membro fantasma requer exames complementares.

CESPE - SESA - ES - Médico Neurocirurgião - 2013
Medicina / Neurocirurgia

Assinale a opção correta no que se refere à neurocisticercose.

a) O diagnóstico da doença é feito com exames de neuroimagem e exames imunológicos no líquor. Os dados epidemiológicos são secundários.
b) A inclusão da neurocisticercose no rol de doenças de notificação compulsória nacional apresenta atualmente bons resultados, no que diz respeito à fiscalização dos produtos de origem animal, hortas e comerciantes.
c) No Brasil, a neurocisticercose é considerada doença endêmica nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná e Minas Gerais, mas não é considerada endêmica no Distrito Federal e no Espírito Santo.
d) Os sintomas clínicos mais comuns dessa doença, em ordem decrescente, são cefaléia, compressão medular, hipertensão intracraniana, crises convulsivas, meningite, meningoencefalite, distúrbios psiquiátricos e acidente vascular encefálico.
e) Na ocorrência dessa doença, a maioria dos pacientes sofre mais de um sintoma clínico.

CESPE - SESA - ES - Médico Neurocirurgião - 2013
Medicina / Neurocirurgia

Acerca do tratamento endovascular de aneurismas e malformações vasculares, assinale a opção correta.

a) O tratamento convencional com clipagem apresenta maior morbidade e mortalidade.
b) O tratamento endovascular não requer a repetição da angiografia e é definitivo.
c) A morbi-mortalidade, em alguns casos, é maior com o tratamento endovascular.
d) As complicações do tratamento convencional impedem a resolução definitiva, diminuindo a eficácia.
e) O tratamento endovascular não é associado ao diagnóstico angiográfico, o que constitui uma desvantagem dessa forma de tratamento.

CESPE - SESA - ES - Médico Neurocirurgião - 2013
Medicina / Neurocirurgia

No tocante à hanseníase, assinale a opção correta.

a) A hanseníase, além da neuropatia periférica, pode provocar lesões primárias nos músculos estriados e lisos.
b) A hanseníase mantém-se com padrão endêmico na Índia, Brasil, Venezuela, Colômbia, Peru (Amazônia Legal) e Argentina, países onde há dados de estudos epidemiológicos.
c) A mononeuropatia múltipla e as lesões de pele hiperestésicas são características do envolvimento do sistema nervoso periférico.
d) Para o tratamento da hanseníase, utilizam-se quimioterápicos, como a dapsona e evita-se o uso de corticoesteroides.
e) A granulomatose linfóide é um dos diagnósticos diferenciais com características clínicas muito semelhantes, como a mononeuropatia e as lesões de pele.

CESPE - SESA - ES - Médico Neurocirurgião - 2013
Medicina / Neurocirurgia

Em relação às doenças priônicas, assinale a opção correta.

a) Aproximadamente 85% dos casos pertencem à forma da nova variante da doença de Creutzfeldt-Jakob, conhecida como doença da vaca louca, que pode ser transmitida pelo consumo de carne bovina.
b) Por se tratar de doença rara, não há a necessidade de a doença ser notificada com o intuito de prevenir eventual transmissão por doação de órgãos e possível transmissão por material biológico, haja vista que tem alta infectividade.
c) Entre outras formas de transmissão da doença já identificadas, podem-se citar as secreções, os transplantes de tecidos e hemoderivados, além do contato direto de pele íntegra.
d) A presença de atividade periódica no eletroencefalograma, a detecção da proteína 14-3-3 no líquor cefalorraquidiano, o sinal hiperintenso anormal na ressonância magnética pela técnica de difusão do córtex cerebral e gânglios da base são biomarcadores de alta sensibilidade.
e) A doença de Creutzfeldt-Jakob é a doença priônica mais frequente nos seres humanos.

CESPE - SESA - ES - Médico Neurocirurgião - 2013
Medicina / Neurocirurgia

Assinale a opção que contém a classe de medicamentos indicada no tratamento do Alzheimer.

a) antagonistas dopaminérgicos
b) anticolinesterásicos
c) modafinila e metilfenidato
d) anti-histamínicos
e) antidepressivos

CESPE - SESA - ES - Médico Neurocirurgião - 2013
Medicina / Neurocirurgia

Considerando que o vasoespasmo é a principal complicação no pósoperatório de cirurgia vascular cerebral, é correto afirmar que

a) o pico do vasoespasmo ocorre em torno do décimo dia.
b) pode ser causa de acidente vascular cerebral isquêmico ou de morte em até 10% dos pacientes com hemorragia subaracnóide.
c) é observado entre o quarto e o quinto dia após o segmento.
d) na fisiopatologia do vasoespasmo, está envolvido o quadro inflamatório do endotério vascular.
e) em torno do décimo quarto dia, há recanalização e fluxo na região do vasoespasmo.



Seja aprovado em 1 ano Conheça o método para ser aprovado em Concurso Público

Estude Grátis é uma simples e poderosa ferramenta que lhe ajudará a passar nos melhores Concursos Públicos. São milhares de Questões de Concurso para você filtrar e estudar somente aqueles temas que estão especificados em seu Edital.