Questões de Contabilidade Privada de LALUR

Pesquise mais Questões de Contabilidade Privada de LALUR abaixo,

CESGRANRIO - BNDES - Contabilidade - 2013
Contabilidade Privada / LALUR

Nos termos da legislação tributária em vigor, as pessoas jurídicas, tributadas com base no lucro real, determinarão a base de cálculo da Contribuição Social sobre o Lucro (CSLL), tomando o lucro contábil antes do imposto de renda e da CSLL, ajustada pela

a) adição do valor de ajustes decorrentes de métodos de preços de transferência.
b) adição dos lucros e dividendos derivados de investimentos avaliados pelo custo da aquisição que tenham sido computados no resultado.
c) adição do valor das provisões técnicas das operadoras dos planos de saúde, cuja constituição é exigida por legislação especial a elas aplicável.
d) exclusão do valor da reserva de reavaliação, baixada no período base, cuja contrapartida tenha sido computada no resultado do período.
e) exclusão do resultado negativo da avaliação de investimentos pelo valor do patrimônio líquido.

CESGRANRIO - BNDES - Contabilidade - 2013
Contabilidade Privada / LALUR

As pessoas jurídicas tributadas pelo lucro real podem optar pela apuração do lucro real anual com antecipação mensal do imposto de renda (IR) e contribuição social sobre o lucro (CSLL) calculado, mensalmente, em bases estimadas, ou pela apuração do lucro real trimestral.
Optando pela tributação do IR e CSLL, com base no lucro trimestral, uma DESVANTAGEM dessa opção decorre da compensação do prejuízo fiscal de um trimestre, ainda que dentro do mesmo ano calendário, que só poderá ser feita no(s)

a) trimestre imediatamente anterior até o limite de 30% do imposto
b) trimestre imediatamente seguinte até o limite de 30% do imposto
c) trimestres anteriores até o limite de 30% do lucro real do trimestre
d) trimestres seguintes até o limite de 30% do lucro real do trimestre
e) trimestres seguintes até o limite de 30% do prejuízo fiscal apurado

CESGRANRIO - EPE - Analista de Gestão Corporativa - Contabilidade - 2012
Contabilidade Privada / LALUR

O Lucro Real, no Livro de Apuração do Lucro Real (LALUR), é determinado pelo lucro líquido do exercício apurado pela contabilidade,

a) adicionado do lucro inflacionário não realizado.
b) adicionado da dedução autorizada pela lei tributária do incentivo de exaustão mineral calculada sobre a receita, não computada no lucro líquido do exercício.
c) adicionado do prejuízo decorrente da avaliação de investimentos em coligadas ou controladas pelo método da equivalência patrimonial (MEP).
d) deduzido do excesso de depreciação contabilizada no período, referente a incentivos fiscais da depreciação acelerada, reduzida anteriormente.
e) deduzido de quantias oriundas de quaisquer fundos ainda não tributados para o aumento de capital.

CESGRANRIO - TERMOBAHIA - Técnico de Contabilidade Júnior - 2012
Contabilidade Privada / LALUR

O Livro de Apuração do Lucro Real (LALUR) é o livro fiscal obrigatório para as pessoas jurídicas, tributadas pelo lucro real, para nele apurarem a base de cálculo do imposto de renda (lucro real) e fazerem o controle dos ajustes realizados na apuração de tal base de cálculo.
Dentre as exclusões controladas, uma é a compensação de prejuízos fiscais, feita no LALUR, na parte

a) A, em duas fichas
b) A, numa só ficha
c) B, em duas fichas
d) B, em três fichas
e) B, numa só ficha

CESPE - TJ - RO - Analista Judiciário - Contador - 2012
Contabilidade Privada / LALUR

A respeito do livro de apuração do lucro real (LALUR), assinale a opção correta.

a) O uso do controle fiscal contábil de transição (FCONT) não dispensa a escrituração do LALUR.
b) É obrigatório o registro do LALUR em órgão ou repartição especialmente designado para tal fim.
c) Lucro real é o lucro líquido contábil do exercício, ajustado pelas adições e exclusões adequadas, a critério da empresa.
d) O resultado negativo em investimentos, avaliados pela equivalência patrimonial, é exemplo de valor que deve ser deduzido do lucro líquido para fins de apuração do lucro real.
e) A parte A do LALUR destina-se ao controle dos valores que impactarão o lucro real futuro.

CESGRANRIO - TRANSPETRO - Contador Júnior - Contábil - 2012
Contabilidade Privada / LALUR

A Instrução Normativa RFB nº 989, de 22/12/2009, publicada no Diário Oficial da União (DOU) de 24/12/2009, institui o Livro Eletrônico de Escrituração e Apuração do Imposto sobre a Renda e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido da Pessoa Jurídica Tributada pelo Lucro Real (e-Lalur). Nos termos das normas da RFB em vigor sobre o assunto, a obrigatoriedade de apresentação do e-Lalur pelo estabelecimento matriz da pessoa jurídica, sujeita a essa obrigação, terá início a partir do ano-calendário de

a) 2010
b) 2011
c) 2012
d) 2013
e) 2014

FCC - COPERGÁS - Analista - Contador - 2011
Contabilidade Privada / LALUR

Do Livro de Apuração do Lucro Real (LALUR) da Cia. Gama, foram extraídos os seguintes dados, em R$, referentes ao anocalendário de 2010:

- Lucro Líquido do Exercício antes do IR ................................................................................................. 300.000,00
- Adições na Parte A do LALUR............................................................................................................... 170.000,00
- Exclusões na Parte A do LALUR........................................................................................................... 200.000,00
- Prejuízo de Exercícios Anteriores (Parte B do LALUR)..............................................................................110.000,00

O valor da base de cálculo do imposto devido pela companhia é, em R$,

a) 199.000,00.
b) 189.000,00.
c) 190.000,00.
d) 270.000,00.
e) 160.000,00.

FCC - Nossa Caixa - Contador - 2011
Contabilidade Privada / LALUR

Em relação ao Livro de Apuração do Lucro Real (LALUR), é correto afirmar:

a) É um livro contábil, devendo ser escriturado de acordo com as Normas Brasileiras de Contabilidade.
b) Sua única finalidade é demonstrar a apuração do lucro real do período.
c) Na Parte B do LALUR, deverão ser lançados os valores que afetarão a tributação de períodos de apuração futuros.
d) Na Parte A do LALUR, deverá ser calculado o valor do imposto referente ao período de apuração corrente.
e) O prejuízo fiscal do período corrente é apurado na Parte B do LALUR.

CESGRANRIO - TRANSPETRO - Contador Júnior - Auditoria Interna - 2011
Contabilidade Privada / LALUR

A legislação fiscal vigente do Imposto de Renda estabelece que a compensação de prejuízo fiscal apurado em um exercício social anterior, devidamente registrado e controlado no Livro de Apuração do Lucro Real (LALUR), está limitada a 30% do valor do lucro líquido ajustado e, ainda, que ficará extinta dentro do seguinte prazo limite:

a) indeterminado
b) 4 anos calendário
c) 4 anos a partir do ano calendário seguinte ao de apuração do prejuízo fiscal
d) 5 semestres iniciados no primeiro semestre seguinte ao do exercício da apuração do prejuízo fiscal
e) 6 semestres iniciados no segundo semestre seguinte ao do ano calendário em que foi apurado o respectivo prejuízo fiscal

CESGRANRIO - BNDES - Profissional Básico - Contabilidade - 2011
Contabilidade Privada / LALUR

Admita para todos os efeitos fiscais que uma empresa tributada pelo lucro real utilize o benefício fiscal da depreciação acelerada incentivada, nos termos da legislação pertinente.
O registro e o controle do aludido benefício fiscal da depreciação acelerada incentivada são feitos no livro

a) Diário
b) Razão
c) LALUR
d) Caixa
e) de Inventário

Seja aprovado em 1 ano Conheça o método para ser aprovado em Concurso Público

Estude Grátis é uma simples e poderosa ferramenta que lhe ajudará a passar nos melhores Concursos Públicos. São milhares de Questões de Concurso para você filtrar e estudar somente aqueles temas que estão especificados em seu Edital.