Pesquise mais Questões de Fonoaudiologia Utilizando o Filtro abaixo,

Entre as principais alterações da comunicação que tem como causa um distúrbio ou dano neurológico, a afasia

  • A. caracteriza-se por disrupturas primárias na articulação e na prosódia.
  • B. caracteriza-se por incapacidade de realizar uma ação, movimento ou sequência de movimento.
  • C. caracteriza-se por alteração no conteúdo, na forma e no uso da linguagem e de seus processos cognitivos subjacentes, tais como percepção e memória.
  • D. caracteriza-se por perturbação pouco frequente, em que a pessoa poder ver e sentir os objetos, sem poder associá-los à sua função.
  • E. caracteriza-se por erros referentes à grafia.

Paciente é avaliado quanto à ocorrência de disartria, apresentando as características de hipernasalidade, imprecisão na emissão de consoantes, monopitch, monoloudness, qualidade vocal desarmônica e frases curtas. Infere-se o tipo clínico:

  • A. disartria Espástica.
  • B. disartria Atáxica.
  • C. disartria Hipocinética.
  • D. disartria flácida.
  • E. disartria Hipercinética.

Um paciente apresenta as manifestações clínicas para o déficit na habilidade de sequencialização dos movimentos voluntários não-verbais da língua, lábios, mandíbula e outras estruturas orais associadas. É correto afirmar que as manifestações sugerem um caso de

  • A. apraxia de fala.
  • B. apraxia genética.
  • C. apraxia oral não verbal ou bucofacial.
  • D. apraxia de fala adquirida e desenvolvimental.
  • E. apraxia orofacial e de fala.

CESPE - Secretaria de Estado da Saúde - DF (SES/DF) - Residência em Área Profissional da Saúde (Modalidade: Multiprofissional em Saúde da Criança - 2016
Questões de Fonoaudiologia / Geral

Diversos fatores como etiologia, idade na implantação, presença de audição residual, reabilitação auditiva e participação familiar no processo terapêutico podem contribuir para a variabilidade do desempenho obtido no implante coclear (IC) infantil nos primeiros anos de uso. Com relação a esse assunto, julgue os itens seguintes. Os parâmetros de estimulação elétrica, no processador de fala, são padronizados de acordo com o tipo de perda auditiva do paciente, pois a quantidade de corrente elétrica necessária para eliciar uma sensação é a mesma para todos os indivíduos e para cada canal de estimulação.

Em relação aos atributos necessários, a gagueira pode ser definida:

  • A. Pelas rupturas involuntárias do fluxo da fala, caracterizadas por repetições de sons e de sílabas, encurtamento de sons, bloqueios, pausas restritas e intrusões nas palavras.
  • B. Pelas rupturas involuntárias do fluxo da fala, caracterizadas por repetições de sons e de sílabas, prolongamentos de sons, bloqueios, pausas extensas e intrusões nas palavras.
  • C. Pelas rupturas voluntárias do fluxo da fala, caracterizadas por repetições de sons e de sílabas, prolongamentos de sons, bloqueios, pausas extensas e intrusões nas palavras.
  • D. Pelas rupturas involuntárias do fluxo dos sons, caracterizadas por repetições na fala, prolongamentos de sons, bloqueios, pausas extensas e intrusões nas palavras.
  • E. Pelas rupturas involuntárias do fluxo da fala, caracterizadas por repetições de sons e de sílabas, prolongamentos de sons, bloqueios, sem ocorrência de pausas e intrusões nas palavras.

Estudos de distribuição epidemiológica da gagueira indicam que

I – a faixa etária com a maior prevalência é a das crianças.

II – a distribuição entre os gêneros é maior para o masculino.

III – a distribuição entre os gêneros é maior para o feminino.

IV – a distribuição entre os gêneros é menor para o masculino.

V – a gagueira é um distúrbio de fluência que acomete pessoas independentemente de raças, de níveis socioeconômicos e culturais e de graus de escolaridade.

VI – A genética não influencia de modo marcante na tipologia da gagueira.

Está correta a alternativa:

  • A. I, II e V, apenas.
  • B. I, IV, V e VI, apenas.
  • C. III, V e VI, apenas.
  • D. I, III e V, apenas.
  • E. II, V e VI, apenas.

CESPE - Secretaria de Estado da Saúde - DF (SES/DF) - Residência em Área Profissional da Saúde (Modalidade: Multiprofissional em Saúde da Criança - 2016
Questões de Fonoaudiologia / Geral

Diversos fatores como etiologia, idade na implantação, presença de audição residual, reabilitação auditiva e participação familiar no processo terapêutico podem contribuir para a variabilidade do desempenho obtido no implante coclear (IC) infantil nos primeiros anos de uso. Com relação a esse assunto, julgue os itens seguintes. Aguardar e reservar uma orelha não implantada à espera de novas e futuras tecnologias são possibilidades que devem ser consideradas pela equipe do programa de IC; além disso, não se pode descartar a existência de um período crítico para o desenvolvimento cortical.

Os fatores predisponentes e agravantes das disfonias infantis podem ser:

I – Hábitos vocais inadequados.

II – Fatores ambientais físicos e psicológicos.

III – Estrutura da personalidade.

IV – Inadaptação fônica.

V – Fatores alérgicos.

Está correta a alternativa:

  • A. I, II, IV e V, apenas.
  • B. I, III, IV e V, apenas.
  • C. II, III, IV e V, apenas.
  • D. I, II, III e IV, apenas.
  • E. I, II, III, IV e V.

CESPE - Secretaria de Estado da Saúde - DF (SES/DF) - Residência em Área Profissional da Saúde (Modalidade: Multiprofissional em Saúde da Criança - 2016
Questões de Fonoaudiologia / Geral

Diversos fatores como etiologia, idade na implantação, presença de audição residual, reabilitação auditiva e participação familiar no processo terapêutico podem contribuir para a variabilidade do desempenho obtido no implante coclear (IC) infantil nos primeiros anos de uso. Com relação a esse assunto, julgue os itens seguintes. Informações a respeito do número, da distribuição e da funcionalidade das células ganglionares neurais representam fatores determinantes no que se refere à habilidade do indivíduo de obter sucesso com o uso de IC.

A Classificação Internacional de Doenças e de Problemas Relacionados à Saúde é utilizada por profissionais da área da saúde com a finalidade de referenciar sua prática. No caso específico da Fonoaudiologia a CID auxilia nas ações relacionadas aos

  • A. distúrbios da audição.
  • B. distúrbios do olfato.
  • C. distúrbios motores.
  • D. distúrbios da habilitação/reabilitação.
  • E. distúrbios da comunicação.

Estude Grátis é uma simples e poderosa ferramenta que lhe ajudará a passar nos melhores Concursos Públicos. São milhares de Questões de Concurso para você filtrar e estudar somente aqueles temas que estão especificados em seu Edital.

Estude Grátis © 2017 - Desde 2011