Questões de Contabilidade Privada de Benefícios a Empregados

 /   /   /  Benefícios a Empregados

Pesquise mais Questões de Contabilidade Privada de Benefícios a Empregados abaixo,

ESAF - CVM - Analista - Normas Contábeis e de Auditoria - 2010
Contabilidade Privada / Benefícios a Empregados

Entre as afirmativas abaixo, apenas uma não expressa a verdade. Indique-a, assinalando a opção que a contém. Em relação à norma NBC T 19.31 - Benefícios a empregados, podemos dizer que ela

a) tem como objetivo estabelecer a contabilização e divulgação dos benefícios concedidos aos empregados.
b) determina que a entidade deve reconhecer um passivo quando o empregado prestar um serviço em troca de benefícios a serem pagos no futuro.
c) aplica-se a todos os benefícios concedidos a empregados, exceto aqueles cujo pagamento é baseado em ações, que é tratado em outro texto.
d) trata, inclusive, das demonstrações contábeis dos planos de benefícios a empregados e dos fundos de pensão e assemelhados.
e) exige que uma despesa seja contabilizada quando a entidade se utilizar do benefício econômico proveniente do serviço recebido em troca de benefícios a empregado.

CESPE - TCU - Analista de Controle Externo - 2004
Contabilidade Privada / Benefícios a Empregados

O International Accounting Standards Board (IASB) tem adotado normas para a contabilização das remunerações dos empregados com opçõe s de ações. De acordo com essas normas, as empresas devem deduzir do lucro o custo das opções de ações. Acredita-se que essa medida possa reduzir a manipulação dos resultados das empresas , proporcionando maior transparência. Vale lembrar que a bonificação por meio de opções de ações esteve no centro dos recentes escândalos corporativos ocorridos nos Estados Unidos da América. Naquele s casos, a administração das empresas procurava aumentar o preço das ações, aumentando seus ganhos quando a opção era exercida. Pela nova regra , que entrará em vigor em janeiro de 2005, as empresas que emitem opções de ações para seus empregados devem considerá-las como despesa. O montante a ser registrado deve basear-se no valor justo ou no valor de mercado das opções. Considerando o texto acima e os conhecimentos a ele relacionados, julgue os itens a seguir.

De acordo com o novo tratamento proposto pelo IASB, no momento da concessão da remuneração dos empregados, com opções, deve-se p ro ceder a um lançamento a débito e a crédito em contas transitórias.

CESPE - TCU - Analista de Controle Externo - 2004
Contabilidade Privada / Benefícios a Empregados

O International Accounting Standards Board (IASB) tem adotado normas para a contabilização das remunerações dos empregados com opçõe s de ações. De acordo com essas normas, as empresas devem deduzir do lucro o custo das opções de ações. Acredita-se que essa medida possa reduzir a manipulação dos resultados das empresas , proporcionando maior transparência. Vale lembrar que a bonificação por meio de opções de ações esteve no centro dos recentes escândalos corporativos ocorridos nos Estados Unidos da América. Naquele s casos, a administração das empresas procurava aumentar o preço das ações, aumentando seus ganhos quando a opção era exercida. Pela nova regra , que entrará em vigor em janeiro de 2005, as empresas que emitem opções de ações para seus empregados devem considerá-las como despesa. O montante a ser registrado deve basear-se no valor justo ou no valor de mercado das opções. Considerando o texto acima e os conhecimentos a ele relacionados, julgue os itens a seguir.

No encerramento do resultado do exercício, o custo das opções deverá ser lançado a crédito.

CESPE - TCU - Analista de Controle Externo - 2004
Contabilidade Privada / Benefícios a Empregados

O International Accounting Standards Board (IASB) tem adotado normas para a contabilização das remunerações dos empregados com opçõe s de ações. De acordo com essas normas, as empresas devem deduzir do lucro o custo das opções de ações. Acredita-se que essa medida possa reduzir a manipulação dos resultados das empresas , proporcionando maior transparência. Vale lembrar que a bonificação por meio de opções de ações esteve no centro dos recentes escândalos corporativos ocorridos nos Estados Unidos da América. Naquele s casos, a administração das empresas procurava aumentar o preço das ações, aumentando seus ganhos quando a opção era exercida. Pela nova regra , que entrará em vigor em janeiro de 2005, as empresas que emitem opções de ações para seus empregados devem considerá-las como despesa. O montante a ser registrado deve basear-se no valor justo ou no valor de mercado das opções. Considerando o texto acima e os conhecimentos a ele relacionados, julgue os itens a seguir.

A adoção da avaliação pelo valor justo ou valor de mercado implica que, a cada exercício, será necessário proceder-se a lançamentos para ajustar a movimentação ocorrida nesse preço.

CESPE - TCU - Analista de Controle Externo - 2004
Contabilidade Privada / Benefícios a Empregados

O International Accounting Standards Board (IASB) tem adotado normas para a contabilização das remunerações dos empregados com opçõe s de ações. De acordo com essas normas, as empresas devem deduzir do lucro o custo das opções de ações. Acredita-se que essa medida possa reduzir a manipulação dos resultados das empresas , proporcionando maior transparência. Vale lembrar que a bonificação por meio de opções de ações esteve no centro dos recentes escândalos corporativos ocorridos nos Estados Unidos da América. Naquele s casos, a administração das empresas procurava aumentar o preço das ações, aumentando seus ganhos quando a opção era exercida. Pela nova regra , que entrará em vigor em janeiro de 2005, as empresas que emitem opções de ações para seus empregados devem considerá-las como despesa. O montante a ser registrado deve basear-se no valor justo ou no valor de mercado das opções. Considerando o texto acima e os conhecimentos a ele relacionados, julgue os itens a seguir.

Essa nova regra reduzirá o valor do resultado apurado nas entidades que remuneram seus empregados com opções.

CESPE - TCU - Analista de Controle Externo - 2004
Contabilidade Privada / Benefícios a Empregados

O International Accounting Standards Board (IASB) tem adotado normas para a contabilização das remunerações dos empregados com opçõe s de ações. De acordo com essas normas, as empresas devem deduzir do lucro o custo das opções de ações. Acredita-se que essa medida possa reduzir a manipulação dos resultados das empresas , proporcionando maior transparência. Vale lembrar que a bonificação por meio de opções de ações esteve no centro dos recentes escândalos corporativos ocorridos nos Estados Unidos da América. Naquele s casos, a administração das empresas procurava aumentar o preço das ações, aumentando seus ganhos quando a opção era exercida. Pela nova regra , que entrará em vigor em janeiro de 2005, as empresas que emitem opções de ações para seus empregados devem considerá-las como despesa. O montante a ser registrado deve basear-se no valor justo ou no valor de mercado das opções. Considerando o texto acima e os conhecimentos a ele relacionados, julgue os itens a seguir.

O lançamento das opções como despesa do exercício está em desacordo com o conceito de demonstração do resultado all inclusive.



Seja aprovado em 1 ano Conheça o método para ser aprovado em Concurso Público

Estude Grátis é uma simples e poderosa ferramenta que lhe ajudará a passar nos melhores Concursos Públicos. São milhares de Questões de Concurso para você filtrar e estudar somente aqueles temas que estão especificados em seu Edital.