Pesquise mais Questões de Nefrologia abaixo,

IADES - Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares - EBSERH - BA (HUPES - UFBA/BA) 2014 - Médico - 2014
Questões de Medicina / Nefrologia

A respeito das acidoses tubulares renais (ATR) em crianças, assinale a alternativa correta.

  • A. Achados de síndrome de Fanconi sempre estão presentes na ATR distal.
  • B. A amônia e a acidez titulável encontram-se normais na ATR tipo IV.
  • C. Na ATR distal, a nefrocalcinose está presente.
  • D. Na ATR proximal, ocorre hiponatremia.
  • E. A suplementação de potássio está contraindicada, de forma absoluta, na ATR distal.

IADES - Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares - EBSERH - BA (HUPES - UFBA/BA) - Médico - 2014
Questões de Medicina / Nefrologia

No que se refere ao manejo da hipertensão arterial sistêmica, assinale a alternativa correta.

  • A. Anlodipino está indicado quando se deseja redução da pressão arterial por redução da contratilidade cardíaca e por vasodilatação periférica.
  • B. Em idosos, obesos e raça negra, com função renal normal, uma opção segura de tratamento é o início de diuréticos. Por possuir maior meia-vida que clortalidona, hidroclorotiazida é opção segura e eficaz para o controle da pressão em 24 horas.
  • C. Elevação acentuada de triglicérides, hipocalemia, hipercalcemia e acidose metabólica são esperadas como o uso de tiazídicos.
  • D. O uso de alisquireno é opção quando há hipercalemia relacionada ao uso dos inibidores da enzima conversora de angiotensina, além de ser seguro na gravidez.
  • E. Os alfas bloqueadores não devem ser utilizados como agentes iniciais no manejo da hipertensão arterial sistêmica, mas são boa opção em homens com história de prostatismo sintomático e pesadelos relacionados a estresse pós-trauma.

IADES - Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares - EBSERH - BA (HUPES - UFBA/BA) - Médico - 2014
Questões de Medicina / Nefrologia

Considerando crise renal da esclerodermia, assinale a alternativa correta.

  • A. Ela ocorre de forma mais frequente em pacientes com calcinose, esclerodactilia, esofagite, telangiectasia e fenômeno de Raynaud.
  • B. A presença de derrame pericárdico, anemia microangiopática, arritmias cardíacas, plaquetopenia precedem a ocorrência da crise renal da esclerodermia.
  • C. O uso de inibidores da enzima conversora de angiotensina (IECA) deve ser descontinuado quando o paciente iniciar terapia dialítica por piorar a hipoperfusão renal.
  • D. O marcador sorológico mais frequente é anticorpo anticentrômero.
  • E. A crise renal da esclerodermia é marcada por supressão da renina plasmática.

IADES - Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares - EBSERH - BA (HUPES - UFBA/BA) - Médico - 2014
Questões de Medicina / Nefrologia

Acerca do transplante renal, assinale a alternativa correta.

  • A. A proteinúria residual de rim nativo deve ser desconsiderada no manejo e no diagnóstico diferencial no paciente transplantado, pois esses pacientes são, em regra, anúricos pré-transplante.
  • B. O paciente transplantado, em uso de prednisona, micofenolato mofetil e tacrolimos, apresenta queixa de pirose e regurgitação esternal. A endoscopia digestiva alta foi compatível com refluxo gastroesofagiano. A melhor abordagem é a introdução de inibidor da bomba de prontos, pois não há risco de interação com a medicação supressora apresentada.
  • C. Os pacientes com leucopenia severa podem apresentar falso negativo na pesquisa de antigenemia (pp65) para citomegalovírus.
  • D. A hiperplasia gengival, o hirsutismo e a dislipidemia são esfeitos colaterais mais esperados com uso de tacrolimos.
  • E. A anemia, a idade, a dislipidemia, o tabagismo, a doença coronariana prévia, a função renal, e a diabetes melitus (preexistente ou de novo) são fatores de risco para doença cardiovascular no paciente submetido a transplante renal. O retransplante renal tem sido reconhecido como fator protetor para tais eventos.

IADES - Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares - EBSERH - BA (HUPES - UFBA/BA) - Médico - 2014
Questões de Medicina / Nefrologia

A respeito das doenças túbulo-intersticiais crônicas (DTIC), assinale a alternativa correta.

  • A. O uso de diurético tiazídico reduz a poliúria induzida por lítio, mas pode provocar depleção do volume intravascular, levando ao aumento da reabsorção de sódio e lítio no túbulo proximal, agravando a toxicidade aguda por lítio.
  • B. A fibrose intersticial imputada ao uso de ciclosporina, no transplante renal, está relacionada ao efeito vasoconstritor sobre a arteríola eferente. O histopatológico é caracterizado por fibrose em “faixa” e atrofia tubular.
  • C. A nefropatia por analgésicos acomete exclusivamente a medula renal.
  • D. A alteração cortical promovida pela pielonefrite crônica é bem documentada pela cintilografia renal com DTPA.
  • E. A nefrite intersticial que acompanha a síndrome de Sjögren ocorre na forma de acidose tubular renal tipo II e se expressa por hipercalemia, acidose metabólica com ânion GAP normal.

IADES - Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares - EBSERH - BA (HUPES - UFBA/BA) - Médico - 2014
Questões de Medicina / Nefrologia

Com relação às doenças císticas e nodulares renais, assinale a alternativa correta.

  • A. Na nefropatia hipocalêmica, há vacuolização do epitélio tubular proximal e formação císticos cortical que ocorre em associação com hipoaldosteronismo hiporreninêmico.
  • B. Hematúria macroscópica é a manifestação clínica mais comum em pacientes com doença renal policística autossômica dominante.
  • C. O achado de carcinoma renal bilateral e múltiplo é incompatível com a síndrome de Von Hippel – Lindau.
  • D. Nefropatia intersticial, cistos medulares, déficit de crescimento, anemia precoce e história familiar de doença renal são achados compatíveis com rim esponjo medular.
  • E. O pacientes que apresentam rabdomioma cardíaco e fibromas ungueais múltiplos têm dois critérios maiores para o diagnóstico de esclerose tuberosa e devem ser submetidos à busca de angiolipoma renal.

IADES - Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares - EBSERH - BA (HUPES - UFBA/BA) - Médico - 2014
Questões de Medicina / Nefrologia

É um achado compatível com o diagnóstico de cistite intersticial em uma mulher de 46 anos de idade que se queixa de dor suprapúbica, polaciúria e urgência miccional.

Com base nessa informação, é correto afirmar que a definição apresentada se refere à (ao)

  • A. cistite pós-radioterapia.
  • B. noctúria.
  • C. cálculo em bexiga.
  • D. urocultura positiva.
  • E. herpes genital ativo.

IADES - Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares - EBSERH - BA (HUPES - UFBA/BA) - Médico - 2014
Questões de Medicina / Nefrologia

Com relação à síndrome nefrótica na infância, é correto afirmar que pode ser considerada causa primária a (o)

  • A. glomerulopatia membranosa.
  • B. lúpus eritematoso sistêmico.
  • C. granulomatose de Wegener.
  • D. síndrome de Alport.
  • E. amiloidose.

IADES - Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares - EBSERH - BA (HUPES - UFBA/BA) - Médico - 2014
Questões de Medicina / Nefrologia

Com relação ao manejo do paciente em diálise peritoneal, assinale a alternativa correta.

  • A. O paciente que apresenta teste de equilíbrio peritoneal (PET) que demonstra glicose no dialisato de 1.100 mg/dL, ultrafiltração correspondente a 900 mL e relação creatinina dialisato/plasma de 0,38 deve ser classificado como alto transportador e submetido a banhos de curta duração e de maior frequência
  • B. A absorção de glicose pela membrana peritoneal não está envolvida na desnutrição proteico-calórica.
  • C. O uso de atorvastatina é uma opção segura para tratamento de hipercolesterolemia em paciente com clearence de creatinina < 15 mL/min.
  • D. A ausência de bactéria na coloração de gram ou cultura negativa torna o diagnóstico de peritonite bacteriana improvável.
  • E. Na peritonite bacteriana e na infecção de túnel, o agente etiológico mais frequente é Staphylococcus aureus.

IADES - Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares - EBSERH - BA (HUPES - UFBA/BA) - Médico - 2014
Questões de Medicina / Nefrologia

Acerca da insuficiência renal crônica em crianças, assinale a alternativa correta.

  • A. Lesões iniciais que atingem em torno de 25% do tecido renal, necessariamente, levarão ao desenvolvimento de insuficiência renal crônica pela criança.
  • B. A hipolipidemia gera a perda de néfrons remanescentes após evento de insuficiência renal aguda, sendo sempre preferível a hiperlipidemia nesses casos.
  • C. A insuficiência renal crônica leva ao retardo do crescimento pela indução da insensibilidade relativa ao GH.
  • D. Crianças com insuficiência renal crônica apresentam aumento da absorção do cálcio pelo intestino e diminuição secundária do paratormônio.
  • E. Em estágios muito avançados de insuficiência renal crônica, os pacientes apresentam produção excessiva de eritropoetina, levando ao excesso de ferro circulante no organismo.

Estude Grátis é uma simples e poderosa ferramenta que lhe ajudará a passar nos melhores Concursos Públicos. São milhares de Questões de Concurso para você filtrar e estudar somente aqueles temas que estão especificados em seu Edital.

Estude Grátis © 2017 - Desde 2011