Questões da Banca SOCIESC

Encontre Questões da Banca SOCIESC com o filtro abaixo,

SOCIESC - Prefeitura Joinville - SC - Arqueólogo - 2009
Arqueologia / Geral

No contexto histórico da chegada dos europeus, as civilizações ameríndias apresentavam as seguintes características:
I- Na civilização asteca, a escravização dos prisioneiros de guerra era comum.
II- Entre os incas, o trabalho dominante baseava- se na escravidão dos agricultores.
III- Na civilização inca, as atividades mineradoras constituíram a base da economia.
IV- Entre os astecas, a monarquia teocrática e militar predominava na organização política.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente I e IV são verdadeiras.
b) Somente I é verdadeira.
c) Somente I e II são verdadeiras.
d) Somente II e III são verdadeiras.

SOCIESC - Prefeitura Joinville - SC - Arqueólogo - 2009
Arqueologia / Geral

A expansão navegadora que decorreu do desenvolvimento mercantil ao fim do medievalismo é contemporânea da cisão religiosa definida com a Reforma. Como aquela expansão foi capitaneada pelas nações católicas, "colonização" e catequese religiosa confundiram-se.

SODRÉ, N. W. "Síntese de História da Cultura Brasileira". Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1999. 19. ed., p.15.

Tendo em vista o texto acima podemos dizer que a articulação entre catequese e colonização na América pode ser entendida:

a) Pelo interesse do colonizador europeu em conquistar a confiança do ameríndio, conhecedor dos caminhos que levaram às minas de metais preciosos existentes em toda a região continental americana.
b) Pela fusão de interesses nem sempre pacíficos dos estados colonizadores e da igreja católica visando, entre outros objetivos, à maior exploração do "gentio" e seu afastamento da pregação reformista.
c) Como uma preocupação quanto ao risco de influência das religiões dos africanos, trazidos à América para o trabalho escravo, sobre os ameríndios, afastando-os da "verdadeira" religião (cristã).
d) Pela busca da melhoria do trabalho do ameríndio através da influência de uma cultura superior ( a européia ), o que garantiria uma possibilidade de ascensão social do indígena a médio ou longo prazo.

SOCIESC - Prefeitura Joinville - SC - Arqueólogo - 2009
Arqueologia / Geral

Leia o texto a seguir:
"(...) se a região [colonial] possui uma localização espacial, este espaço já não se distingue tanto por suas características naturais, e sim por ser um espaço socialmente construído, da mesma forma que, se ela possui uma localização temporal, este tempo não se distingue por sua localização meramente cronológica, e sim como um determinado tempo histórico, o tempo da relação colonial. Deste modo, a delimitação espaciotemporal de uma região existe enquanto materialização de limites dados a partir das relações que se estabelecem entre os agentes, isto é, a partir de relações sociais.

(Ilmar Rohloff de Mattos. O Tempo Saquarema. São Paulo: Hucitec, Brasília: INL, 1987, p.24)



A partir do texto, podemos entender que a empresa colonial é produtora de uma região e de um tempo coloniais, definidos pelas relações sociais construídas por suas características internas e pela maneira como se relaciona com o que se situa fora dessa mesma região colonial. A Afroamérica, produto da ocupação do Novo Mundo, principalmente por portugueses, espanhóis e ingleses, pode ser compreendida, nessa perspectiva, como um conjunto de:

a) Economias subordinadas ao mercado mundial capitalista e à lógica do capital industrial, garantindo a penetração do capitalismo no continente americano, o que explica a rápida industrialização ocorrida no século XIX, como desdobramento da revolução industrial;
b) Sociedades com organização socioeconômica diferente da existente nas metrópoles, tendo na exploração do trabalho escravo a base da produção da riqueza, que era, em grande parte, transferida para as metrópoles, segundo a lógica do capital comercial;
c) Sociedades que reproduziam as existentes nas metrópoles, podendo ser compreendidas a partir da substituição do trabalho compulsório das relações feudais pelo "trabalho livre";
d) Economias surgidas na lógica do mercantilismo, no caso da Inglaterra, e do feudalismo, nas colônias ibéricas, sendo o comércio a principal preocupação dos britânicos, enquanto os governos de Portugal e Espanha privilegiavam a expansão do poder da Igreja;

SOCIESC - Prefeitura Joinville - SC - Arqueólogo - 2009
Arqueologia / Geral

Dentre as opções abaixo assinale aquela que não apresenta de modo correto regiões das Américas onde se verificou largo emprego de mão-de-obra escrava de origem africana:

a) Vale do Paraíba do Sul, Brasil, meados do século XIX, produção de café.
b) Estados do Sul, Estados Unidos da América, primeira metade do século XIX, produção de algodão.
c) Cuba, século XVIII, produção de açúcar.
d) Vice-reino do Peru, América espanhola, século XVII, extração de prata.

SOCIESC - Prefeitura Joinville - SC - Arqueólogo - 2009
Arqueologia / Geral

Tendo como base o texto abaixo e nos conhecimentos sobre o tema é, correto afirmar:
"Dada à diversidade dos povos, a relativa escassez de fontes e a natureza das circunstâncias em que foram produzidas, seria temerário afirmar que os registros que chegaram até nós dão-nos a perspectiva "indígena" da conquista. Mas fornecem, na verdade, uma série de evocações pungentes, filtradas pelas lentes da derrota, do impacto que provocou em certas regiões a súbita erupção de invasores estrangeiros, cuja aparência e comportamento estavam tão distantes da expectativa normal".

(ELLIOTT, J. H. A conquista espanhola e a colonização da América. In: BETHELL, L. (Org.) "História da América Latina". São Paulo: USP, 1998. p. 160.)

a) Os marinheiros espanhóis, logo que chegaram ao "Novo Mundo", constituíram famílias com as índias com o objetivo de introduzi-las, bem como a seus filhos, nas cortes européias.
b) A violência e a destruição causadas pela conquista espanhola impediram a sobrevivência física dos nativos americanos, obstaculizando, também, a manutenção de relações coletivas de trabalho.
c) Um dos efeitos danosos da conquista da América Latina diz respeito à forma como o sistema colonial estruturou-se, com a introdução do gado e do cultivo agrícola de produtos europeus, desorganizando as atividades e os modos de vida anteriores.
d) A unidade étnica e política dos países americanos resultou do movimento indígena de resistência à dominação dos países colonizadores.

SOCIESC - Prefeitura Joinville - SC - Arqueólogo - 2009
Arqueologia / Geral

Assinale a alternativa correta em relação aos indígenas da América:

a) Viviam pacificamente no interior dos grandes impérios pré-colombianos ( Inca, Maia e Asteca ) até a chegada dos europeus, que destruíram as comunidades indígenas e dizimaram milhões de pessoas.
b) Conseguiram autonomia política após as independências nacionais, pois as repúblicas hispano-americanas permitiram o retorno à vida comunitária, suprimiram os tributos e o trabalho forçado.
c) Mantiveram-se livres na área de colonização portuguesa, mas foram escravizados nas regiões de colonização espanhola e inglesa, tornando-se a principal mão-de-obra na agricultura e mineração.
d) Atravessaram conflitos em todos os períodos conhecidos de sua história, das lutas contra a dominação dos grandes impérios pré-colombianos à resistência frente aos europeus conquistadores e aos estados independentes.

SOCIESC - Prefeitura Joinville - SC - Arqueólogo - 2009
Arqueologia / Geral

O texto abaixo descreve aspectos da vida cotidiana dos astecas, no início da Idade Moderna.

[...] "Quando lá chegamos, ficamos atônitos com a multidão de pessoas e a ordem que prevalecia, assim como a vasta quantidade de mercadorias. Cada espécie tinha seu lugar particular que era distinguido por um sinal. Os artigos consistiam em ouro, prata, joias, plumas, mantas, chocolate, peles curtidas ou não, sandálias e outras manufaturas de raízes e fibras de juta, grande número de escravos homens e mulheres, muitos dos quais estavam atados pelo pescoço, com gargalheiras, a longos paus. O mercado de carne vendia aves domésticas, caça e cachorros. Vegetais, frutas, comida preparada, sal, pão, mel e massas doces, feitas de várias maneiras, eram também lá vendidos. [...] Muitas mulheres vendiam peixes em pequenos "pães" feitos de uma determinada argila especial que eles achavam no lago e que se assemelhavam ao queijo". In: PINSKY, Jaime. "História da América através de textos". São Paulo, Contexto. 2004.
Através do documento:

a) É percebida uma das motivações da exploração mercantilista ibérica: o metalismo.
b) São citadas diversas riquezas coloniais oriundas da América Central que foram exploradas pela metrópole portuguesa.
c) São indicados diversos produtos que equilibraram a balança de comércio entre a Coroa espanhola e suas colônias na América.
d) é constatada a necessidade ibérica da importação de mão-de-obra escrava e indígena para suas manufaturas.

SOCIESC - Prefeitura Joinville - SC - Arqueólogo - 2009
Arqueologia / Geral

"A espada, a cruz e a foma iam dizimando a família selvagem." Pablo Neruda, 1904 - 1973.


A frase acima coloca como causa da dizimação das populações indígenas a ação violenta dos espanhóis durante a Conquista da América. Pesquisas históricas recentes apontam outra causa, além da já indicada, que foi:

a) A série de doença trazidas pelos espanhóis (varíola, tifo e gripe ), para as populações indígenas não possuíam anticorpos.
b) A incapacidade das populações indígenas em se adaptarem aos padrões culturais do colonizador.
c) O conflito entre populações indígenas rivais estimulado pelos colonizadores.
d) a passividade completa das populações indígenas, decorrente de suas crenças religiosas.

SOCIESC - Prefeitura Joinville - SC - Arqueólogo - 2009
Arqueologia / Geral

Com base na leitura do texto abaixo, analise as proposições seguintes e assinale a alternativa correta.
Impuseram aos índios deixar sua taba
(Morada Geral)
Isolado o nativo perdia o sentido
E o estilo de vida tribal.

Tempos de Cabanagem. Tadeu Garcia e Paulinho Du Sagrado



I- O texto critica a liberdade existente nas aldeias e defende o isolamento do índio como forma de manutenção de sua cultura.
II- O texto expressa a deculturação do índio como consequência de sua integração forçada.
III- Um dos destinos dos índios, que eram obrigados a deixar suas aldeias de origem, era a missão considerada o maior centro de destribalização indígena.
IV- O texto não reflete a realidade colonial, uma vez que, desde o Sistema de Capitães de Aldeia até o Diretório Pombalino, as leis provenientes de Portugal proibiam a retirada dos índios de suas aldeias de origem.

a) Apenas as proposições I e III estão corretas.
b) Apenas as proposições II e IV estão corretas.
c) Apenas as propos ções I, II e IV estão corretas.
d) Apenas as proposições II e III estão corretas.

SOCIESC - Prefeitura Joinville - SC - Arqueólogo - 2009
Arqueologia / Geral

Não, é nossa terra, a terra do índio. Isso que a gente quer mostrar pro Brasil: gostamos muito do Brasil, amamos o Brasil, valorizamos as coisas do Brasil porque o adubo do Brasil são os corpos dos nossos antepassados e todo o patrimônio ecológico que existe por aqui foi protegido pelos povos indígenas. Quando Cabral chegou, a gente o recebeu com sinceridade, com a verdade, e o pessoal achou que a gente era inocente demais e aí fomos traídos: aquilo que era nosso, que a gente queria repartir, passou a ser objeto de ambição. Do ponto de vista do colonizador, era tomar para dominar a terra, dominar nossa cultura, anulando a gente como civilização. (Revista "Caros Amigos". ano 4. no. 37. Abril/2000. p. 36).

Com base no texto acima que aborda o início da colonização brasileira pode-se afirmar que a primeira forma de exploração econômica exercida pelos colonizadores, e a dominação cultural e religiosa difundida pelo território brasileiro são, respectivamente:

a) A plantation no Nordeste e as bandeiras realizadas pelos paulistas.
b) O escambo de pau-brasil e a catequização empreendida pela Companhia de Jesus.
c) A extração das "drogas do sertão" e a implantação das missões.
d) A mineração no Sudeste e a imposição da "língua geral" em toda a Colônia.

Seja aprovado em 1 ano Conheça o método para ser aprovado em Concurso Público

Estude Grátis é uma simples e poderosa ferramenta que lhe ajudará a passar nos melhores Concursos Públicos. São milhares de Questões de Concurso para você filtrar e estudar somente aqueles temas que estão especificados em seu Edital.